Las

Você já ouviu falar no revestimento cimentício? Veja por que usar!

05/11/2019

O revestimento cimentício tem sido utilizado cada vez mais nos projetos arquitetônicos.

Com isso, tornou-se uma grande tendência do momento, tendo em vista que oferece praticidade de aplicação e manutenção, é versátil, não retém calor ao longo do dia, pode ser implementado tanto na área interna quanto externa, entre muitas outras vantagens que seu uso proporciona. A sua aplicação nos projetos deixa o ambiente com um visual moderno e inovador, atribuindo personalidade e estilo para a decoração do local. Vale ressaltar que se trata de um material bastante acessível para quem quer reformar a casa, sendo ecológico, durável e de excelente qualidade. Portanto, é uma excelente opção de revestimento que pode ser utilizada nos acabamentos de pisos e de paredes, e ainda pode imitar a textura e o visual de outros materiais, como a madeira, o mármore, as pedras de cerâmica etc.

Na área da piscina e do banheiro, que são locais onde costumam ter umidade e partes molhadas, é indicado que o piso cimentício seja antiderrapante, evitando-se possíveis quedas e escorregões. Dessa forma, cria-se uma área segura tanto para os adultos quanto para as crianças.

Vale lembrar de que se trata de um revestimento muito durável e resistente às ações da água, do sol e do contato frequente de peso, como o de pessoas circulando pelo local. Ou seja, ele permanecerá belo e sem riscos por muito tempo, sendo um investimento para quem pensa a longo prazo. O revestimento também pode ser aplicado nas paredes, exigindo também apenas um pano úmido para retirar a poeira e evitar o acúmulo de sujeira.

Alta durabilidade

O revestimento cimentício é altamente durável e resistente, ou seja, ele durará por muitos anos, sendo um ótimo investimento a ser feito na reforma da casa. Ele apresenta resistência ao contato com a água e ao peso de pessoas circulando sobre ele, e até mesmo aguentam o peso de veículos trafegando pela área externa. Apesar dos atritos do dia a dia, esse tipo de material também dificilmente apresentará riscos ou fissuras por sua superfície diante de seu uso diariamente. Dessa forma, é um excelente revestimento para fazer parte do seu projeto arquitetônico. Mais sustentável Uma das vantagens de uso do revestimento cimentício está em sua sustentabilidade, tendo em vista que ele é produzido por meio da reutilização de materiais ou resíduos reciclados. Assim, para a sua realização não é preciso propagar o desmatamento de florestas e nem desgastar a natureza com a exploração de minérios, por exemplo. Além disso, a sua produção não causa tanta poluição ao meio ambiente, sendo, portanto, um produto bastante ecologicamente correto. Com isso, esse revestimento ganha ainda mais motivos para ser um grande atrativo atualmente para quem busca uma construção sustentável, bela e duradoura.

Sem retenção de calor Outro

Grande benefício desse tipo de material é que ele não retém calor, o que faz com que o seu uso seja ainda mais interessante na borda da piscina, por exemplo. Isso acontece, pois o revestimento cimentício é poroso, facilitando, assim, que o calor não se acumule e seja dissipado sem problemas. Fácil aplicação O indicado é que a aplicação do revestimento cimentício seja a última etapa a ser realizada na obra. Isso acontece para evitar que outras execuções do projeto causem algum tipo de dano ao revestimento. O ideal é que o revestimento seja colocado sobre o contrapiso ou o reboco. É preciso respeitar o tempo de cura da mistura cimento-água, que leva ao menos 21 dias para só depois criar o desenho desejado. O mais interessante é que esse processo de ganhar forma não necessita passar por forno em altas temperaturas. Em seguida, é a parte em que se sela o material colocando a impermeabilização, o que é o mais indicado especialmente no caso de revestimentos para as áreas que necessitem dessa característica, como no banheiro, cozinha e borda da piscina

Diante da versatilidade do revestimento cimentício, com certeza, será muito fácil encontrar um produto que reflita exatamente o que você está buscando. Assim, deixando a sua decoração bela, estilosa e com o seu gosto visual.

TAGS: pisos; revestimentos; pisoscomenticios; pisosareasexternas; pisosexternaos;

Facebook Facebook Facebook
Las

Quer dar uma aparência ainda mais natural ao seu jardim ou área externa? Então a opção é abrigar suas plantas e folhagens em um vaso de fibra!

30/10/2019

A fibra é um material eclético e tem diversos tipos, acabamentos, cores e formatos. Por esta razão, fazem dos vasos de fibra são peças super estéticas, que se destacam e são práticas por sua leveza e facilidade em decorar ambientes com outros itens e móveis.

Assim como em qualquer outro recipiente, no vaso de fibra as flores necessitam de cuidados especiais e atenção no cultivo. Da mesma forma, é importante saber que determinadas espécies são mais indicadas para serem plantadas em vaso de fibra por suas características e conservação.

A vantagem do vaso de fibra é que, independentemente do espaço que ocupará, seus modelos combinarão com os demais elementos ou, ainda, criarão um contraste sutil, se este for o desejo.

A fibra é um material eclético e tem diversos tipos, acabamentos, cores e formatos. Por esta razão, fazem dos vasos de fibra são peças super estéticas, que se destacam e são práticas por sua leveza e facilidade em decorar ambientes com outros itens e móveis.

Assim como em qualquer outro recipiente, no vaso de fibra as flores necessitam de cuidados especiais e atenção no cultivo. Da mesma forma, é importante saber que determinadas espécies são mais indicadas para serem plantadas em vaso de fibra por suas características e conservação.

A vantagem do vaso de fibra é que, independentemente do espaço que ocupará, seus modelos combinarão com os demais elementos ou, ainda, criarão um contraste sutil, se este for o desejo.

 

TAGS: jardim; vasos; vasosparajardim; plantas; vasosemfibra; fibra; plantasemvasos; decor; decoracao; interiores; fibrasul;

Facebook Facebook Facebook
Las

Interior colorido, prainha e outras novidades nas piscinas, as protagonistas do verão

08/10/2019

Vale investir em cores, acabamentos e iluminação

Lindas, coloridas e cristalinas, as piscinas podem ser muito mais que um simples local para banho. Podem reunir uma série de atividades, além de expressar a ousadia e o estilo do seu proprietário. Vale investir em cores, acabamentos, iluminação e até em uma “prainha”, tendência que veio para ficar. Há opção de aquecimento, luzes em LED, refletores, fibra ótica, automação, cascata e jatos articulados: itens que podem contribuir para um lazer dos sonhos.

Se no seu sonho ainda couber uma prainha artificial, os modelos mais modernos dão conta desta função. O lado mais raso serve para as crianças brincarem ou para colocar uma espreguiçadeira e tomar sol e se refrescar ao mesmo tempo.

Onde construir

O primeiro passo é verificar se o terreno apresenta boas condições para receber uma piscina: local deve ser seco, livre de lençóis freáticos, ou se faz parte de áreas de aterro. Outros pontos importantes são: realizar a impermeabilização e verificar se a área apresenta insolação e sombreamento adequados. Se o terreno não for plano, será necessário realizar o nivelamento. Quanto à metragem, há sempre que se considerar a área disponível para o tipo de lazer escolhido. É sugerido que o terreno disponível seja o dobro do tamanho da piscina, permitindo comportar a piscina e o entorno de apoio.

 

TAGS: ;

Facebook Facebook Facebook
Las

Tendência para box de banheiros

01/10/2019

 

O box para banheiro se modernizou conforme as tendências de mercado, agora a estrutura combina perfeitamente com os acessórios, além de proporcionar conforto e segurança.

As cores das ferragens variam, rose, dourado brilhante, dourado fosco, preto brilho, preto fosco, são algumas das novas opções de ferragens para o box.

