Las

Vasos em fibras para jardins

23/07/2019

Quer dar uma aparência ainda mais natural ao seu jardim ou área externa? Então a opção é abrigar suas plantas e folhagens em um vaso de fibra! A fibra é um material eclético e tem diversos tipos, acabamentos, cores e formatos. Por esta razão, fazem dos vasos de fibra são peças super estéticas, que se destacam e são práticas por sua leveza e facilidade em decorar ambientes com outros itens e móveis.

A vantagem do vaso de fibra é que, independentemente do espaço que ocupará, seus modelos combinarão com os demais elementos ou, ainda, criarão um contraste sutil, se este for o desejo. O fato é que sempre ajudam a deixar o ambiente, seja interno ou, especialmente, externo, com o aconchego e tranquilidade que a natureza oferece.

O vaso de fibra sintética pode abrigar qualquer tipo de planta, desde que se ajuste à sua dimensão e ao seu formato. Também é importante atentar-se à vazão de água para não danificar as espécies.

TAGS: ;

Facebook Facebook Facebook
Las

Porcelanato. Confira as principais tendências

03/07/2019

Pensando em revestir sua casa? Antes de colocar as mãos à obra, conheça as principais tendências de porcelanato e qual a melhor indicação para você.

  

Eles são lindos e dão um ar de charme e sofisticação a qualquer ambiente. Não é à toa que os porcelanatos conquistam cada vez mais adeptos quando se fala em revestimento e decoração. Suas principais características são a uniformidade de cores, alta resistência a produtos de limpeza e atritos físicos e baixíssima absorção de água. Por isso, são ótimas opções de revestimento para ambientes internos e externos, assim como para bancadas de cozinha ou pias de banheiro.

Com acabamento opaco ou esmaltado, são inúmeras as variações de porcelanato e sua utilização na decoração de ambientes. Confira as principais tendências do material no décor:

Porcelanato em grandes formatos 

Como o nome sugere, porcelanatos em grandes formatos são indicados para o revestimento de áreas maiores. O material adiciona cor e leveza ao ambiente de maneira sutil, além de exigir menos reparos e menos rejunte para juntar as peças. Por fim, a unidade de tons oferecida pelo porcelanato em grandes formatos reforça a sensação de amplitude de grandes ambientes, deixando-os mais bonitos. Para revestir com elegância, invista em peças com cores e texturas que imitam o mármore, tanto em cores mais escuras quanto em cores mais claras. Apesar de se encaixar perfeitamente em grandes ambientes, essa textura de porcelanato também combina com corredores, banheiros, halls de entrada e até mesmo escritórios.

Porcelanato cimentado

As vibe mais rústicas na decoração continuam em alta! Por isso, se você está a fim de deixar seu quarto ou sala de estar com um aspecto mais moderninho, investir nesse tipo de porcelanato pode ser uma ótima escolha! Além de te poupar de toda a trabalheira de ter que criar uma parede de cimento queimado do zero, esse tipo de revestimento não faz muita sujeira ou bagunça em seu processo de instalação, e pode ser aplicado tanto nas paredes quanto no chão de ambientes internos, assim como em bancadas de pia em lavabos e banheiros.

Porcelanato amadeirado

 Essa variação de porcelanato é para quem busca um revestimento com o aspecto rústico e artesanal da madeira, mas com um pouco mais de resistência e durabilidade. O porcelanato amadeirado funciona bem para qualquer tipo de ambiente, seja interno ou externo, e pode ser aplicado em paredes, bancadas ou no chão. Cozinhas, churrasqueiras, decks, jardins, quartos,
banheiros… sua versatilidade é imensa! Além disso, tem um valor mais baixo que os demais tipos de porcelanato.

 

TAGS: ;

Facebook Facebook Facebook
Las

Dicas de iluminação para jardins e áreas externas

04/09/2018

As luzes externas devem cumprir sua função fundamental iluminar um ambiente, mas ainda estilizar e incrementar a decoração de jardins, corredores, garagens e fachadas no geral.

