Las

Cozinhas clássicas: inspire-se no décor!

11/06/2019

As cozinhas clássicas também podem ter uma decoração sempre charmosa além de costumarem ser as mais funcionais.

As cozinhas clássicas são sempre as mais comuns e fáceis de decorar. Mas não é por isso que não devemos nos atentar aos pequenos detalhes que deixam este décor sempre charmoso. Neste momento, pode não parecer, mas cada detalhe conta e complementa o ambiente criando um estilo único que a faz ser sempre versátil e pronta para todos os momentos.

Cozinhas clássicas: das cores aos detalhes

As cozinhas clássicas são perfeitas e as queridinhas dos amantes de uma boa tradicionalidade. Então é para quem não abre mão daquele toque de requinte na hora de decorar a cozinha. Ela costuma ser sempre marcada pela imponência e, de longe, é possível reconhecer este estilo pelos detalhes.

Os mobiliários produzidos em madeira trabalhada têm seus detalhes e ornamentos nos pés e puxadores que valorizam o design das peças. Então mesmo que você queira um mobiliário em outra cor, os elementos em madeira vão estar presentes em outros elementos, como o piso.

A iluminação do ambiente também é super importante para qualquer estilo decorativo, mas nas cozinhas clássicas elas tendem a ser um pouco mais especial. Lustres e luminárias com detalhes metalizados trazem a sofisticação discreta para o ambiente, enquanto as janelas grandes são essenciais para trazer a luz natural do dia e garantir uma cozinha bem iluminada.

Alguns utensílios não podem faltar: jogosamericanos, guardanapos, porta guardanapos, bandejas e vasos decoram facilmente qualquer cozinha clássica, mas dê preferência para os materiais com um toque de requinte, como o linho e outras fibras naturais.

Mesclar elementos mais escuros juntos aos tons de madeira e branco, por exemplo, faz com que a cozinha clássica ganhe um charme mais moderno, sem deixar a sua personalidade tradicional de lado. Aposte em bancos altos e elementos de decoração como quadros e livros para deixar o ambiente mais interessante!

Outra maneira de deixar as cozinhas clássicas muito charmosas e com um toque contemporâneo é usar tons acinzentados, formando quase um visual total monocromático. Sempre em tons de cinza, branco e prata. Neste momento, o mármore na pia e na bancada finalizam o charme desta combinação de cores.

Mas se você preferir um contraste maior, o azul é o tom perfeito para este momento. Seja na mobília toda ou apenas em um detalhe, ele vai substituir o clássico tom amadeirado e branco e deixar o ambiente com um efeito mais personalizado sem deixar de ser tradicional.

Fique de olho: plantinhas e seus tons de verde são essenciais para adicionar mais vida nesta cozinha tradicional, além de deixa-la sempre mais receptiva e aconchegante!

TAGS: cozinha; cozinhaamericana; decoracaodecozinha; marcenaria; moveisobmedida; tendencia; cozinhaclean; verdenacozinha; coz;

Facebook Facebook Facebook
Las

Como utilizar tecidos na decoração

05/06/2019

As tendências da moda influenciam na hora de escolher a decoração

Que moda e decoração andam juntas não é nenhuma novidade. Em total sintonia com o décor, a moda é facilmente percebida nos acessórios e nos tecidos que ornamentam os ambientes, transformando a casa em um espaço confortável e, ao mesmo tempo, cheio de estilo. A mistura de referências entre esses dois universos já acontecia desde a época do império, quando os tecidos das roupas eram utilizados nas cortinas da realeza.

Hoje, com a moda cada vez mais democrática, é natural que os tecidos também sigam essa tendência. Os tecidos são mais versáteis e funcionais para atender a qualquer espaço da casa. Eles revestem estofados, almofadas, cortinas e paredes, permitindo resultados incríveis, pois a gama de materiais e de estampas ajudam a imprimir muita personalidade aos ambientes.

 

Versatilidade na cortina

Além de bloquear o sol, trazer privacidade, conforto acústico e visual, as cortinas dão charme e requinte a qualquer ambiente. As cortinas devem ser feitas combinando com o restante do projeto. Por isso, é importante escolher bem na hora de definir modelo, cor, comprimento e quais acessórios serão utilizados para ficar em harmonia com a decoração.