Agora podemos combinar as ferragens, com os acabamentos do restante do banheiro, como por exemplo, as torneiras, que estão cada vez mais diversificadas em modelos e cores.

 

TAGS: banheiro; bancadas; box; dourado; prata; preto; acabamentos; boxdourado; boxpreto; decor; decoracao;

Facebook Facebook Facebook
Las

Detalhes para cozinha

19/09/2019

Para fugir no convencional em qualquer decoração aposte nos detalhes! Separamos dicas de detalhes de acabamentos para cozinha que vão deixar a sua cozinha ainda mais linda.

Espelho nos armários

Espelhos vão bem em qualquer ambiente para ampliar o espaço, distribuir melhor a luz e deixar o ambiente sofisticado. Na cozinha, um bom lugar para incluir espelhos é na porta dos armários.

Nicho decorativo

Objetos em exposição sempre dão um toque decorativo ao ambiente. Em cozinhas o mais usual é ter armários com portas em todos os espaços para esconder a “bagunça” de louças do dia a dia mas uma ótima opção é escolher estrategicamente um espaço para colocar um nicho decorativo. O nicho decorativo, como o nome diz, não é um espaço funcional e sim destinado para ser usado com objetos de decoração e para dar um toque diferenciado na cozinha. Livros de receita, vasinhos, peças cerâmicas e utensílios de design bacana são ótimas opções para preencher estes nichos.

Frontão iluminado

A iluminação é um detalhe que da um super destaque ao ambiente. O mais comum é usar a fita de LED iluminando a parte de baixo do armário aéreo e é bacana ver como uma simples mudança na localização da iluminação fez bastante diferença no conjunto.

Bancada de quartzo branco

A bancada branca na cozinha esta super em alta e eu entendo porque: o branco é um elemento coringa e fica fácil combiná-la com qualquer tipo e cor de revestimento. Quando usamos bancadas de pedra natural, como o granito, a textura e cor da pedra acaba influenciando na escolha dos demais revestimentos que devem compor com este elemento. Uma bancada branca, além do aspecto de higiene e limpeza, da uma super liberdade estética na hora de escolher os demais acabamentos do ambiente.

Torre de equipamentos cinza

Uma ótima opção para dar destaque a cozinha é escolher um material diferente para a torre de equipamentos. A torre é um elemento de grande destaque visual na cozinha e escolher um material diferente para ela ajudará a destaca-la ainda mais. Se você pensa usar mais de um tipo de acabamento para os armários a torre é uma ótima opção para variar o revestimentos sem correr o risco de deixar a composição carregada.

 

TAGS: ;

Facebook Facebook Facebook
Las

Revestimentos para Bancadas de Cozinha

04/09/2019

 

Parte 2

 

Azulejo e Pastilhas

Azulejos e Pastilhas também são boas opções para revestimentos de bancadas, têm um baixo custo e podem ser assentados sobre bases de pedra, concreto ou compensado. Algo que deve ser levado em consideração são os rejuntes, que devem ser feitos de epóxi para evitar manchas. Caso seja feito com o rejunte semelhante ao que usamos para assentar azulejos na parede, podem ficar escurecidos e absorver sujeiras devido a sua porosidade.

Com azulejos ou pastilhas de diversos acabamentos em metal, vidro e várias cores para se colocar na bancada, temos que tomar cuidado com panelas quentes, pois podem trincar os revestimentos e estragar o projeto.

Epóxi

Bancadas revestidas com resina epóxi têm grandes vantagens por não serem porosas, terem maleabilidade em seu material (possibilitando a cuba ser em uma mesma peça, por exemplo) e sua boa durabilidade. O único cuidado a ser tomado está relacionado às temperaturas, que podem amarelar a superfície da bancada.

Porcelanato

Os  revestimentos para bancadas em porcelanato são feitos da mesma forma das bancadas de pastilhas ou azulejos, sendo um pouco mais fácil por ser um material maior. As chapas são cortadas em grandes dimensões e coladas com massa plástica.

Seu acabamento é quase como uma única placa, apenas com as juntas dos encontros entre as peças, mas se o acabamento for bem feito elas ficam quase invisíveis! Tem uma grande diversidade de cores, acabamentos de bordas e também podem ter suas cubas “esculpidas” formando uma única peça.

 

Mármore Composto

Conhecidos como Silestone, quartzo, Techinostone ou Marmoglass, os mármores compostos são chamados assim pois se tratam de pedras industrializadas, misturas de quartzo com resinas sintéticas. É um dos mais indicados na nossa lista de revestimentos para bancadas pois são resistentes, duráveis e extremamente higiênicos por receberem tratamento anti-bactericida.

Nanoglass

Nanoglass também é um material industrializado, porém formado de pó de mármore e vidro, possui fácil higienização e não mancha, pois não tem a menor porosidade. É extremamente branco e brilhoso, sendo de fácil composição no projeto da sua bancada para cozinha. Temos que tomar alguns cuidados com o Nanoglass, pois como é uma superfície muito rígida, ele pode trincar, e diferente do mármore composto não há possibilidade de reparos sem a troca do vidro.

 

 

TAGS: revestimentos; cozinha; decoracao; cozinhagourmet; silestone; quartzo; granito; marmore; pia; bancada;

Facebook Facebook Facebook
Las

Como combinar piso com revestimento: desvende os segredos para criar ambientes únicos!

30/07/2019

Escolher e combinar piso com revestimentos para a casa é uma tarefa difícil e que gera muitas incertezas.

Hoje, os revestimentos trazem mais sensibilidade, mais cor e história à criação de seus produtos, resultando no encantamento na hora da compra do material, esse fator acaba se tornando um desafio, devido tantas opções de materiais com formatos e texturas diferentes.

Com a gama de produtos diferenciados do mercado e a alta definição dos desenhos, não só os básicos ganham destaque, mas cada vez mais os produtos decorados se encontram presentes na decoração.

Veja mais dicas que podem te ajudar: ideias de revestimentos para deixar o seu projeto moderno e prático.

Do chão à parede: como combinar piso com revestimento.

Combinando as cores

Seguindo padrões tradicionais, pode-se dizer, resumidamente, que as cores quentes remetem ao aconchego e à estabilidade. Já as cores frias, por suas propriedades calmantes, combinam com ambientes de relaxamento.

Revestimentos nos tons de vermelho, laranja, amarelo e marrom, ou seja, cores quentes são ótimas para ambientes com maior circulação de pessoas, como salas, cozinhas e ambientes comerciais.

Já em lugares muito pequeno acaba trazendo sensação de sufocamento quando há muitas pessoas no mesmo espaço.

Revestimentos com cores quentes tanto no chão quanto na parede ficam ótimos contrastando com revestimento claro. Essa combinação traz sensação de amplitude no espaço.

As cores frias, no entanto, servem melhor para ambientes como quartos e banheiros. Essas cores claras amplificam o espaço com a luz natural.

O branco passa a mensagem de higiene e pureza, clareia ambientes reduzidos ou com pouca iluminação. E o preto é mais recomendado para ambientes de grandes dimensões.

Dizer que o melhor seria que revestimentos de pisos e paredes seguissem um mesmo padrão não é o mesmo que dizer que isso seja uma regra. O mercado disponibiliza de muitos materiais diferentes e muitas vezes combinações inesperadas funcionam e deixam seu espaço simplesmente único. 

Além dos contrastes entre chão e parede, é possível combinar cores com acabamentos e texturas diferentes.

Peças lisas e brilhantes facilitam a limpeza e, após molhadas, secam mais rápido. Porém, áreas molhadas, como área externa, borda de piscina, banheiro, cozinha, área de serviço, pode haver risco de escorregamento, sendo os revestimentos rústicos, com granilha ou alto relevo, ideais para esse tipo de espaço.