A iluminação externa vai demandar diferentes resultados das luzes que na interna. O posicionamento e a proteção das luzes são mais importantes nestes ambientes para prevenirem brilhos intensos que geram clarão.

O clarão ocorre através de fontes de luz de tamanhos grandes ou de forte intensidade. Sua ação é totalmente desconfortável e tende a “cegar” quem tem contato com ele, já que reflete diretamente nos olhos humanos.

O investimento em iluminação no ambiente exterior de uma casa poderá ser de menor tamanho que no interior. Isso é justificado pelo fato de nossos olhos precisarem de menos luminosidade em locais abertos para enxergar a luz às sombras e os padrões que em locais fechados.

A iluminação exterior deve ser sensível ao dirigir luz indireta. Esse tipo de luz vai iluminar as superfícies circundadas por ela de forma sutil. A luz direta irá se redirecionar ao objeto ao qual está dirigida e iluminará um pouco do que está em volta.

Posicionamento da iluminação

Para planejar o esquema de iluminação de jardins e áreas externas é fundamental que você mesmo dê uma volta pelo local durante a noite. A partir disso se poderá notar quais pontos pedem a presença de luz e também poderá prever como e quando você quer usar esses espaços.

Corredores e trajetos: são locais que precisam ser bem iluminados de forma acolhedora e segura. Entretanto, não é necessária uma intensa iluminação.

Entradas: uma sugestão é inserir pontos de luz nas duas faces de portas (frente e trás) e também em suas laterais.

Entrada para carros e garagens: uma ótima opção são luzes de baixa voltagem para tais ambientes.

Escadas e degraus: estes espaços devem ser iluminados para segurança, assim como os corredores citados anteriormente.

Decks e quintais: a iluminação pode focar em locais específicas de tarefas, como áreas para cozinhar, áreas de estar e em grades. A iluminação voltada para cima pode ser usada para iluminar o ambiente indiretamente

Jardins: iluminar as plantas traz um grande diferencial para um jardim. Tente criar um jogo de luz e sombras entre os elementos, que irá renovar a atmosfera do ambiente, resultando em silhuetas projetadas em outros materiais. Use preferencialmente lâmpadas de baixa tensão.

Piscina e água: a iluminação da piscina é quase que obrigatória. Um tipo de iluminação utilizada são os projetores localizados externamente, que oferecem segurança por não haver condução de energia na água. Há também na própria piscina a iluminação de função apenas decorativa, como fibra ótica e LEDs que podem mudar de cor, e spots para iluminar internamente. A iluminação para cima e para baixo através da água corrente produz um efeito fascinante..

 

 

 

TAGS: ;

Facebook Facebook Facebook
Las

Bambu na decoração garante beleza e tranquilidade para o ambiente

25/10/2017

O bambu mossô se tornou uma ótima opção para decorar ambientes. A planta é frequentemente usada em projetos de paisagismo de residências, condomínios e até em escritórios.

Esse tipo de bambu pode ser cultivado direto no solo, em canteiros ou em vasos, desde que sejam respeitadas as condições de clima de preferência do mossô.

O bambu mossô, cientificamente chamado de Phyllostachys pubescens, é uma planta herbácea rizomatosa, da família das gramíneas, de colmos grossos e mais curtos que o conhecido bambu. Originário da China, esse tipo de bambu veio para o Brasil na época da colonização. Como característica oriental, a planta tem um efeito relaxante sobre as pessoas, por isso que é muito usada na decoração de lares.

E engana-se quem acha que é difícil encontrar a planta pelo país: atualmente, o bambu mossô pode ser cultivado em qualquer região do Brasil. Inclusive, a planta se adapta muito bem a regiões mais frias, como o sul.