As cores neutras, branco, bege, marfim, são as mais utilizadas. O toque da cor pode ficar nos xales laterais que vão enriquecer e encorpar a cortina. Este ano o rosa quartz está em alta na decoração e é indicado para aqueles que procuram suavidade e neutralidade no espaço. Cores fortes como o amarelo e azul cobalto também estão presentes. Mas independentemente da escolha é imprescindível que a opção reflita sempre a personalidade e o estilo dos moradores.

Acerte o tom no revestimento

Quando se fala em revestimento de estofados, poltronas e pufes é a mesma coisa. A malha que reveste o sofá deve ser definida de acordo com uma série de fatores. Para peças maiores, cores neutras que são sempre atemporais e nunca enjoam. Já as cores vibrantes ou estampadas ficam excelentes nos acessórios ou peças menores.

É importante, além da questão da cor e da beleza, considerar o ambiente que será utilizado o tecido para atender às necessidades do morador.

E na parede?

Os papéis de parede conferem efeitos únicos aos ambientes e a combinação de cores, desenhos e texturas atribuem estilo. A diversidade de padrões e a facilidade de instalação fazem dos papéis de parede a escolha certa para a decoração de interiores. Hoje é a melhor opção quando se refere à beleza e durabilidade.

 

Acerte na escolha do tecido

Deixe o espaço ainda mais charmoso com a opção certa para cada ambiente. Conheça algumas dos mais procurados.

Suedes

É muito utilizado e é super confortável. São tecidos sintéticos e de toque aveludado. Ideais para estofados que ficam em salas de estar e homes.

Veludo

Se o calor não incomodar, invista nesse tecido para garantir elegância e sofisticação ao ambiente. Ele é confortável, agradável e com toque macio.

Linho

Se você procura praticidade e modernidade o tecido de linho com seu toque rústico é ideal. Dessa forma o ambiente terá um charme todo especial. Pode ser usado em estofados e cortinas. Além dos linhos 100% de fibra natural, existem opções mistas que usam poliéster e algodão.

Jacquard

Muito utilizado para estofados, o tecido obtido em tear de jacquard pode se enquadrar em uma linha especial. Ideal para espaços sofisticados, pois é um tecido mais grosso de aparência exuberante.

Tecido blackout

É ideal para vedar a luz. Hoje existe uma infinidade de opções com cores e estampas para dar um ar intimista e aconchegante as cortinas, nada como aquele “plástico” de antigamente.

Seda

As cortinas feitas em seda são sinônimos de requinte. Aposte nesse tecido se quer deixar o espaço ainda mais nobre. As sedas de base dubladas são resistentes e podem ser utilizadas também em poltronas, cadeiras e até mesmo em sofás.

 

 

TAGS: decor; design; decoraçaodeinteriores; decoracaodesalas; decoracaodesalasdejantar; tecidos; mixdeestampas; decorcomteci;

Facebook Facebook Facebook
Las

CAVERNA: COR DO ANO 2019

19/11/2018

Esse mês, a Sherwin-Williams anunciou oficialmente a Caverna como sua cor do ano de 2019. Um tom terroso, que acolhe e nos remete aos nossos ancestrais, que usavam esses espaços fechados como abrigos – os primórdios de um lugar para chamar de lar. Ao mesmo tempo que nos lembra do passado, ela é capaz de recriá-lo, aprimorando o futuro num contexto de atualidade.

A cor Caverna é um tom quente de terracota que, aplicado em design de interiores, traz modernidade e requinte. Sua escolha foi baseada no conceito de liberdade, presente no espírito aventureiro que existe dentro de nós. Gostei muito desse conceito, já que estou vivendo um momento completamente novo de expansão, de alçar voos cada vez mais altos, sem limites.

Dicas para combinar a cor Caverna

Apesar de ser um tom forte, Caverna é uma cor neutra, terrosa, com muitas possibilidades de combinações. A especialista em cores e gerente de marketing da Sherwin-Williams, Patrícia Fecci, nos deu algumas sugestões interessantes para harmonizar essa cor.