Os revestimentos amadeirados trazem a sensação de conforto e são perfeitos para essa área da casa. Eles imitam perfeitamente a madeira com seus variados tons e a madeira combina tanto com revestimento ou piso claro quanto escuro.

Os revestimentos marmorizados, tanto acetinados quanto brilhantes são atemporais e combinam em qualquer espaço.

 

 

 

TAGS: decor; decorevestimento; revestimentos; porcelanato; marmorizado; amadeirado; banheiro; lavabo;

Facebook Facebook Facebook
Las

Vasos em fibras para jardins

23/07/2019

Quer dar uma aparência ainda mais natural ao seu jardim ou área externa? Então a opção é abrigar suas plantas e folhagens em um vaso de fibra! A fibra é um material eclético e tem diversos tipos, acabamentos, cores e formatos. Por esta razão, fazem dos vasos de fibra são peças super estéticas, que se destacam e são práticas por sua leveza e facilidade em decorar ambientes com outros itens e móveis.

A vantagem do vaso de fibra é que, independentemente do espaço que ocupará, seus modelos combinarão com os demais elementos ou, ainda, criarão um contraste sutil, se este for o desejo. O fato é que sempre ajudam a deixar o ambiente, seja interno ou, especialmente, externo, com o aconchego e tranquilidade que a natureza oferece.

O vaso de fibra sintética pode abrigar qualquer tipo de planta, desde que se ajuste à sua dimensão e ao seu formato. Também é importante atentar-se à vazão de água para não danificar as espécies.

TAGS: ;

Facebook Facebook Facebook
Las

Você já conhece o Silestone? Veja tudo sobre esse material super prático para cozinhas e banheiros!

24/06/2019

Muitos não sabem, mas o Silestone é na verdade uma marca, e não o material em si. Ela foi criada pela Consentino, empresa espanhola global que produz e distribui superfícies inovadoras para o mundo do design . Mas devido à sua utilização em larga escala, o nome Silestone acabou sendo usado informalmente para descrever um material produzido por meio de alta tecnologia, formado por quartzo natural e outros compostos, como vidro e elementos metálicos.

As peças são uniformes, em sua maioria, com uma superfície lisa, sem irregularidades ou texturas e que reflete bastante brilho. Sua composição proporciona altíssima resistência e durabiliadde. Hoje, existem outras empresas que produzem esse material, no entanto a sua composição pode variar de um fabricante para outro.

Como identificar o silestone?

O silestone é um material fabricado com alta tecnologia, o que resulta numa pedra industrializada. Sua aparência parece até bem natural. As peças costumam ser uniformes, de superfície lisa, sem rugosidade e com um brilho cintilante

Como é feito o silestone?

Composto de cerca de 94% de quartzo natural. Somado a isso, deve-se ter uma combinação de corantes e resina de poliéster – que faz o envelopamento das chapas através de um processo chamado Sistema de Vibrocompressão a Vácuo.

 

Tipos de silestone 

Ao comparar as placas da pedra pode-se notar que há as opções mais lisas, com mais veios ou com algum tipo de granulagem. Pois bem, é que existem tipos diferentes de silestone.

Quanto aos padrões, há as peças lisas, com veios e com granulagem fina ou grossa.

Quanto às cores, são mais de cinquenta tons, como branco, creme, cinza escuro, rosa, vermelho, preto e castanho. Em relação aos acabamentos, são três os tipos mais comuns , polido, suede e volcano.

O acabamento polido é o mais tradicional. Ele tem uma superfície brilhante, os detalhes do material são mais nítidos e a peça é mais bem protegida.

No suede a superfície é mais fosca, chegando a ser opaca. E no vulcanizado a superfície tem pequenos buracos, tornando o material poroso e texturizado.

 

Aplicações do silestone

O silestone é indicado pelos especialistas para ser usado em propostas de decorações de interiores. Essa pedra é excelente para revestimento de bancadas, chãos e paredes de cozinhas e banheiros, por exemplo.

 

 

TAGS: silestone; bancada; bancadadesilestone;

Facebook Facebook Facebook
Las

LINHAS E FORMAS PARA DAR MOVIMENTO AO DÉCOR

11/04/2019

Dar fluidez ao décor é uma ótima forma de tirá-lo da mesmice. Além disso, essa fluidez também possui vantagens funcionais, como ampliar ambientes compactos e valorizar as áreas de circulação de um espaço. Junte a isso um mix de composição cuidadosamente escolhido e você terá uma casa decorada de forma contemporânea e prática. Para te ajudar a criar uma decoração mais que perfeita, selecionamos algumas dicas que deixarão seu décor cheio de bossa! Confira a seguir.

REVISTA UMA SÓ PAREDE COM DIFERENTES ACABAMENTOS

A estratégia é ótima para surpreender, já que sempre se espera por uma parede tradicional, de uma só cor ou revestimento.

PRESTE ATENÇÃO NO DESIGN DOS MÓVEIS

Para brincar com os volumes e garantir o movimento do espaço, uma boa dica é misturar móveis de design curvilíneo com outros de linhas retas.

APOSTE EM NICHOS

Eles são a melhor ferramenta para dar fluidez a um décor. Principalmente se se os nichos tiverem tamanhos diferentes.

RENOVE A POSIÇÃO E ALTURA DOS MÓVEIS

Um simples posicionamento de um móvel pode garantir mais movimento e fluidez a um décor. Experimente deixar a cabeceira da cama um pouco afastada da parede e deixe um quadro posicionado casualmente somente em uma das laterais.

 

 

TAGS: ;

Facebook Facebook Facebook
Las

TENDÊNCIAS DE COZINHA PARA 2019

25/03/2019

A tendência da cozinha como área social da casa vem se firmando há pelo menos cinco anos. Com sua integração cada vez maior ao centro da residência, é natural que surjam acabamentos mais tecnológicos, um design mais funcional e móveis que possam valorizar e até ser inseridos no espaço. De olho nestas transformações, que colocam hoje a cozinha como a nova estrela da casa, selecionamos algumas tendências de cozinha para 2019 quando o assunto for decoração. Acompanhe!

COZINHA SUPERINTEGRADA

VERDE NAS COZINHAS

Foi-se o tempo em que o cultivo de plantas na cozinha era dedicado somente a ervas e temperos.A natureza está cada vez mais presente dentro de casa, e essa tendência pode ser sentida também na cozinha.

 

COZINHA COMO NOVA SALA DE ESTAR E JANTAR

Na contramão das cozinhas superintegradas, há essa tendência de fazer o espaço o centro da casa, as chamadas  "cozinhas de estar". Para transformá-la em protagonista, entram o verde, já mencionado no item anterior, acabamentos ultra sofisticados e móveis de design de vanguarda. 

Não se esqueça de que os eletrodomésticos também acompanham a tendência  e estão cada vez mais discretos no espaço.

 

MINIMALISMO NOS ARMÁRIOS

Linhas fluidas, puxadores discretos – quando existentes – acabamento sofisticado. O design dos arários da cozinha está cada vez mais clean e minimalista, sem abrir mão da funcionalidade. O objetivo é que eles se mimetizem às outras áreas da casa, e nada melhor do que um design bem pensado para atingir essa meta.