 

Dicas de cultivo do bambu mossô

O mossô se desenvolve melhor em solos novos (permeáveis e férteis). A planta desenvolve-se melhor com frequente exposição a luz solar, mas também vive bem em ambientes fechados, desde que bem iluminados. E cuidar do bambu é muito fácil, já que as regas devem ser semanais.

O recomendado é cultivar esse tipo de bambu em vasos grandes, mais largos que fundos de preferência feitos em cimento, que são mais pesados e garantem que o vaso não tombe. Quando plantada em jardins, por exemplo, o bambu mossô atinge de 10 a 20 metros de altura e vive em média 12 anos. 

TAGS: bambu; plantas; plantasemcasa; plantaspermanentes;

Facebook Facebook Facebook
Las

Como cuidar do jardim e plantas durante o inverno?

23/03/2017

Aprenda a cuidar do seu jardim durante a época mais gelada do ano, e garanta uma próxima primavera super florida e colorida!

 

O frio vem se aproximando cada vez mais, e afeta algumas regiões mais do que as outras. No sul do nosso país principalmente a mudança climática é bastante brusca e com isso as nossas lindas plantas que estão acostumadas com um clima mais ameno, acabam sofrendo as consequências! Por isso hoje aqui vamos mostrar alguns cuidados simples que podem ser tomados com a chegada do frio para te ajudar a proteger e cuidar ainda mais das suas plantinhas, hortas e jardins!

Para regiões que sofrem mais com o frio, geadas podem ser um problema, pois elas queimam a vegetação e impedem que a planta se desenvolva. Nesses locais faça uma cobertura de areia na vegetação que será atingida com no mínimo 1 cm de espessura. Se houver uma geada e suas plantas forem danificadas, procure regá-las logo de manhã cedo. Isso irá derreter o gelo com mais facilidade e impedir que elas sejam queimadas com o sol. Plantas tropicais que naturalmente são muito sensíveis a geadas devem ser cobertas com lonas ou plásticos durante a noite para que fiquem mais protegidas.

Como os ventos frios desta época do ano aliados a falta de chuva também característica da estação, as plantas podem ser prejudicadas e por esse motivo é importante aumentar a periodicidade com que você rega as suas plantas. Fique atento porém ao tempo, e só aumente a quantidade de água colocada nas suas plantinhas caso o tempo esteja muito seco (se houver chuva durante o período não há necessidade de aumentar a quantidade de água).

Aproveite para fazer a limpeza de espécies que entram em período de dormência nessa época, retirando galhos secos, malformados e doentes para aumentar a iluminação.

Dica: as plantas que entram em dormência normalmente são aquelas que perdem as suas folhas no inverno.

Na hora de podar as suas plantas tome cuidado para que elas não tenham flores ou botões! Essas plantas não estão dormentes mesmo que tenham perdido as suas folhas.

Preencha seus canteiros com cobertura morta como por exemplo serragem, casca de pinus, folhas secas, restos de grama etc. Esta cobertura irá servir como isolante térmico e irá ajudar a manter suas plantas sempre bonitas!

Se você quer manter o seu jardim cheio de flores mesmo no inverno, algumas opções que florescem nessa época são a Strelitza, Azaléia, Bico de Papagaio, Caliandras e viburnos e podem ser estimuladas com adubo durante esse período mais gelado.

Espero que essas dicas te ajudem a cuidar do seu jardim durante o inverno para garantir uma primavera linda e recheada de flores! Separamos também alguns dos nossos vasos preferidos para te ajudar a deixar as suas plantas ainda mais charmosas, dá só uma olhadinha:

Conjuto de vasos em resina de polietileno- Floriciltura Flores

Vasos Vietnamitas- Floricultura Flores

TAGS: plantas; paisagismo; plantasdeinverno; jardins; ;

Facebook Facebook Facebook
Las

Porcelanato onde usar, como escolher e quais os principais erros

11/01/2017

O porcelanato é um acabamento usado em cozinhas,banheiros, salas, quintais, jardins. O produto, um dos preferidos pelos consumidores, está invadindo os diversos cômodos da casa. Suas estampas são cada vez mais modernas e ousadas. E os fabricantes sugerem: é preciso aguardar, porque isso é apenas o começo!