Da argila ao barro, do calor ao tom envolvente, o terracota é um clássico antigo e cheio de história, transmite acolhimento e sofisticação, combina bem com outros neutros casuais e balanceados como um cinza quente, ou, um marrom escuro; com o Mariposa (SW 9174), ou, o Beleza Africana (SW 9183), e evoca uma estética descontraída e sofisticada.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

TAGS: ;

Facebook Facebook Facebook
Las

Como utilizar tecidos na decoração

10/05/2018

Que moda e decoração andam juntas não é nenhuma novidade. Em total sintonia com o décor, a moda é facilmente percebida nos acessórios e nos tecidos que ornamentam os ambientes, transformando a casa em um espaço confortável e, ao mesmo tempo, cheio de estilo. A mistura de referências entre esses dois universos já acontecia desde a época do império, quando os tecidos das roupas eram utilizados nas cortinas da realeza.

Hoje, com a moda cada vez mais democrática, é natural que os tecidos também sigam essa tendência. Os tecidos são mais versáteis e funcionais para atender a qualquer espaço da casa. Eles revestem estofados, almofadas, cortinas e paredes, permitindo resultados incríveis, pois a gama de materiais e de estampas ajudam a imprimir muita personalidade aos ambientes.

Versatilidade na cortina

Além de bloquear o sol, trazer privacidade, conforto acústico e visual, as cortinas dão charme e requinte a qualquer ambiente. As cortinas devem ser feitas combinando com o restante do projeto. Por isso, é importante escolher bem na hora de definir modelo, cor, comprimento e quais acessórios serão utilizados para ficar em harmonia com a decoração.

As cores neutras, branco, bege, marfim, são as mais utilizadas. O toque da cor pode ficar nos xales laterais que vão enriquecer e encorpar a cortina. Este ano o rosa quartz está em alta na decoração e é indicado para aqueles que procuram suavidade e neutralidade no espaço. Cores fortes como o amarelo e azul cobalto também estão presentes. Mas independentemente da escolha é imprescindível que a opção reflita sempre a personalidade e o estilo dos moradores.

Acerte o tom no revestimento

Quando se fala em revestimento de estofados, poltronas e pufes é a mesma coisa. A malha que reveste o sofá deve ser definida de acordo com uma série de fatores. Para peças maiores, cores neutras que são sempre atemporais e nunca enjoam. Já as cores vibrantes ou estampadas ficam excelentes nos acessórios ou peças menores.

É importante, além da questão da cor e da beleza, considerar o ambiente que será utilizado o tecido para atender às necessidades do morador.

Acerte na escolha do tecido

Deixe o espaço ainda mais charmoso com a opção certa para cada ambiente. Conheça algumas dos mais procurados.

Suedes

É muito utilizado e é super confortável. São tecidos sintéticos e de toque aveludado. Ideais para estofados que ficam em salas de estar e homes.

Veludo

Se o calor não incomodar, invista nesse tecido para garantir elegância e sofisticação ao ambiente. Ele é confortável, agradável e com toque macio.

Linho

Se você procura praticidade e modernidade o tecido de linho com seu toque rústico é ideal. Dessa forma o ambiente terá um charme todo especial. Pode ser usado em estofados e cortinas. Além dos linhos 100% de fibra natural, existem opções mistas que usam poliéster e algodão.

Jacquard

Muito utilizado para estofados, o tecido obtido em tear de jacquard pode se enquadrar em uma linha especial. Ideal para espaços sofisticados, pois é um tecido mais grosso de aparência exuberante.

Seda

As cortinas feitas em seda são sinônimos de requinte. Aposte nesse tecido se quer deixar o espaço ainda mais nobre. As sedas de base dubladas são resistentes e podem ser utilizadas também em poltronas, cadeiras e até mesmo em sofás.

 

TAGS: ;

Facebook Facebook Facebook
Las

Paredes escuras no décor

16/08/2017

Sofisticadas, as paredes escuras transformam os ambientes em espaços intimistas e cheios de requinte.