 

TAGS: cozinha; cozinhaamericana; decoracaodecozinha; marcenaria; moveisobmedida; tendencia; cozinhaclean; verdenacozinha;

Facebook Facebook Facebook
Las

Dicas de como comprar o tapete para sala

11/03/2019

No momento de decorar o ambiente, surge-se diversas dúvidas e as mais comuns são: quais os materiais? Quais as cores? Qual o tamanho ideal?
A princípio, o tapete deve agregar valor ao ambiente. Ou seja, ele serve para aquecer a casa, demarcar ambientes dando cor e aconchego ao cômodo. É um acessório indispensável e que pode ser colocado em qualquer ambiente.
Diversos pontos devem ser levados em consideração antes da compra, mas o principal é que o tapete é um dos últimos itens a serem escolhidos pois o mesmo depende dos objetos que compõem aquele espaço.
Confira e tire suas dúvidas a respeito do tema:

Tapete: qual material utilizar?
Os materiais são divididos em 5 tipos: Lã, acrílico, fibra sintética, couro ou poliéster.
Os tapetes de lã são uma excelente escolha, em decorrência de sua durabilidade, maciez. Mas não é só isso, eles possuem diversas cores e acabamentos, tornando-os mais caros.
Mas se você não quer gastar tanto, outra opção são os tapetes de acrílico, no qual possuem um acabamento bem semelhante aos de lã, mas com uma durabilidade inferior.
Os tapetes de poliéster são mais comuns para compor o ambiente da sala de tv, por conta deles serem mais volumosos e felpudos.
Para aquelas pessoas que sofrem de alergias, recomenda-se os tapetes de fibras sintéticas, pois também possuem preços mais acessíveis que os anteriores e não soltam pelos ou fiapos.

Qual o tapete ideal para a sala?
A decoração desse ambiente nunca pode deixar a desejar, pois é o primeiro compartimento da residência a ser visto, além de acomodar os convidados para uma visitinha de final de tarde ou até mesmo um final de semana, não é mesmo?

Deve-se destacar o seguinte: o tapete em sua sala deve estar em sintonia com a mesa, sofá, os móveis em geral. Com isso, a escolha do material deve ser bem criteriosa, fazendo com que esse artigo de decoração seja um complemento do espaço juntamente com os demais objetos do local.

Antes mesmo da escolha do material, deve-se levar em consideração o tamanho de sua sala, pois o tapete deve ser uma moldura para os outros elementos daquele espaço. Na maioria dos casos, recomenda-se que o tapete seja maior do que o sofá, pois dessa maneira os outros objetos caberão no mesmo espaço ao sofá.


No caso da mesa de jantar, por exemplo, é importante que a peça ultrapasse 70cm à 1metro do final do objeto. Com isso, ao afastar as cadeiras, elas permaneçam no quadrante do tapete.
Ainda se tratando da sala de jantar, recomenda-se os tapetes sintéticos. Eles são mais finos e bastante resistentes à limpeza, além de facilitar no movimento das cadeiras.
Se tratando da sala de estar, aconselha-se que o tapete ultrapasse o sofá, ou seja, que passe por debaixo dele. É importante que tenha um certo espaço, uma distância entre o móvel da TV e essa peça, pois dessa forma permitirá a passagem das pessoas, evitando pisa-lo e suja-lo, consequentemente.
Também não podemos deixar de ressaltar que o tapete influencia diretamente na acústica do ambiente, com isso o mesmo deve ter uma altura dos pêlos ou fios entre 10 e 15 milímetros para trazer mais conforto e aconchego à sua sala de estar.


O tamanho do tapete vai influenciar diretamente na impressão de amplitude daquele espaço em que ele encontra-se. Se esse objeto for menor, aquele ambiente vai parecer menor, dando essa ilusão de ótica.


 

TAGS: decor; design; decoraçaodeinteriores; decoracaodesalas; decoracaodesalasdejantar; decorcomtapetes;

Facebook Facebook Facebook
Las

Três principais tendências em iluminação

03/12/2018

As ideias de decoração caras, excêntricas e audaciosas do passado ficaram para trás e deram lugar a tendências em iluminação mais econômicas, práticas.

Seja com um olhar estético ou avanços tecnológicos, a iluminação é reformulada a cada ano para alcançar uma melhor eficiência energética, segurança, funcionalidade e beleza.

E nós vamos mostrar aqui, quais as três principais tendências em iluminação, que tem tudo a ver com o conceito atual da decoração: criar interiores com um ar mais funcional, agradável e moderno.

 

RETRÔ-INDUSTRIAIS

Essa tendência é certa! A iluminação retrô-industrial não é sobre trazer peças vintage para a sua decoração. É sobre um retrô moderno e com um ar industrial, uma nostalgia moderna. São metais esculpidos em formas lindas que vêm em tons de cores mais ricos e uma variedade de acabamentos.

Como harmonizá-lo na decoração: a iluminação retrô-industrial moderna naturalmente traz personalidade para qualquer espaço. Normalmente, ela é usada em salas de jantar, cozinhas ou escritórios com três ou mais pendentes se complementando, mas você pode usar luminárias de mesa ou de parede também.

 

METAIS SUAVES

Metais escovados com acabamento fosco suave também vão ser tendência em iluminação. Não é surpresa que designers e decoradores tenham escolhido esse estilo, porque contrastam bem com uma iluminação mais quente.

Como harmonizá-lo na decoração: os metais suaves podem facilmente ser usados em diversos ambientes, especialmente quando ele está pintado com cores neutras. Eles dão um brilho instantâneo ao espaço, que chama a atenção das pessoas no teto, parede ou em mesas da sala de estar. Ou seja, ter pontos de luz na sua decoração é tendência.

MINIMALISMO MODERNO

Decorações e iluminações exageradas não são mais valorizadas. Agora, o que está em alta é seguir uma linha mais clean, organizada e elegante esse é o novo luxo.

Como harmonizá-lo na decoração: essa tendência em iluminação funciona bem em qualquer lugar da sua casa e até no escritório! Esse design estético e descomplicado é bom um elemento de boas-vindas. O ideal é não encher o ambiente, mas destacar aquela luminária dentro da decoração.

 

 

TAGS: ;

Facebook Facebook Facebook
Las

Tampos e Bancadas em porcelanato

27/11/2018

As bancadas em porcelanato estão com tudo na decoração. Já pensou poder usar peças de porcelanato para personalizar a sua bancada?

O uso dos porcelanatos de grande formato é uma tendência que veio para ficar, pois além de utilizar as peças como revestimentos para pisos e paredes a novidade é utilizá-lo em móveis. Os formatos grandes possibilitam o uso em tampos de cozinhas, banheiros, churrasqueiras, lavanderias sem a necessidade de muitas juntas, proporcionando um visual bem clean ao tampo e diminuindo o acúmulo de sujeira nos rejuntes.

Além de serem perfeitos para uso em áreas molhadas, pois a absorção de água é quase nula.

 

Com a tecnologia da impressão digital há uma enorme variedade de acabamentos muito fiel à realidade como mármores, pedras naturais, madeiras, concreto, etc…

Assim a criatividade pode rolar solta para que o ambiente tenha o estilo que você deseja.

Para todos os estilos:

-Se você deseja um ambiente rústico, opte pelos porcelanatos amadeirados.

-Se a ideia é um ambiente minimalista, opte por aqueles mais neutros como Mármore Calacata, Carrara…

-Para um ambiente clássico e elegante, sem dúvida os revestimentos marmorizados em tons escuros contrastando com metais dourados são uma tendência!

-Para um estilo industrial você pode compor um porcelanato cimentício.

E possivel ousar ainda mais e utilizar o porcelanato como tampo de mesa ou revestindo moveis.

-Outra dica também é utilizar o mesmo padrão de revestimento usado no piso e parede para combinar com tampos e móveis, proporcionando um visual bem clean e minimalista.

TAGS: ;

Facebook Facebook Facebook
Las

5 passos para reformar a casa sem gastar muito

23/06/2018

Saiba como enxugar o orçamento da obra e fazer uma reforma sem dores de cabeça

O resultado é compensador, mas quem já fez uma reforma em casa sabe que quem mais sofre é o bolso. Mesmo com tudo planejado, sempre aparecem imprevistos que acabam fazendo o orçamento estourar ou até interrompendo a obra. Para ajudar nesse processo e evitar gastos a mais com revestimentos.