Tendências:

Estamos passando por uma evolução de design em todos os revestimentos (porcelanato e cerâmica) e isso pode trazer produtos bem diferenciados. Também temos algumas opções que representam placas metalizadas e a reprodução cada vez mais fiel de pedras, mármores e madeiras.

Porcelanato X ambientes:

O porcelanato, hoje em dia, pode ser utilizado em várias áreas da casa e não somente nas áreas frias (cozinha e banheiro). Eles estão cada vez mais bonitos e resistentes e podemos utilizar em salas, quartos, corredores, ou seja, na área da casa toda.

Quais os principais erros:

O grande erro é escolher o piso pela beleza e desconsiderar outros fatores. Exemplo são os riscos de um material escorregadio ou optar pelos tamanhos errados (quanto maior a peça, maior parecerá o ambiente). Atente-se para as características de cada ambiente e o uso do acabamento.

Porcelanato London AC 60x120cm Da Eliane- Na Sulpiso

Porcelanato PO 60x120cm  Da Eliane-  Na Sulpiso

TAGS: porcelanato; revestimento; porcelanatoeliane; porcelanatoceusa; sulpiso;

Facebook Facebook Facebook
Las

Terrários de suculentas, como fazer?!

26/10/2016

Terrários são jardins plantados em vasos. Estes vasos podem ser de vidro ou cerâmica e conter, pedras, carvão, terra, plantas, etc. É um lugar onde se pode acompanhar o desenvolvimento e comportamento vegetal, com pouca manutenção, água e cuidados para as plantas. Estes vasos podem ser colocados em qualquer lugar e irão adornar mesas e outros locais onde o espaço for limitado. Um terrário irá adicionar um pouco de beleza natural e paz a qualquer espaço.

 

-Materiais necessários

-Vaso de cerâmica ou vidro (aquário, garrafa, copo, etc.;

-Drenagem: seixos, brita, cacos de telha;

-Carvão vegetal;

-Areia grossa;

-Substrato de crescimento de suculentas;

-Mudas de cactos e/ou suculentas;

-Decoração: seixos, perlita, biobric, esfagno, musgos, etc.;

-Pazinha, colher ou pinça para manusear as plantas.

Substrato de crescimento de Suculentas

As suculentas são plantas que não toleram o excesso de umidade nas suas folhas e raízes. Há um risco muito grande da planta melar caso isso ocorra. É imprescindível que o substrato seja poroso na sua composição. Para isso, é importante que ele seja formulado com areia de construção. A areia não permitirá que haja acúmulo de água no substrato e a sua porosidade permitirá um melhor desenvolvimento do sistema radicular das mudas. A areia a ser utilizada deve ser 10% do total da Formulação a ser preparada.

Formulação do Substrato para 5 Kg: 4 Kg de Condicionador de Solo "Classe A" + 500 gramas de Areia + 500 gramas de Nutrientes (Casca de ovo seca e moída no liquidificador + Cinzas de churrasqueira peneirada).

Preparação do Terrário:

Passo 01 - Escolha do vaso

Para a escolha dos vasos não há um criterio específico. Fica de acordo com o gosto de cada um e o local que o terrário deverá ficar. Geralmente, vasos furados (cimento, cerâmica ou plástico) ficam em locais externos, enquanto que, aquários de vidros, em locais internos.

Passo 02 - Montagem do vaso

A montagem do vaso de cerâmica, plástico ou cimento, deve ser a mesma que o plantio de vaso comum. Deve-se ter uma drenagem, o substrato de crescimento, mudas de cactos e suculentas variadas e a decoração.