Com receio de deixar o ambiente pesado, muitas pessoas fogem das paredes escuras na hora de decorar a sua casa. Apesar disso, a tendência vem crescendo e elas já são inspirações para planejar o design. Com equilíbrio entre o tom usado e os outros elementos do ambiente, as paredes escuras podem dar um efeito de elegância e sobriedade para os cômodos. Confia as nossas dicas e inspirações para não errar!

-O truque principal para não errar a mão na hora de usar paredes escuras é fazer com que o ambiente seja bem iluminado, seja ele pequeno ou grande.

-Aproveite ao máximo a luz natural (sem usar cortinas pesadas, por exemplo) e tenha bons focos de luz artificial, com lâmpadas e luminárias de chão e teto ou mesmo spots de luz. Com boa iluminação, qualquer ambiente se torna mais equilibrado, não importando a cor das paredes.

-Outra dica para equilibrar o ambiente é usar nos detalhes cores e tons mais claros. Eles ajudam a amenizar as paredes escuras e ainda podem criar efeitos interessantes. Um quarto com paredes chumbo pode ganhar leveza com tons mais claros de cinza, criando uma escala de cores no décor. As cores complementares também podem ser usadas: paredes berinjela, por exemplo, se iluminam com objetos laranja.

-As paredes escuras são normalmente indicadas para ambientes amplos, já que os tons fechados dão a sensação visual de que o ambiente é menor do que a realidade. De fato, essa é a forma mais fácil de usar cores escuras e com menores chances de errar. Apesar disso, cômodos menores podem receber as paredes escuras de duas formas que também são mais fáceis de acertar: usando a menor parede do ambiente ou mesmo a parede do fundo, para dar uma maior sensação de profundidade (a parede da cabeceira da cama, por exemplo) ou então usar em paredes recortadas (em uma sala que tenha bancada americana para a cozinha, pintar a parede da bancada com cor escura escolhida, por exemplo). Dessa forma você consegue dar um toque de sofisticação com as paredes escuras sem correr o risco de deixar a decoração pesada.

-Preto, grafite, azul marinho, petróleo, chumbo, berinjela, marrom… São muitas as possibilidades de paredes escuras que ficam bem no décor de todos os ambientes. Elas deixam a casa com um ar contemporâneo e valorizam a decoração. 

TAGS: cores; coresnasparedes; ; decorcomcores; tintas; tintasrenner; centrodepinturas;

Facebook Facebook Facebook
Las

Confira as vantagens e desvantagens de integrar os ambientes

29/05/2017

Ligação de diferentes áreas exige planejamento e bom senso

Em geral, os novos empreendimentos estão com metragens cada vez mais reduzidas, ao mesmo tempo em que investem em generosas varandas gourmet. É neste cenário que surge a ideia, e alguns casos a necessidade, de se integrar os ambientes. Mas a solução requer planejamento.

Em alguns casos é possível ganhar mais espaço apenas com o uso de mobiliário e acessórios.

No entanto, misturar os ambientes pode exigir uma mudança de comportamento dos moradores. Quando a cozinha passa a ser sala, ela precisa estar sempre organizada, ter uma mobília de qualidade e eletrodomésticos bacanas. Se a cozinha tem uma atividade intensa e constante, com café, almoço e jantar, a reforma pode não ser uma boa escolha.

 Cozinha e sala integradas podem ser uma boa saída para apartamentos pequenos. Vidros e espelhos ajudam a dar amplitude no ambiente.

 A junção da sala com a varanda também exige atenção.

Se a área externa for muito pequena, o ganho é pouco. Vira uma sala com um quadrado a mais. Uma alternativa nesses casos é usar vidro para integrar as áreas visualmente, mantendo a delimitação dos espaços.

Já as integrações de sala e quarto e sala e home office são apostas menos arriscadas. Esses projetos costumam ser mais fáceis de executar, tem custos menores e trazem ótimos resultados.

Nos apartamentos mais novos geralmente é possível escolher a planta com uma sala estendida ou mais um quarto ou um home office e caso a necessidade surja depois é uma adaptação simples, já que estava pré-programada,  salas integradas, portas e divisórias retráteis são boas opções para ambientes que podem exigir isolamento em determinadas ocasiões, como a cozinha e o home Office.