Duas demãos nem sempre é a solução

O pintor preparou aquela lista extensa de todos os litros de tinta que vai precisar para cobrir as paredes da casa ou do cômodo reformado. Porém, nem todos os espaços ficarão à mostra após a colocação dos móveis. “Oriente o pintor a passar somente uma demão de tinta antes dos móveis serem inseridos no ambiente e, após a colocação, cubra com a segunda demão somente as superfícies que ficaram expostas.

Aposte nos móveis slim

As lojas de móveis planejados costumam orçar as peças com grandes espessuras e tamponamento, o que aumenta o custo do projeto. Optar por um mobiliário slim, com menos material e espessura mais fina, faz com que o valor do orçamento caia pela metade. Com esse respiro, é possível, inclusive, investir em melhores ferragens, o que garante uma vida útil maior ao móvel.

 

Ouse nos objetos de decoração

Acabamentos em laca, pintura automobilística ou vidro encarecem bastante o preço do mobiliário. Desta forma, deixe para colocar cor e ousar nos objetos decorativos, que podem ser adquiridos aos poucos e irão trazer personalidade aos espaços, podendo ser substituídos ao longo do tempo.

O que os olhos não veem, o coração não sente

Deixe para aplicar pastilhas, papéis de parede e rodapés somente após a colocação dos móveis. Onde o mobiliário irá cobrir, não há necessidade de revestir, diminuindo consideravelmente a quantidade de material comprado.

 

Planejamento é tudo

Organize todas as etapas da obra para programar quais passos serão seguidos, e em que ordem devem ser realizados para ter mais assertividade e menos quebra-quebra. Para ajudar neste planejamento, a contratação de um profissional da área é muito importante, pois ele já está habituado a lidar com esse tipo de serviço e irá orientá-lo da melhor maneira para ter menos custo e mais agilidade em todo o processo.

 

TAGS: ;

Facebook Facebook Facebook
Las

Saiba como enxugar o orçamento da obra e fazer uma reforma sem dores de cabeça

20/04/2018

O resultado é compensador, mas quem já fez uma reforma em casa sabe que quem mais sofre é o bolso. Mesmo com tudo planejado, sempre aparecem imprevistos que acabam fazendo o orçamento estourar ou até interrompendo a obra.

Duas demãos nem sempre é a solução

O pintor preparou aquela lista extensa de todos os litros de tinta que vai precisar para cobrir as paredes da casa ou do cômodo reformado. Porém, nem todos os espaços ficarão à mostra após a colocação dos móveis. Oriente o pintor a passar somente uma demão de tinta antes dos móveis serem inseridos no ambiente e, após a colocação, cubra com a segunda demão somente as superfícies que ficaram expostas.

Aposte nos móveis slim

As marcenarias costumam orçar as peças com grandes espessuras e tamponamento, o que aumenta o custo do projeto. Optar por um mobiliário slim, com menos material e espessura mais fina, faz com que o valor do orçamento caia pela metade. Com esse respiro, é possível, inclusive, investir em melhores ferragens, o que garante uma vida útil maior ao móvel.

Ouse nos objetos de decoração

Acabamentos em laca, pintura automobilística ou vidro encarecem bastante o preço do mobiliário. Desta forma, deixe para colocar cor e ousar nos objetos decorativos, que podem ser adquiridos aos poucos e irão trazer personalidade aos espaços, podendo ser substituídos ao longo do tempo.

O que os olhos não veem o coração não sente

Deixe para aplicar pastilhas, papéis de parede e rodapés somente após a colocação dos móveis. Onde o mobiliário irá cobrir, não há necessidade de revestir, diminuindo consideravelmente a quantidade de material comprado.

Planejamento é tudo

Organize todas as etapas da obra para programar quais passos serão seguidos, e em que ordem deve ser realizada para ter mais assertividade e menos quebra-quebra. Para ajudar neste planejamento, a contratação de um profissional da área é muito importante, pois ele já está habituado a lidar com esse tipo de serviço e irá orientá-lo da melhor maneira para ter menos custo e mais agilidade em todo o processo.

TAGS: ;

Facebook Facebook Facebook
Las

O Quartzo Stone é um Silestone

22/11/2017

O Silestone, como esse material é mais conhecido, é uma marca registrada e, assim como outras marcas pioneiras, o nome é usado para descrever o material ao qual ele se refere, tipo Omo, Cotonete, Bombril… Mas existem vários similares com as mesmas propriedades e pequenas diferenças na composição e nas cores. O Quartzo Stone é um deles.

O Quartzo Stone é um material sintético (composto de 94% de quartzo natural), que tem como grande vantagem a alta resistência + as cores uniformes. É ideal para ambientes internos, como bancadas de cozinhas/churrasqueiras, banheiros/lavabos, revestimentos de pisos, paredes e escadas.

 

VANTAGENS

·         Resistente.

·         Não risca e não mancha, é resistente a manchas de vinho, extrato de tomate, açaí, produtos que contém corantes em geral.

·         Diversas cores e aparência uniforme.

·         Preço inferior ao Silestone ,cerca de 50% mais barato.

DESVANTAGENS

·         Não é aconselhável colocar panelas quentes recém tiradas do fogo (ou a temperaturas superiores a 250º graus) sobre o material, deve-se utilizar uma base para esta finalidade.

·         É contra indicado para uso em áreas externas devido aos raios Ultra Violeta.

 

ACABAMENTOS

O Quartzo Stone é polido (com brilho). Prefira o acabamento reto ou meia-esquadria para as bordas. Quanto maior o tamanho da placa, mais bonito fica.

TAGS: quartzo; pedras; bancadas; areamolhada; decor; decoracao; interiores;

Facebook Facebook Facebook
Las

Painéis recortados, Cobogós são algumas das opções para criar aconchego sem perder a sensação de amplitude

08/11/2017

Delimitar ambientes integrados sem perder em espaço, sensação de amplitude ou luminosidade pode ser mais simples do que se imagina.

Na ausência de paredes, móveis, tapetes ou mesmo acabamentos podem ajudar, mas quem quiser agregar um toque extra de charme à decoração e trazer mais aconchego também é possível optar por divisórias vazadas, que separam de forma parcial, sem fechar completamente.

Nesse processo, diferentes estilos, formas e materiais podem ser usados. Dos tradicionais biombos de fibra natural e grades de ferro a cortinas de fios de seda, persianas, painéis de madeira recortada, treliças, cobogós ou mesmo estantes que se comunicam com dois ambientes. 

 

Peça para painel 3D da Obra Vitrea- Sulpiso

 

Peça para painel 3D da Obra Vitrea- Sulpiso

 

Peça para painel 3D da Obra Vitrea- Sulpiso

TAGS: decoração; cobogo; painel3d; paineis3d; revestimento3d; saladeestar; decor; decoracaodecasas;

Facebook Facebook Facebook
Las

Lavabos com madeira: inspire-se a inovar o seu espaço!

11/10/2017

Considerada um dos materiais mais versáteis para o design de interiores, a madeira está presente em móveis, revestimentos e acessórios decorativos de um modo muito elegante e de qualidade. Já no lavabo, é possível encontrar este elemento em uma composição muito acolhedora e charmosa! Para te ajudar a levar um pouquinho deste toque para a sua casa, selecionamos algumas inspirações especiais de lavabos com madeira! Acompanhe!

Versátil, a madeira pode ser aplicada a diversos espaços pela casa e, principalmente, facilmente combinada com outras peças, como as metálicas, ou outras cores. Além de todas essas qualidades, ela é conhecida como uma matéria-prima super ecológica e capaz de criar um ambiente ainda mais aconchegante. E quando falamos de lavabos com madeira, estes detalhes não ficam para trás!

