Las

Planejando seu bar em casa

02/04/2018

 

Os amigos íntimos se reúnem para um bate-papo, as visitas ficam à vontade e, mesmo quando se está só, o drinque preferido fica mais saboroso. Para montar o seu bar, não existe apenas a opção clássica com bancada e banquetas,colocado num espaço reservado só para ele.

Móveis como armários, mesas, aparadores, bancos e até mesmo uma parte da sua velha estante podem ser adaptados e utilizados para organizar copos, bebidas e todos os outros acessórios com charme, ganhando inclusive, um novo adereço na casa.

Acompanhe nossas dicas e faça seu bar em casa:
 

 

Bar adaptado na estante

 

Para aumentar a sensação de espaço, pinte sua estante ou armário de branco e coloque um espelho no fundo. Você pode ainda instalar uma prateleira com casulos para os copos e laquear as gavetas para colocar garrafas deitadas.

Bar com porta basculante

Para quem quer um bar na sala, mas não quer ter as bebidas expostas ou guardá-las dentro de um armário, uma boa opção é uma estante multiuso. O bar pode ser camuflado por portas de vidro pintado e os outros nichos podem expor objetos decorativos, livros e o que mais combinar. Outra opção é um armário com porta basculante. As bebidas e acessórios ficam escondidos, e quando a porta se abre serve de apoio para a preparação dos drinques.

Bar com aparadores

Se expor as bebidas não for um problema há várias localizações possíveis para seu bar dentro de casa. Os aparadores, que antes só existiam na sala se jantar, hoje podem ser encontrados em vários outros cômodos. Para transformá-lo num bar, coloque de um lado a bandeja com o balde de gelo e os copos, e do outro lado arrume as garrafas. Lembre-se de colocar os volumes maiores atrás dos menores.

Bar de prateleiras de vidro

O bar na entrada pode ter prateleiras de vidros para expor as bebidas e espaço para guardar copos, coqueteleiras, e outros utensílios. Desta forma, os convidados podem acompanhar o preparo dos drinques sentados na sala de estar.

 

Bar de canto

O canto perto do corredor também é um ótimo local para um bar informal. Guarde as bebidas em um baú de acrílico, onde elas ficam à mostra e deixe a postos um banco para que os convidados fiquem mais à vontade.

 

Bar entre móveis

Se você tem um espaço vazio entre seus móveis, esse pode ser o cantinho do seu bar. Instale prateleiras e uma caixa com puxadores para guardar os copos mais delicados. As garrafas podem se alojadas em um mini-adega com rodízios na base.

 

Para fazer seu bar em casa você vai precisar:

-Uma ou mais bandeja bonita

-Um balde de gelo

-Copos de cristal variados

-Uma jarra para água

-Garrafas decorativas de vidro ou cristal (licoreira)

-Outros apetrechos como abridores, coqueteleiras, e etc. também podem entrar como decoração, mas não são indispensáveis.

 

 

TAGS: ;

Facebook Facebook Facebook
Las

Confira as vantagens e desvantagens de integrar os ambientes

29/05/2017

Ligação de diferentes áreas exige planejamento e bom senso

Em geral, os novos empreendimentos estão com metragens cada vez mais reduzidas, ao mesmo tempo em que investem em generosas varandas gourmet. É neste cenário que surge a ideia, e alguns casos a necessidade, de se integrar os ambientes. Mas a solução requer planejamento.

Em alguns casos é possível ganhar mais espaço apenas com o uso de mobiliário e acessórios.

No entanto, misturar os ambientes pode exigir uma mudança de comportamento dos moradores. Quando a cozinha passa a ser sala, ela precisa estar sempre organizada, ter uma mobília de qualidade e eletrodomésticos bacanas. Se a cozinha tem uma atividade intensa e constante, com café, almoço e jantar, a reforma pode não ser uma boa escolha.

 Cozinha e sala integradas podem ser uma boa saída para apartamentos pequenos. Vidros e espelhos ajudam a dar amplitude no ambiente.

 A junção da sala com a varanda também exige atenção.

Se a área externa for muito pequena, o ganho é pouco. Vira uma sala com um quadrado a mais. Uma alternativa nesses casos é usar vidro para integrar as áreas visualmente, mantendo a delimitação dos espaços.

Já as integrações de sala e quarto e sala e home office são apostas menos arriscadas. Esses projetos costumam ser mais fáceis de executar, tem custos menores e trazem ótimos resultados.