Regras essenciais para integrar a cozinha a sala

A cozinha se veste com o mesmo requinte da sala: com acabamentos supercharmosos e uma moderna combinação de móveis.

-Nada de sair marretando as paredes! Antes de tudo, é fundamental pedir uma avaliação a um profissional, que apontará quais divisórias podem ir abaixo e se será preciso prever algum reforço estrutural. Assim, você garante a sua segurança e a dos vizinhos.

-Usar o mesmo piso nos dois ambientes é o jeito mais simples de conquistar a união visual, nesse caso, escolha um acabamento lavável, mas saiba que é possível misturar materiais. O uso de soleira é bem-vindo, principalmente se os revestimentos tiverem espessuras variadas.

- Invista em uma boa coifa ou depurador! O equipamento deve ter alta capacidade de sucção (volume de ar que consegue absorver para devolver limpo), no caso do depurador, ou de vazão livre (capacidade de aspirar e expelir a fumaça da exaustão), no caso da coifa. Assim, a sala não ficará cheirando toda vez que você cozinhar.

-Fazer frituras é um hábito? Então é melhor repensar e abrir mão da união dos ambientes! Não há coifa que vença, e a casa fica mesmo engordurada,. Uma alternativa é um passa-prato que possa ser fechado na hora de fritar.

-Em um ambiente com poucos armários, aposte em utensílios bonitos e deixe-os à mostra. Mas sempre pense na funcionalidade: se a batedeira é linda, mas quase não é utilizada, só vai atrapalhar deixá-la sobre a bancada. Já uma bela cafeteira, usada diariamente, tem lugar garantido.

-Na hora de bolar o projeto de decoração, pense nos ambientes unidos como se fossem um só. Estabeleça um único estilo para a decoração e a mesma paleta de cores.

-Valorize a parede da pia: essa superfície geralmente fica em evidência ao olhar da sala para a cozinha. Vale apostar nas tradicionais pastilhas, em um mix criativo de ladrilhos... São infinitas as possibilidades de materiais, só fique de olho se a opção eleita aceita bem o contato com a água.

TAGS: decoracao; integrarambientes; decoracaointegrada; decor;

Facebook Facebook Facebook
Las

Dicas para ter uma casa confortável e quentinha no inverno!

03/05/2017

Tire as roupas de cama mais quentes do armário, inclua algumas peças de decoração e invista em bons travesseiros para montar um cantinho de descanso perfeito! Esse é o cenário ideal para desfrutar sua casa, ver filmes e curtir a família. Mas tudo isso vai ficar bom mesmo se você tiver uma casa bem preparada para as baixas temperaturas.

Para ajudar, selecionamos algumas dicas que vão manter sua casa quarto aquecida e, de quebra, caprichar na decoração.

No mais é só preparar bebidas quentes e a seleção de filmes do Netflix.

 

-Cama 5 estrelas

O primeiro passo é seguir algumas dicas para arrumar uma cama cinco estrelas, digna de hotel: O lençol precisa ficar bem esticado, certifique-se de deixá-lo lisinho. Se for de um tecido mais quentinho, como flanela, melhor ainda.

 

-Cores quentes

Se tiver roupas de cama de cores quentes, prefira essas para montar seu cantinho de descanso. Vale amarelo, marrom, vinho e até vermelho.

 

-Tapete

O tapete, ao contrário do que muita gente pensa, não é um tipo de item decorativo que pode ser deixado para depois. A peça reforça o estilo do lar e dão mais personalidade ao espaço. Para a sala, vale apostar tanto em tapetes mais finos quanto em produtos de espessura alta, daqueles que afundam os pés na hora de pisar. A sensação de conforto é imediata e você nunca mais vai precisar pisar no chão gelado.

 

-Almofadas

São peças importantes, enriquecem a decoração e agregam aconchego. Quando for escolher as almofadas de inverno prefira as feitas de camurça, veludo ou pele sintética pois assim aumenta a sensação de calor.

 

-Mantas

São verdadeiras curingas para o inverno. Podem ficar espalhadas, sobre poltronas, sofá, ou cadeiras ou ainda no pé da cama.