Para o seu projeto, você pode escolher entre os diversos tipos de madeira, desde aqueles utilizados para móveis mais simples e delicados, aos mais ornamentados e luxosos. Aqui, a dica é se atentar ao tipo de material recomendado para o que você deseja criar. Algumas opções, como a Perobinha ou a itaúba , são indicadas para acabamentos gerais. Já outras, como o Louro, Imbuia ou a Jatobá, são perfeitas para a produção de mobília.

Madeira para bancadas

Como um lavabo é um espaço adaptado para receber os seus convidados, todos os detalhes devem ser pensados na hora da decoração. Neste caso, as bancadas podem ser produzidas a partir de madeira, criando um estilo sofisticado e muito atual. Caso você goste de uma decoração mais clássica ou vintage, os revestimentos em mármore são a opção perfeita para caprichar ainda mais!

Madeira no revestimento

Intensificando a sensação de acolhimento, a madeira se encaixa muito bem quando utilizada no revestimento de um ambiente. Aqui, você pode apostar tanto em aplicações no piso, quanto nas paredes e, até mesmo, no teto, resultando em um estilo com toque ainda mais rústico e com muita personalidade!

Madeira com espelhos

Uma outra opção para lavabos com madeira, é a aplicação de espelhos pelo ambiente. Seja em formas geométricas ou em painéis, eles são capazes de levar maior profundidade e dar um toque muito sofisticado e contemporâneo para a sua decoração. Sem dúvidas, um charme!

Os lavabos com madeira podem ser utilizados em qualquer estilo e, sem dúvidas, vão encantar e acolher os seus convidados! Para que a sua composição tenha um resultado ainda melhor, combine com cores mais neutras ou terrosas, além de outros elementos naturais, como as pedras ou o bambu. O que vale, é que a sua decoração seja única e reflita bem-estar.

Para você que prefere algo durador e sem nenhuma manuteção, a idéia é usar porcelanato amadeirado.

Referencia 8658 Deck -Natural da Ceusa - Sulpiso-

Porcelanato wood Carvalho da Elizabeth- Sulpiso

 

 

TAGS: lavabos; decordolavabo; banheiros; decoracaodebanheiros; decor; acabamentos; lavaboscommadeira; decorcomadeira; madeira;

Facebook Facebook Facebook
Las

Confira dicas para usar pedras como revestimento

26/07/2017

As pedras agregam beleza e praticidade aos projetos
 

Duradouras e bonitas, as pedras são admiradas e utilizadas pelo homem de diversas formas. Além de valorizar a construção, as pedras contribuem com a função estética e a praticidade, mas requerem profissionais especializados para sua aplicação.

Dentro e fora
Embora tenham um alto custo de instalação, as pedras trazem a praticidade da pouca manutenção e podem ser usadas tanto em ambientes internos quanto nos externos, sendo que para fora de casa é aconselhável aplicar um produto impermeabilizante para garantir a beleza e a qualidade do material.

Em ambientes internos elas trazem como vantagens o fato de serem resistentes e não escorregarem, quando usadas em pisos.

Variedade
Diversas pedras podem ser usadas na decoração, como mármore, granito, ardósia, seixos, pedra madeira, pedra portuguesa, caxambu, miracema, etc, Sendo que podem ser utilizadas com acabamentos polido, fosco, entre outras e em diferentes formatos, de acordo com a necessidade e a característica do projeto.

Manutenção

O mármore é um tipo de pedra mais delicada, por isso, apenas um pano úmido resolve sua higienização e os produtos de limpeza, em especial os mais abrasivos, devem ser descartados, pois podem manchar e corroer a superfície da pedra.

TAGS: pedras; porcelanato; silestone; revestimentos; bellapietra;

Facebook Facebook Facebook
Las

Confira as vantagens e desvantagens de integrar os ambientes

29/05/2017

Ligação de diferentes áreas exige planejamento e bom senso

Em geral, os novos empreendimentos estão com metragens cada vez mais reduzidas, ao mesmo tempo em que investem em generosas varandas gourmet. É neste cenário que surge a ideia, e alguns casos a necessidade, de se integrar os ambientes. Mas a solução requer planejamento.

Em alguns casos é possível ganhar mais espaço apenas com o uso de mobiliário e acessórios.

No entanto, misturar os ambientes pode exigir uma mudança de comportamento dos moradores. Quando a cozinha passa a ser sala, ela precisa estar sempre organizada, ter uma mobília de qualidade e eletrodomésticos bacanas. Se a cozinha tem uma atividade intensa e constante, com café, almoço e jantar, a reforma pode não ser uma boa escolha.

 Cozinha e sala integradas podem ser uma boa saída para apartamentos pequenos. Vidros e espelhos ajudam a dar amplitude no ambiente.

 A junção da sala com a varanda também exige atenção.

Se a área externa for muito pequena, o ganho é pouco. Vira uma sala com um quadrado a mais. Uma alternativa nesses casos é usar vidro para integrar as áreas visualmente, mantendo a delimitação dos espaços.

Já as integrações de sala e quarto e sala e home office são apostas menos arriscadas. Esses projetos costumam ser mais fáceis de executar, tem custos menores e trazem ótimos resultados.

Nos apartamentos mais novos geralmente é possível escolher a planta com uma sala estendida ou mais um quarto ou um home office e caso a necessidade surja depois é uma adaptação simples, já que estava pré-programada,  salas integradas, portas e divisórias retráteis são boas opções para ambientes que podem exigir isolamento em determinadas ocasiões, como a cozinha e o home Office.

Regras essenciais para integrar a cozinha a sala

A cozinha se veste com o mesmo requinte da sala: com acabamentos supercharmosos e uma moderna combinação de móveis.

-Nada de sair marretando as paredes! Antes de tudo, é fundamental pedir uma avaliação a um profissional, que apontará quais divisórias podem ir abaixo e se será preciso prever algum reforço estrutural. Assim, você garante a sua segurança e a dos vizinhos.

-Usar o mesmo piso nos dois ambientes é o jeito mais simples de conquistar a união visual, nesse caso, escolha um acabamento lavável, mas saiba que é possível misturar materiais. O uso de soleira é bem-vindo, principalmente se os revestimentos tiverem espessuras variadas.

- Invista em uma boa coifa ou depurador! O equipamento deve ter alta capacidade de sucção (volume de ar que consegue absorver para devolver limpo), no caso do depurador, ou de vazão livre (capacidade de aspirar e expelir a fumaça da exaustão), no caso da coifa. Assim, a sala não ficará cheirando toda vez que você cozinhar.

-Fazer frituras é um hábito? Então é melhor repensar e abrir mão da união dos ambientes! Não há coifa que vença, e a casa fica mesmo engordurada,. Uma alternativa é um passa-prato que possa ser fechado na hora de fritar.

-Em um ambiente com poucos armários, aposte em utensílios bonitos e deixe-os à mostra. Mas sempre pense na funcionalidade: se a batedeira é linda, mas quase não é utilizada, só vai atrapalhar deixá-la sobre a bancada. Já uma bela cafeteira, usada diariamente, tem lugar garantido.

-Na hora de bolar o projeto de decoração, pense nos ambientes unidos como se fossem um só. Estabeleça um único estilo para a decoração e a mesma paleta de cores.

-Valorize a parede da pia: essa superfície geralmente fica em evidência ao olhar da sala para a cozinha. Vale apostar nas tradicionais pastilhas, em um mix criativo de ladrilhos... São infinitas as possibilidades de materiais, só fique de olho se a opção eleita aceita bem o contato com a água.