Nos apartamentos mais novos geralmente é possível escolher a planta com uma sala estendida ou mais um quarto ou um home office e caso a necessidade surja depois é uma adaptação simples, já que estava pré-programada,  salas integradas, portas e divisórias retráteis são boas opções para ambientes que podem exigir isolamento em determinadas ocasiões, como a cozinha e o home Office.

Regras essenciais para integrar a cozinha a sala

A cozinha se veste com o mesmo requinte da sala: com acabamentos supercharmosos e uma moderna combinação de móveis.

-Nada de sair marretando as paredes! Antes de tudo, é fundamental pedir uma avaliação a um profissional, que apontará quais divisórias podem ir abaixo e se será preciso prever algum reforço estrutural. Assim, você garante a sua segurança e a dos vizinhos.

-Usar o mesmo piso nos dois ambientes é o jeito mais simples de conquistar a união visual, nesse caso, escolha um acabamento lavável, mas saiba que é possível misturar materiais. O uso de soleira é bem-vindo, principalmente se os revestimentos tiverem espessuras variadas.

- Invista em uma boa coifa ou depurador! O equipamento deve ter alta capacidade de sucção (volume de ar que consegue absorver para devolver limpo), no caso do depurador, ou de vazão livre (capacidade de aspirar e expelir a fumaça da exaustão), no caso da coifa. Assim, a sala não ficará cheirando toda vez que você cozinhar.

-Fazer frituras é um hábito? Então é melhor repensar e abrir mão da união dos ambientes! Não há coifa que vença, e a casa fica mesmo engordurada,. Uma alternativa é um passa-prato que possa ser fechado na hora de fritar.

-Em um ambiente com poucos armários, aposte em utensílios bonitos e deixe-os à mostra. Mas sempre pense na funcionalidade: se a batedeira é linda, mas quase não é utilizada, só vai atrapalhar deixá-la sobre a bancada. Já uma bela cafeteira, usada diariamente, tem lugar garantido.

-Na hora de bolar o projeto de decoração, pense nos ambientes unidos como se fossem um só. Estabeleça um único estilo para a decoração e a mesma paleta de cores.

-Valorize a parede da pia: essa superfície geralmente fica em evidência ao olhar da sala para a cozinha. Vale apostar nas tradicionais pastilhas, em um mix criativo de ladrilhos... São infinitas as possibilidades de materiais, só fique de olho se a opção eleita aceita bem o contato com a água.

TAGS: decoracao; integrarambientes; decoracaointegrada; decor;

Facebook Facebook Facebook
Las

Meu bar em casa!

30/03/2017

Os amigos íntimos se reúnem para um bate-papo, as visitas ficam à vontade e, mesmo quando se está só, o drinque preferido fica mais saboroso. Para montar o seu bar, não existe apenas a opção clássica com bancada e banquetas, colocada num espaço reservado só para ele.

Móveis como armários, mesas, aparadores, bancos e até mesmo uma parte da sua velha estante podem ser adaptados e utilizados para organizar copos, bebidas e todos os outros acessórios com charme, ganhando inclusive, uma nova decoração para a casa. 

 

-Bar com porta basculante

Para quem quer um bar na sala, mas não quer ter as bebidas expostas ou guardá-las dentro de um armário, uma boa opção é um estante multiuso. O bar pode ser camuflado por portas de vidro e os outros nichos podem expor objetos decorativos, livros e o que mais combinar. Outra opção é um armário com porta basculante. As bebidas e acessórios ficam escondidos, e quando a porta se abre serve de apoio para a preparação dos drinques.

 

-Bar com aparadores

Se expor as bebidas não for um problema há várias localizações possíveis para seu bar dentro de casa. Os aparadores, que antes só existiam na sala se jantar, hoje podem ser encontrados em vários outros cômodos. Para transformá-lo num bar, coloque de um lado a bandeja com o balde de gelo e os copos, e do outro lado arrume as garrafas. Lembre-se de colocar os volumes maiores atrás dos menores.

 

-Bar de prateleiras de vidro

O bar na entrada pode ter prateleiras de vidros para expor as bebidas e espaço para guardar copos, coqueteleiras, e outros utensílios. Desta forma, os convidados podem acompanhar o preparo dos drinques sentados na sala de estar.

-Bar atrás do sofá

Se quiser que o seu bar fique ainda mais convidativo, você pode levá-lo para o centro da sala, instalando-o atrás do sofá, em um aparador ou mesinha.