 

-Sofá

Eles são os protagonistas de qualquer decoração que se preze. Afinal, podem assumir diferentes estilos e formas. Se você não tem sofá ou até mesmo quer trazer uma proposta diferente ao lar, os futons também são uma ótima saída.

 

-Aquecedores e lareiras 

Aquecedor e lareira são itens de série durante o inverno. Além de aquecerem os espaços, proporcionam conforto psicológico e auxiliam no requinte da cenografia do ambiente. Para quem não tem lareira, o aquecedor se torna uma opção mais viável e barata, mas, no mercado, já existem opções de lareiras portáteis ótimas que vão esquentar o cômodo, sem precisar que você mexa na estrutura da casa toda para a instalação.

- Iluminar e decorar

Outra dica para deixar a sala aconchegante e com aquela cara de bem quentinha é apostar na iluminação. Luzes mais amareladas e sem pontos focais predeterminados passam a sensação de aconchego. Vale observar que, mais do que apostar em luminárias ou abajures estratégicos, as velas também são um charme.

 

-Cores não podem faltar

Para deixar a sala com cara de inverno também dá para começar com as cores. Tons terrosos são uma ótima opção, pois são sempre neutros e sóbrios. O cobre é algo que veio forte este ano e está em tecidos, revestimentos, papéis de parede, entre outros elementos.

 

 

TAGS: saladeestar; decordeinverno; decordeoutono; casaquentinha;

Facebook Facebook Facebook
Las

Paredes escuras no décor

27/04/2016

   Sofisticadas, as paredes escuras transformam os ambientes em espaços intimistas e cheios de requinte.

   Com receio de deixar o ambiente pesado, muitas pessoas fogem das paredes escuras na hora de decorar a sua casa. Apesar disso, a tendência vem crescendo e elas já são inspirações para planejar o design. Com equilíbrio entre o tom usado e os outros elementos do ambiente, as paredes escuras podem dar um efeito de elegância e sobriedade para os cômodos. Confia as nossas dicas e inspirações para não errar!

  • O truque principal para não errar a mão na hora de usar paredes escuras é fazer com que o ambiente seja bem iluminado, seja ele pequeno ou grande.
  • Aproveite ao máximo a luz natural (sem usar cortinas pesadas, por exemplo) e tenha bons focos de luz artificial, com lâmpadas e luminárias de chão e teto ou mesmo spots de luz. Com boa iluminação, qualquer ambiente se torna mais equilibrado, não importando a cor das paredes.
  • Outra dica para equilibrar o ambiente é usar nos detalhes cores e tons mais claros. Eles ajudam a amenizar as paredes escuras e ainda podem criar efeitos interessantes. Um quarto com paredes chumbo pode ganhar leveza com tons mais claros de cinza, criando uma escala de cores no décor. As cores complementares também podem ser usadas: paredes berinjela, por exemplo, se iluminam com objetos laranja.
  • As paredes escuras são normalmente indicadas para ambientes amplos, já que os tons fechados dão a sensação visual de que o ambiente é menor do que a realidade. De fato, essa é a forma mais fácil de usar cores escuras e com menores chances de errar. Apesar disso, cômodos menores podem receber as paredes escuras de duas formas que também são mais fáceis de acertar: usando a menor parede do ambiente ou mesmo a parede do fundo, para dar uma maior sensação de profundidade (a parede da cabeceira da cama, por exemplo) ou então usar em paredes recortadas (em uma sala que tenha bancada americana para a cozinha, pintar a parede da bancada com cor escura escolhida, por exemplo). Dessa forma você consegue dar um toque de sofisticação com as paredes escuras sem correr o risco de deixar a decoração pesada.
  • Preto, grafite, azul marinho, petróleo, chumbo, berinjela, marrom… São muitas as possibilidades de paredes escuras que ficam bem no décor de todos os ambientes. Elas deixam a casa com um ar contemporâneo e valorizam a decoração.

   Dicas inspiradoras para pintar os ambientes, sem medo, com um pouco de ousadia e personalidade. Confira a nossa seleção abaixo!