 

A montagem do vaso de vidro é mais criteriosa pois este vaso não possui saída de água. O excesso de umidade pode melar as raízes e caules das plantas. O primeiro passo é fazer a drenagem com argila expandida ou brita. Em seguida, deve-se colocar uma camada de carvão vegetal para absorção do excesso de umidade. Acima do carvão pode-se colocar a areia grossa. Somente após estes itens é que deve completar com o substrato de crescimento das suculentas. Em seguida, faz o plantio das mudas e, posteriormente, completa-se com a decoração (seixos, biobric, esfagno, musgo, etc.).

 

Passo 03 - Plantio das mudas

Para fazer o plantio das mudas, deve-se umedecer o substrato de crescimento para que a terra não escorra na hora de fazer os buracos. Faz-se os buracos, coloca as raízes nos buracos, pode usar uma colher para que as raízes fiquem direcionadas para baixo. Deve-se ater apenas para que não fique nenhuma raiz exposta, pois elas não irão vingar. Após o plantio, deve-se apertar ao redor das mudas para que elas fiquem firmes.

Passo 04 - Cuidados especiais

O terrario de suculentas pode ser colocado dentro de casa se o mesmo tiver sido montado em aquários de vidro. Para esse tipo de terrário a umidade é um fator determinante. Suculentas não gostam do excesso de água pois melam. Então, deve-se molhar o vaso apenas quando o substrato estiver seco ou molhar as folhas com um pulverizador.

Terrários de suculentas plantados em vasos de cerâmica, plástico ou cimento devem ficar em locais que recebam sol direto. Algumas suculentas possuem a tendência de mudarem a coloração das suas folhas de forma natural quando expostas ao sol. Locais de sombra são prejudiciais para as suculentas, elas crescem estioladas e feias. Caso ocorra alguma praga, como pulgões e cochonilhas, o combate pode ser feito com inseticidas orgânicos. Se a praga for as lesmas e caracóis, pode-se usar um lesmicida orgânico. Caso o problema seja uma doença, o ideal é substituir a planta doente por uma saudável. Se escolher o tratamento foliar, deve-se diluir 1 colher de chá do fertilizante Sulfato de Cobre em 1 Litro de água e pulverizar nas folhas das plantas 1 vez a cada 20 dias até o controle definitivo da doença.

TAGS: suculentas,; plantasemcasa,; jardimdesuculentas,; paisagismo,; floriculturaflores;

Facebook Facebook Facebook
Las

Modernos, versáteis e muito lindos.

05/01/2016

  O seat garden é um banquinho de cerâmica com origem chinesa usado no jardim e útil dentro de casa também.

  Super versátil é uma peça de mil e uma utilidades, pode ser guardado abaixo de um console e usado quando os amigos aparecem, pode servir de apoio para um copo ou livro ao lado de uma poltrona, vários juntos ficam uma graça como mesa de centro, mesa de cabeceira e lógico que dão um charme a mais nas varandas e jardins. Existem seats garden de madeira também, mas não podem ser usados na área externa.

  Em inglês, “banco de jardim“, é também conhecido por aqui como tamborete ou banquinho. Com formato de barril, vazado ou não, tem sido visto nos mais diferentes estilos de decoração. Em áreas externas, internas, em decorações sofisticadas, rústicas, enfim, em tudo quanto é lugar.

  Vejam aqui mais de pertinho alguns modelinhos lindos de gardens da Conceito 21!

  Seat Garden cerâmica branca- Conceito 21

  Seat Garden Cerâmica floral, polida!- Conceito 21

  Seat Garden Cerâmica Preta- Conceito 21

 

  Seat Garden de Madeira- Conceito 21

TAGS: Modernos; versáteis; decor; seat; garden; ;

Facebook Facebook Facebook
Las

DICAS PARA INCREMENTAR SEU JARDIM

07/12/2015

  -Pérgola, vasos na parede, horta... Há mil maneiras de deixar o jardim mais convidativo. Elegemos algumas delas para você se animar e começar o projeto de sua área externa ou varanda, agora mesmo!

 

Jardim interno lindo! A Floricultura Flores em Içara possui as mais variedades em plantas para você!