TAGS: decoracao; integrarambientes; decoracaointegrada; decor;

Facebook Facebook Facebook
Las

Novidades em Revestimentos

27/04/2017

Todos os anos novas tendências chegam ao mercado, desde produtos de moda até itens de decoração. O segmento de arquitetura e decoração tem grande destaque para tendências de pisos e revestimentos. Separamos algumas novidades para vocês:

Movimento
Revestimentos que apresentem texturas que remetem a ondas e movimentos vão vir com tudo agora em 2017.

A linha Umber, da Ceusa, por exemplo, traz uma composição com esmalte branco e uma impressão de sombra que amplia a sensação de profundidade do relevo. Aliás, a brincadeira entre luz e sombra utilizada para dar profundidade em diferentes relevos são destaque este ano.

Catavento-Umber da Ceusa- SULPISO

Formas geométricas
As formas geométricas nunca saem dos holofotes, mas este ano, os quadrados e retângulos saem do foco para dar vez aos hexágonos. Em diferentes texturas e acabamentos, essa forma geométrica é destaque, combinando muito bem com desenhos que parecem pintados à mão, por exemplo.

Revestimento Decortiles, Look Blue da Eliane- SULPISO

 

TAGS: revestimentos; novidades; pisos; porcelanatos; decor; decoracao; sulpiso;

Facebook Facebook Facebook
Las

Portões

01/03/2017

Quem mora em casas sabe que o portão escolhido para o imóvel é determinante para a privacidade e segurança da família.

Na hora de fazer a escolha, no entanto, existe uma lista de fatores que precisam ser considerados e mesmo as soluções que parecem mais óbvias, como a opção por portões fechados por causa da segurança, merecem um olhar atento.

A segurança depende de vários fatores, não só dos portões. Se, por um ponto de vista, os portões vazados podem permitir que pessoas mal-intencionadas vejam o que acontece dentro da residência, por outro lado permitem que quem está do lado de fora perceba que está ocorrendo uma invasão.

Escolher o material do portão pelo custo de compra e deixar de pensar na manutenção que ele demanda também pode ser arriscado,  portões de ferro por serem mais baratos, mas não levam em consideração que este tipo de estrutura precisa receber manutenções semestrais para evitar a ferrugem e renovar a pintura.

A mesma constatação vale para os portões de madeira, que devem ser lixados e envernizados a casa seis meses, no mínimo.

 

Portões de alumínio.

 

Atualmente é possível encontrar no mercado portões de alumínio que saem de fábrica com acabamentos que imitam madeira ou outros materiais, o que diversifica as possibilidades estéticas do produto. Por outro lado, os portões desse material sempre terão perfis quadrados ou retangulares, determinados pelo modo de fabricação das chapas de alumínio.

 

Por isso, se a ideia é ter um portão com estilo neoclássico, com curvas e perfis arredondados, o ideal é usar o ferro, que pode ser moldado. Você também pode escolher um portão que seja uma composição de mais de um material, como um modelo com estrutura em alumínio e fechamento em vidro, solução geralmente usada em edifícios comerciais, residências e casas situadas em condomínios fechados. 

TAGS: portoes; aluminio; ferro; fachada; decoracao; serralheriaagnes;

Facebook Facebook Facebook
Las

Como usar o jogo americano e sousplat

05/09/2016

  Muito prático, o jogo americano é uma ótima opção para compor o look de uma mesa bem decorada, podendo ser combinado com os guardanapos, à louça e os talheres. Além de preservar a mesa contra danos, como sujeiras e arranhões, essa peça pode ser usada isoladamente ou sobre uma toalha, com a finalidade de realçar a sua cor ou a estampa.

  Com grande variedade de cores, modelos e formatos, é possível encontrar esse item para agradar todos os gostos. Além de funcional, o jogo americano oferece praticidade e charme para uma mesa especial, seja ele quadrado, redondo, mais rústicos ou feitos com tecidos mais nobres como o linho.

  Porém, é possível usar jogos americanos redondos em mesas quadradas? E vice-versa? Acompanhe abaixo algumas dicas:

-Ao contrário do que muitos acreditam, os jogos americanos podem ser integrados em mesas diferentes dos seus formatos. Por exemplo, os retangulares combinam perfeitamente bem e podem ser usados em mesas redondas quando há mais de quatro lugares.

-No caso das mesas retangulares, os itens redondos podem ser utilizados nas extremidades, criando um toque geométrico muito interessante para a mesa. É importante lembrar que, para combinar a mesa de forma ideal, o indicado é que cada peça tenha largura entre 37 e45 centímetros.

-Uma outra opção para o décor é usar trilhos em substituição aos jogos americanos. Esse item se encaixa muito bem em uma mesa quadrada, de duas pessoas, dando um toque super elegante para a sua combinação. Já nas mesas redondas, os trilhos podem ser utilizados formando um sinal de cruz, para até quatro pessoas.

-Além de uma peça-chave e muito versátil, você pode optar por um modelo mais sofisticado, como os produzidos com tecidos de alta qualidade e com acabamentos únicos, que são perfeitos para ocasiões especiais.

Sousplat de croche, Adriane, fone 99471603

 

Sousplat de croche, Adriane, fone 99471603

 

 

TAGS: mesaposta; sousplat; decor; mesadecorada; ;

Facebook Facebook Facebook
Las

A cor e seus efeitos

29/01/2016

  Um guia básico para te orientar na hora de escolher as cores e combinações

  Quais tons tranquilizam ou agitam?

  Matizes frios, como azuis e verdes, acalmam. Já os quentes, como amarelos, laranjas e vermelhos, estimulam. Escolha a nuance adequada à sua personalidade e à atividade realizada no ambiente que vai ser pintado.

 

   Como as cores são usadas na decoração?

  Não há regra. Há quem prefira o monocromático, a cor evidencia volumes, cria profundidade, integra com o meio externo, traz sentimentos e sensações e faz referência à natureza. Por isso, essa decisão depende de um estudo detalhado dos objetivos do projeto.

 

  Há tons ideais para climas quentes ou frios?

  Cores mais claras vão bem a regiões quentes porque não retêm calor. As saturadas trazem acolhimento a locais frios.

 

  Como associar cores num mesmo ambiente?

  Uma ideia é utilizar os sistemas de combinações harmônicas, contrastantes ou monocromáticas. As harmônicas são associações de matizes vizinhos no círculo cromático - vermelhos com laranjas e violetas, laranjas com amarelos e vermelhos ou ainda amarelos com laranjas e verdes. As contrastantes ficam opostas no círculo cromático e criam ambientes mais surpreendentes - vermelhos com verdes, laranjas com azuis ou amarelos com violetas. Já as monocromáticas permitem unir tons sobre tons, mais claros e mais escuros, de uma mesma cor (degradê).

 

  As cores ampliam ou reduzem o espaço?

  Em geral, as claras parecem ampliar e as escuras aproximam e trazem aconchego. Branco no teto é uma boa maneira de refletir a luz natural.

  MODOS DE PINTAR

 

  Posso usar a mesma cor na casa toda?

  Nesse caso, sugiro um tom off-white, branco acrescido de um pouquinho de outra cor, derivada do piso. Mantenha tetos, rodapés e portas totalmente brancos, para um contraste suave.

 

  Tons fortes estão na moda?

  É sempre um risco pintar paredes internas com cores intensas. Para não cansar, a dica é não tingir os tetos com a mesma tonalidade.

 

  Fica bom colorir mais de uma parede?

  Não há regras para o número de paredes a serem pintadas. O mais comum é usar um tom saturado em apenas uma por ambiente, pois o contraste atrai o olhar. Exceção feita quando a cor visa destacar um volume (exemplo: a caixa da escada).

 

  É legal pintar um cômodo de cada cor?

  Nesse caso, o melhor é eleger versões suaves como diferentes tons pastel. Assim, a linguagem fica homogênea em todos os ambientes. Mesmo usando matizes saturados, o importante é que exista uma comunicação visual entre todos os espaços da casa.