  • Escolha uma cor escura com fundo neutro, como cinza. Se você escolher uma cor levemente azulada, arroxeada, ou esverdeada, este tom de fundo ficará muito mais evidente na parede do que imaginamos.
  • Pinte uma grande área com várias demãos e aprecie por um tempo para ver como se sente com a cor.
  • Paredes escuras precisam de fortes toques de cor nos acessórios e luminárias, senão o ambiente fica sombrio e morto. Então você precisará adicionar alguns objetos de destaque.
  • Você vai precisar ajustar a iluminação. Sim, nisso as pessoas tem razão, cores claras refletem melhor a luz, por isso são mais econômicas na hora de iluminar. Mas acredito que com uma iluminação bem direcionada e bem planejada (ao invés do bom e velho ponto único central no teto) seja possível iluminar bem sem gastar muito.
  • Use um pintor experiente, que tenha confiança com cores escuras, pois este tipo de trabalho precisa estar em mãos seguras. 

TAGS: ParedesEscuras; Decor; ;

Facebook Facebook Facebook
Las

Luminárias, Pendentes, Lustres, como usar

03/09/2015

Lustres e pendentes têm um poder especial de transformar o clima e a decoração de um ambiente, adicionando elegância e requinte. Em dúvida sobre qual escolher para sua casa? Confira dicas e faça uma ótima escolha!

 

Para começar, vamos diferenciar um objeto do outro. Em geral, a principal diferença entre eles é que o lustre tem mais lâmpadas, que ficam postas em suas ramificações, o que resulta em uma iluminação um pouco mais abrangente. Além disso, é comum os lustres serem utilizados em decorações mais clássicas o que não é uma regra.

Em contrapartida, os pendentes apresentam uma pegada contemporânea e são mais utilizados para iluminações pontuais, como em mesas e bancadas, por exemplo. Porém, não vamos tirar o mérito dos lustres em salas de jantar, onde deixam o clima mais aconchegante.

TAGS: #luminarias; ; #pendentes; #lustres; #decor; #inatec; #dicas;

Facebook Facebook Facebook
Las

Dez dicas para usar espelhos na decoração

16/04/2015

  Para ganhar destaque, o segredo está na moldura e na dimensão. Quanto maior a peça, melhor  especialmente quando a intenção é aumentar o ambiente.

  Veja dicas para usar esse elemento na decoração da sua casa:

  Integre o estilo da moldura ao do cômodo. Espelhos são ótimos artifícios para decorar porque são o tipo de peça que se adapta perfeitamente ao ambiente, independentemente da cor ou do estilo.

  Use para aumentar o espaço. Colocar um espelho que ocupe a parede toda é uma tática eficaz para dar ideia de amplitude.

  Coloque espelhos nas portas dos armários. Ótima solução para quem não tem espaço. O acessório não precisa ficar na porta de dentro, pode ser colocado na porta de fora também. Mas é preciso ter cuidado com a instalação para que a peça não se solte, procure uma boa marcenaria.

  Use em móveis como variação do vidro. Mas cuidado para o visual não ficar exagerado: é só não carregar muito nas cores e texturas do resto da decoração.

  Use vários fragmentos em vez de uma peça única.  O espelho pode ser cortado em diferentes tamanhos, na vertical ou na horizontal. É mais para propósito decorativo, dá uma ideia de movimento.

  Combine peças diferentes. Você pode colocar um painel ocupando uma das paredes e instalar uma peça menor, com uma moldura elaborada.

  Espelho dentro de espelho também vale. Seja em duas peças sobrepostas ou em uma peça trabalhada. Quando não há moldura de madeira, é possível desenhar uma moldura no espelho com recortes e relevos. Não fica pesado.

  Espelhos no hall de entrada. Esse recurso ajuda a dar vida a um canto sem graça como o hall de entrada. Não toma muito espaço e é providencial para um retoque final antes de sair de casa.

  Invista em um espelho no corredor. O acessório substitui um quadro e dá noção de profundidade.

  Dê um up no espelho do banheiro. No banheiro, ele é item básico, mas seu estilo não precisa ser básico. Pode-se caprichar na moldura ou num detalhe bisotê , uma espécie de borda em baixo relevo. E quem não gosta das luzes “de camarim” em volta da peça pode optar por um arranjo mais romântico.