 

   -Teto ventilado

   Pérgola pode ser uma bela solução para varandas. Ferro e bambu são outros materiais comuns para a criação de pérgolas. O ferro dá um visual mais sofisticado. A madeira permite acabamentos variados. Ecológico e leve, o bambu é mais indicado para modelos suspensos. Independentemente do material, vale aplicar um verniz que proteja a peça de intempéries e chumbar a estrutura no piso ou na parede.

 

Vasos de parede para dar mais vida a sua cada. Você encontra na Floricultura Flores

 

   -Parede de escalada


   Quer ter um efeito parecido com o dos jardins verticais sem gastar tanto? Coloque vasos na parede! Para ficar ainda melhor, acrescente uma textura diferente ao espaço. Ao escolher os vasos, verifique se têm mesmo furos no fundo, para que a água excedente da rega não fique acumulada e apodreça as raízes. Forre a base com uma pequena camada de pedras ou argila expandida e, sobre ela, posicione uma manta de poliéster. Só então coloque o substrato e a muda: 2/3 de terra comum e 1/3 de adubo orgânico é uma boa mistura. Para que a terra fique mais drenada, acrescente também um pouco de areia. Atente a este detalhe: a superfície da planta deve ficar no mesmo nível da boca do vaso.

 

Vasos com cor e textuta diferente, lindos!!! Floricultura Flores

 

   -Orgânicos em casa


   Ter folhas verdes frescas ervas para um chá da tarde e temperos sempre à mão é uma delícia. E o melhor de tudo: sem agrotóxicos. Se você ainda não possui uma horta em casa, saiba que não há empecilhos, nem mesmo de tamanho, para planejar a sua. Vale plantar as mudas em cachepôs de aço galvanizado, em canteiros de terra, no quintal ou  em vasos. Analise com cuidado o local que receberá os temperos, pois o sol é um fator importantíssimo. As hortaliças devem receber luz natural durante a manhã ou à tarde por pelo menos quatro horas diárias. Importante: adube mensalmente com composto orgânico para renovar os suprimentos das plantas.

 

Lindas!! As suculentas são plantas fáceis de cuidar! Você encontra na Floricultura Flores

 

   -Rejeição zero


   Gordinhas e fáceis de cuidar, as suculentas são ótimas opções para jardineiros de primeira viagem. Em geral, essa família de espécies pede regas semanais, mas preste atenção nos sinais. Se perceber que a planta está murchando, aumente a quantidade de água; se as folhas da base começarem a apodrecer, diminua. Importante: a água deve ser direcionada para a terra, nunca para as folhas. Caso a suculenta fique pálida e fina, é porque não está recebendo a quantidade necessária de luz. Para proporcionar o crescimento por igual, gire o vaso de tempos em tempos.

 

TAGS: #jardim; #paisagismo; #decor; #loveit; #FloriculturaFlores; #trabalhoimpecavel; ;

Facebook Facebook Facebook
Las

Tem a cozinha do dia a dia - e tem a cozinha gourmet!

10/08/2015

O novo ambiente surgiu há alguns anos e virou sonho de consumo de muita gente. Afinal, é muito gostoso bancar o chef e convidar os amigos para um jantar descontraído em volta do fogão ou churrasqueira. Ali, o céu é o limite: vale investir em equipamentos de última geração, móveis e acessórios de design e revestimentos sofisticados.

Como planejar o meu espaço Gourmet?

Uma churrasqueira, um forno de pizza, uma mesa generosa e com vários assentos são, sem dúvida alguma, pontos que não descartamos quando idealizamos um espaço de lazer e gastronomia dentro de nossos lares.

Vamos para algumas dicas então:

  • Escolha bem os materiais

Materiais fáceis de limpar e que não acumulem muita gordura são as pedidas para estas áreas. Pedras sintéticas são boas alternativas e estão em alta pois resistem a riscos e manchas, além de ter muita opção de cores.