-Bar entre móveis

Se você tem um espaço vazio entre seus móveis, esse pode ser o cantinho do seu bar. Instale prateleiras e uma caixa com puxadores para guardar os copos mais delicados. As garrafas podem se alojadas em um mini-adega com rodízios na base.

 

-Que tal ter um mini bar cheio de estilo!

Pensando em auxiliar as pessoas que desejam criar um mini bar para compor a decoração da sua sala ou varanda gourmet, resolvi reunir 3 dicas importantes com os itens indispensáveis para você ter um móvel desses em casa.

-Onde criar o meu mini bar?

O mini bar fica lindo em carrinhos de dois andares (existem vários modelos, inclusive alguns desenvolvidos exclusivamente para uso de mini bar). Mas, se você não encontrar o carrinho, procure um móvel fixo que tenha dois andares.

Esse tipo de móvel vai ajudar a acomodar melhor todos os itens do seu bar, balde de gelo, taças, garrafas, bandejas...

-Quantos tipos de bebidas devo dispor?

 O ideal é criarmos um bar diversificado e recheado de opções para servir aos convidados. Eu sugiro pelo menos uns 6 tipos de  bebidas em garrafas. Que podem ser opções alcoólicas: Whisky, vodka, Espumante, licor, conhaque e vinhos, e também opções não alcoólicas como água e  refrigerante.

 

-Além de bebidas, o que devo usar? 

Taças, balde de gelo, jarra de água, licoreiras, coqueteleiras, decanter de vinhos, cesto com frutas, entre outros. Agora, se você quiser incrementar com outros itens de decoração, recorra aos livros, revistas, flores artificiais e adornos.

Para finalizar, separamos algumas imagens para inspirar vocês!

 

TAGS: baremcasa; decordebar; dcercaodeinteriores; suacasacomasuacara;

Facebook Facebook Facebook
Las

Como decorar um banheiro gastando pouco: Dicas incríveis!

07/02/2017

 

Talvez um dos maiores desafios na decoração da casa seja decorar um banheiro gastando pouco! É difícil pensar como podemos mudar a cara desse ambiente sem ter de fazer uma reforma, não é mesmo? Mas vamos mostrar a você como decorar um banheiro gastando pouco com bastante criatividade!

 

Acessórios mudam tudo

Uma saboneteira colorida, escolha das toalhas ou o tipo de ganchos já muda o visual do seu banheiro! Lembre-se, menos é mais!

Troque os frascos dos cosméticos

Sejamos realistas: Se você não tem um lavabo especialmente pra visitas, seus cosméticos como shampoo, condicionador, enxaguante bucal, cremes e etc. ficam expostos para os curiosos, não é mesmo? Sem falar na embalagem que nem sempre é muito bonita ou combina.
Uma solução é você trocar os vidros e potes por outros neutros sem referência a marcas. Você pode escolher na cor e modelo que preferir e encontra em lojas de decoração, lojas de embalagens ou de essências.

 

Uma bancada diferente

Sair do branco e escolher uma bancada diferente é uma solução na hora de mudar. Muda completamente o visual! Outra ideia é um revestimento diferenciado como madeira de demolição.

Ou use um móvel antigo

Que tal usar aquele móvel de família ou adaptar? O efeito é elegante e inusitado e ainda fica num estilo vintage.

Considere uma cuba de apoio!

Além de moderno, a cuba de apoio ocupa menos espaço e deixa o ambiente mais charmoso.

Plantas

Vasos de plantas mudam a cara e energia de qualquer ambiente! Escolha plantas que preferem locais úmidos como a aspidistra, asplênio, bálsamo ou chamaedorea. Se você prefere algo mais básico, pode pensar em uma violeta, espada de são jorge, entre outras…

 

Faça um detalhe de revestimentos, pastilhas ou azulejos.

Se você está com um orçamento um pouquinho maior, pode pensar na aplicação de um detalhe com pastilhas nas paredes do banheiro. Pode ser sobre a pia, próximo ao sanitário, no box… Você escolhe!

 

Aposte nas cores

Branco, branco, branco? Aposte nas cores na hora de decorar seu banheiro! Seja na hora de escolher azulejos, pastilhas, simplesmente nos acessórios, cor é essencial para inovar.

Inove no espelho

Espelhos ampliam o ambiente e podem ser o diferencial na decoração. A escolha de um outro formato ou moldura dá uma cara nova ao ambiente.

Crie novas funções

Escadas para fazer prateleiras ou pendurar toalhas … Enfim!  Seja criativo.