  A Requinte Arte Molduras recebeu essa semana inúmeros espelhos com lindas molduras, vão cair como uma luva no hall, no lavabo, dormitório, sala de estar, em fim onde sua imaginação mandar!

Requinte Arte Molduas Fone:3045-4008

TAGS: Dicas; Espelhos; Decoração;

Facebook Facebook Facebook
Las

Vestindo as paredes

10/03/2015

  Pendurar um quadro na parede parece ser uma tarefa simples, mas é mais complicada do que imaginamos. Não basta apenas fincar um prego na parede, tem que levar vários aspectos em consideração, como a harmonia do ambiente, escolher a altura ideal, as cores das molduras, vários detalhes têm influência no resultado.

  Dicas:

  •  Pendure o quadro de maneira que, quando você encostar, não bata a cabeça no quadro. Deixe uma altura média de 1,6 m do piso ao centro do quadro;

  •  Deixar 25 cm de espaço entre o sofá e o final do quadro;

  •  Importante descontar o espaço abaixo da marcação, caso haja algum arame já colocado no quadro;

  • Prenda uma fita crepe em um coador de papel e o coloque em um ponto abaixo de onde vai ser feita a furação, para recolher a sujeira;

  • Antes de furar, verifique se existe alguma instalação hidráulica passando por trás da parede;

  • Segure o prego com um alicate para não martelar o dedo;

  •  Quando não for usar a furadeira, use um martelo e um prego de aço, que será colocado em cima do local onde será furado, com uma fita crepe. A fita serve para que, quando bater o martelo com o prego, a parede não quebre, nem estufe;

  • Quando se tem muitas peças diferentes e não se sabe como iniciar a colocação na parede, a dica é, com papel pardo, fazer os moldes das peças, cortando o papel, e dispondo esses moldes na parede. Assim é muito mais fácil pois dá pra ter noção de como ficará a parede com os quadros, sem precisar furar antes, correndo o risco de errar;

  • Depois que tiver certeza das posições dos quadros, pode furar;

  •  Para algumas peças leves, você pode usar fitas adesivas dupla face para fixá-las;

  • Quando você tiver dois pontos de suporte num quadro pesado, coloque um arame entre esses dois suportes, facilitando a fixação na parede. Será necessário apenas um prego ou um parafuso para prendê-lo na parede.

Dupla infalível, para sala de estar, Requinte Arte Molduras

Grandes cidades, com molduras luxuosas, Requinte Arte Molduras

Quadros para Cozinha Requinte Arte Molduras

TAGS: Pardes; Quadros; ;

Facebook Facebook Facebook
Las

Paredes diferentes

20/11/2014

Saia do óbvio e aposte em uma decoração moderna

  Criar uma galeria de fotos dará uma visual interessante à sua casa

  Um conjunto de fotos na parede é uma galeria, como as que podem ser vistas em museus ou estabelecimentos locais. É uma forma encantadora de exibir muitas fotos de membros da família, amigos e outros.

-Escolha uma parede para a sua galeria. Ela deve ser o mais ampla possível.

-Emoldure todas as fotos que deseje usar.

-Retire móveis ou qualquer coisa que possa atrapalhar a área.

-Varie o arranjo das molduras de tamanhos diferentes. Por exemplo, coloque duas molduras menores, uma acima da outra, perto de uma moldura maior.

-Arrume as fotos até que formem um bom visual. Use a parede como guia de quanto espaço você terá disponível para pendurar as fotos.

-Agora de asas a sua imaginação!!!

Galeria executada, por Requinte Arte Molduras

 

TAGS: Fotos; Quadros; Galeria; ;

Facebook Facebook Facebook
Las

juliane cardoso

Juliane Cardoso - Suelen Serafim

Projetos criativos ambientes planejados para refletir a alma de seus moradores. 

...

SulpisoKasar

Facebook

InatecGabriel Construções
EleganzaVitrolAmbience DecorAmbience DecorAmor e CarinhoPonto das TintasPonto das tintasVidraçaria Decor GlassFibra SulMorro Estevão Plantas OrnamentaisMarquesa HomeEkcel PiscinasQuinto ElementoEvisa
Juliane Cardoso 2014 © Todos os direitos reservados