 

  Como combinar piso, parede e rodapés?

  Se o piso cerâmico for mesclado, por exemplo, a parede deverá ser neutra, branco, gelo, palha, para não haver excesso de informação visual. Se o piso for homogêneo, as cores podem ser as mais variadas, dentro da lógica de combinações cromáticas.

 

  Como harmonizar paredes e móveis?

  O ideal é começar pelas paredes, caso a decoração não esteja pronta. Se os móveis já existirem, o jeito é escolher uma cor neutra para as paredes, como branco, palha ou pérola. Apenas evite usar madeira e muitas paredes escuras, evitando um visual pesado, e não deixe tudo branco.

 

  A luz altera a cor?

  O ideal é fazer um teste no local onde o tom será aplicado, com a iluminação já definitiva. Há pequenas embalagens de tinta no mercado próprias para isso. E atenção: como a regulagem das máquinas tintométricas pode variar de loja para loja, o ideal é comprar toda a tinta no mesmo ponto-de-venda.

 

  Qual a melhor cor para cada ambiente?

   Essa é uma questão de gosto e personalidade. Opções vibrantes podem ser usadas em espaços de descanso, desde que estejam na parede onde contato visual é menos frequente. Exemplo: a parede atrás da cama do quarto. É possível ter uma sala de almoço verde-clara, que representa tranqüilidade, ou mesmo laranja, cor quente e mais alegre.

TUDO SOBRE TINTAS

  Quais são os novos produtos?

  Os últimos avanços da indústria criaram as tintas à base de água. Com pouco ou nenhum solvente, elas colaboram para o meio ambiente e para a saúde dos usuários. Há ainda opções com seticidas e fungicidas, perfumadas e as próprias para gesso.

 

  Como escolher uma tinta de qualidade?

  Prefira um produto de um dos fabricantes do Programa Setorial da Qualidade - Tintas Imobiliárias garantia de conformidade às normas técnicas. Em termos de qualidade, em primeiro lugar estão as acrílicas premium, em seguida as látex PVA e depois as acrílicas econômicas. Mas atenção: as econômicas podem oferecer cobertura inferior e exigir várias demãos.

 

  Há acabamentos que ocultam imperfeições?

  As tintas brilhantes evidenciam os defeitos da parede. Se quiser disfarçar as imperfeições, prefira as versões foscas.

 

  Semibrilho, acetona ou fosca?

  A primeira tem alta concentração de resina e pigmentos e por isso oferece longa durabilidade, boa cobertura e lavabilidade. A acetinada se destaca pela ótima qualidade e a superfície aveludada. Já a fosca de primeira linha tem concentração média de resina. Detalhe: as foscas de segunda e terceira linhas trazem menos resina e pigmento na mistura; por isso, rendem menos e pedem mais demãos.

 

  Por que surgem manchas e descascados?

  Se a preparação da parede seguiu as instruções de profissionais e fabricantes (inclusive os 28 dias necessários à cura do reboco), veja se a superfície não ficou úmida da chuva. A massa usada para corrigir imperfeições também pode deixar a superfície com diferentes porosidades e manchar. Já o descascamento ocorre quando a pintura é feita sobre cal ou gesso: nesses casos, use fundo preparador.

 

  Que tinta facilita a limpeza das paredes?

  O melhor é adotar as mais laváveis, como as acetinadas ou semibrilho. Se as paredes já estiverem pintadas com tintas látex PVA ou acrílico fosco, aplique verniz acrílico, que torna a superfície mais brilhante, resistente e de fácil limpeza.

  Dicas de Cores que vão deixar qualquer ambiente moderno

  414-3 Toasted Almond – Tintas Renner- Centro de Pinturas

  515-4 Moth Gray- Tintas Renner- Centro de Pinturas

  315-4 Pony Tail- Tintas Renner- Centro de Pinturas

TAGS: cor; ambiente; tintas; tintasrenner; cornaparede; decor; ;

Facebook Facebook Facebook
Las

DICAS PARA INCREMENTAR SEU JARDIM

07/12/2015

  -Pérgola, vasos na parede, horta... Há mil maneiras de deixar o jardim mais convidativo. Elegemos algumas delas para você se animar e começar o projeto de sua área externa ou varanda, agora mesmo!

 

Jardim interno lindo! A Floricultura Flores em Içara possui as mais variedades em plantas para você!

 

   -Teto ventilado

   Pérgola pode ser uma bela solução para varandas. Ferro e bambu são outros materiais comuns para a criação de pérgolas. O ferro dá um visual mais sofisticado. A madeira permite acabamentos variados. Ecológico e leve, o bambu é mais indicado para modelos suspensos. Independentemente do material, vale aplicar um verniz que proteja a peça de intempéries e chumbar a estrutura no piso ou na parede.

 

Vasos de parede para dar mais vida a sua cada. Você encontra na Floricultura Flores

 

   -Parede de escalada


   Quer ter um efeito parecido com o dos jardins verticais sem gastar tanto? Coloque vasos na parede! Para ficar ainda melhor, acrescente uma textura diferente ao espaço. Ao escolher os vasos, verifique se têm mesmo furos no fundo, para que a água excedente da rega não fique acumulada e apodreça as raízes. Forre a base com uma pequena camada de pedras ou argila expandida e, sobre ela, posicione uma manta de poliéster. Só então coloque o substrato e a muda: 2/3 de terra comum e 1/3 de adubo orgânico é uma boa mistura. Para que a terra fique mais drenada, acrescente também um pouco de areia. Atente a este detalhe: a superfície da planta deve ficar no mesmo nível da boca do vaso.

 

Vasos com cor e textuta diferente, lindos!!! Floricultura Flores

 

   -Orgânicos em casa


   Ter folhas verdes frescas ervas para um chá da tarde e temperos sempre à mão é uma delícia. E o melhor de tudo: sem agrotóxicos. Se você ainda não possui uma horta em casa, saiba que não há empecilhos, nem mesmo de tamanho, para planejar a sua. Vale plantar as mudas em cachepôs de aço galvanizado, em canteiros de terra, no quintal ou  em vasos. Analise com cuidado o local que receberá os temperos, pois o sol é um fator importantíssimo. As hortaliças devem receber luz natural durante a manhã ou à tarde por pelo menos quatro horas diárias. Importante: adube mensalmente com composto orgânico para renovar os suprimentos das plantas.

 

Lindas!! As suculentas são plantas fáceis de cuidar! Você encontra na Floricultura Flores

 

   -Rejeição zero


   Gordinhas e fáceis de cuidar, as suculentas são ótimas opções para jardineiros de primeira viagem. Em geral, essa família de espécies pede regas semanais, mas preste atenção nos sinais. Se perceber que a planta está murchando, aumente a quantidade de água; se as folhas da base começarem a apodrecer, diminua. Importante: a água deve ser direcionada para a terra, nunca para as folhas. Caso a suculenta fique pálida e fina, é porque não está recebendo a quantidade necessária de luz. Para proporcionar o crescimento por igual, gire o vaso de tempos em tempos.

 

TAGS: #jardim; #paisagismo; #decor; #loveit; #FloriculturaFlores; #trabalhoimpecavel; ;

Facebook Facebook Facebook
Las

juliane cardoso

Juliane Cardoso - Suelen Serafim

Projetos criativos ambientes planejados para refletir a alma de seus moradores. 

...

SulpisoKasar

Facebook

InatecGabriel Construções
EleganzaVitrolAmbience DecorAmbience DecorAmor e CarinhoPonto das TintasPonto das tintasVidraçaria Decor GlassFibra SulMorro Estevão Plantas OrnamentaisMarquesa HomeQuinto ElementoOrnamento
Juliane Cardoso 2014 © Todos os direitos reservados