  • Atenção na circulação

  Como é um espaço com maior fluxo de pessoas, fique atento às medidas mínimas confortáveis para a circulação. O ideal são espaços maiores que   80cm.

  • Evite quinas 

 Mesinhas de vidro e outros móveis com quinas podem machucar, principalmente se tiver crianças por perto.  Deixe aquela linda mesa de centro em vidro para a sala de estar.

  • Paisagismo

Uma vegetação sempre agrega beleza aos espaços. Invista em cachepós e plantas suspensas na falta de espaço.

 

Decida o tema

 Por ser uma área informal de lazer, você pode optar pelo rústico, com cadeiras de madeira, tons fortes na parede como terra, coral ou vermelho e churrasqueira de tijolos. Se a área for pequena, privilegie cores claras, que ajudam a ampliar o ambiente e deixar tudo mais clean.

Afaste a geladeira

Um dos erros mais comuns é deixar a geladeira próxima à churrasqueira e isso afeta o desempenho de ambos. De preferência deixe a pia entre a churrasqueira e a geladeira.

 

Seja prático

Neste espaço, que muitas vezes é pequeno, a decoração precisa facilitar. Não há o espaço grande da cozinha, onde todos os utensílios estão guardados, então deixe apenas o que for essencial. Aplique imãs nas paredes para segurar facas, tenha tábuas à mão e não se esqueça de deixar tudo no alto, longe das crianças!

Lembre-se da limpeza

O piso não deve ser escorregadio e precisa ajudar na limpeza. Escolha materiais como azulejos e pastilhas que não acumulam gordura e são fáceis de limpar.

  • Revestimentos

Revestir a churrasqueira com pastilhas, filetes de pedra e outros materiais levando em conta a funcionalidade e durabilidade.

  • Cores

Almofadas, painéis, objetos coloridos, a mistura de cores é bem-vinda neste espaço que remete ao lazer!

  • Iluminação

Abuse de pendentes coloridos, divertidos.

 Os principais erros cometidos em espaços gourmet são:

Colocar a geladeira próxima à churrasqueira/forno a lenha, o que prejudica seu desempenho.

Bancada/balcão longe da pia e churrasqueira/forno, o que dificulta o acesso ao preparo dos alimentos.

Falta de colocação de vidros (no caso de varandas) ou coberturas (quintal), sendo que no caso de uma chuva o espaço se torna inutilizável.

Em espaços pequenos, ao invés de cadeiras, prefira o uso de banquetas pequenas ou até bancos maiores, para acomodar mais amigos.

Quantos mais utensílios melhor, para evitar o entra e sai da casa para o espaço.

 

Algumas ideias para dar uma repaginada no seu espaço gourmet:

  • Revestir a churrasqueira com pastilhas, filetes de pedra e outros materiais levando em conta a funcionalidade e durabilidade;
  • Uso de ladrilhos hidráulicos ou até adesivos que imitam estes na bancada;
  • Trazer o verde ao espaço: plantas e flores são muito bem-vindas, lembrando que não podem estar muito próximas da churrasqueira/forno, uma boa pedida são jardins verticais;
  • Cores: Almofadas, painéis, objetos coloridos, a mistura de cores é bem-vinda neste espaço que remete ao lazer!

 

TAGS: #decor; #decoração; #cozinha; #cozinhagourmet; #amodecor;

Facebook Facebook Facebook
Las

juliane cardoso

Juliane Cardoso - Suelen Serafim

Projetos criativos ambientes planejados para refletir a alma de seus moradores. 

...

SulpisoKasar

Facebook

InatecGabriel Construções
EleganzaVitrolAmbience DecorAmbience DecorAmor e CarinhoPonto das TintasPonto das tintasVidraçaria Decor GlassFibra SulMorro Estevão Plantas OrnamentaisMarquesa HomeEkcel PiscinasQuinto ElementoEvisa
Juliane Cardoso 2014 © Todos os direitos reservados