Misturador da linha Dot Red Gold, da DECA, puro luxo! Da Sulpiso

Torneira DECA, design inovador, com um ótimo preço! Da Sulpiso

TAGS: banheiro; tendencia; decoracaodebanheiro; cubas; metais; deca; sulpiso;

Facebook Facebook Facebook
Las

Gesso para sofisticar o ambiente

06/12/2016

O gesso é um material muito versátil e ótimo para inovar na decoração da casa. Pode ser usado para fazer desde pequenos detalhes até divisórias inteiras de ambientes e móveis. Veja algumas ideias para você usar gesso na decoração:

Com função estética e técnica, o forro de gesso, por exemplo, permite embutir tubulações, fiações, e criar sistemas luminotécnicos, neste caso, o gesseiro deve estar cientes de todos os posicionamentos das luminárias, para que as barras de sustentação do gesso possam ser posicionadas de modo que não atrapalhe os embutidos.

Falando em iluminação, o gesso é ótimo para quem quer fazer um projeto de iluminação diferenciado para a casa. É possível criar caminhos de luz, direcionar o foco da luz para objetos de decoração, deixar um ambiente com uma iluminação mais suave ou mais forte do que outro tudo isso, apenas embutindo as luzes no forro de gesso.

Outro coringa da decoração com gesso é embutir os varões das cortinas por traz do forro de gesso. Essa solução esconde toda a engrenagem da cortina ou persiana e deixa o ambiente mais charmoso.

Também é possível criar móveis com o gesso acartonado, nichos, estantes. São mais baratos do que os móveis de madeira e você pode criar a forma que quiser e ainda embutir uma iluminação para destacar a decoração por dentro do móvel.

Os nichos de gesso têm uma função diferente em cada cômodo. No banheiro, por exemplo, podem armanezar toalhas, vidros de perfumes e até vasos. Já nos quartos infantis, além de bichinhos de pelúcia e livros, o nicho pode ser usado como uma luz de emergência. Como algumas crianças não gostam de dormir em um quarto completamente escuro, também é possível embutir uma luz indireta no nicho e deixá-la acesa durante a noite.

O gesso pode ser utilizado de mil e uma formas, basta ter criatividade e o auxílio de um profissional experiente para um trabalho de qualidade. 

Dicas da Gabriel Construções.

TAGS: gesso; decorcomgesso; sancas; rebaixo; gabrielconstrucoes;

Facebook Facebook Facebook
Las

Terrários de suculentas, como fazer?!

26/10/2016

Terrários são jardins plantados em vasos. Estes vasos podem ser de vidro ou cerâmica e conter, pedras, carvão, terra, plantas, etc. É um lugar onde se pode acompanhar o desenvolvimento e comportamento vegetal, com pouca manutenção, água e cuidados para as plantas. Estes vasos podem ser colocados em qualquer lugar e irão adornar mesas e outros locais onde o espaço for limitado. Um terrário irá adicionar um pouco de beleza natural e paz a qualquer espaço.

 

-Materiais necessários

-Vaso de cerâmica ou vidro (aquário, garrafa, copo, etc.;

-Drenagem: seixos, brita, cacos de telha;

-Carvão vegetal;

-Areia grossa;

-Substrato de crescimento de suculentas;

-Mudas de cactos e/ou suculentas;

-Decoração: seixos, perlita, biobric, esfagno, musgos, etc.;

-Pazinha, colher ou pinça para manusear as plantas.

Substrato de crescimento de Suculentas

As suculentas são plantas que não toleram o excesso de umidade nas suas folhas e raízes. Há um risco muito grande da planta melar caso isso ocorra. É imprescindível que o substrato seja poroso na sua composição. Para isso, é importante que ele seja formulado com areia de construção. A areia não permitirá que haja acúmulo de água no substrato e a sua porosidade permitirá um melhor desenvolvimento do sistema radicular das mudas. A areia a ser utilizada deve ser 10% do total da Formulação a ser preparada.

Formulação do Substrato para 5 Kg: 4 Kg de Condicionador de Solo "Classe A" + 500 gramas de Areia + 500 gramas de Nutrientes (Casca de ovo seca e moída no liquidificador + Cinzas de churrasqueira peneirada).

Preparação do Terrário:

Passo 01 - Escolha do vaso

Para a escolha dos vasos não há um criterio específico. Fica de acordo com o gosto de cada um e o local que o terrário deverá ficar. Geralmente, vasos furados (cimento, cerâmica ou plástico) ficam em locais externos, enquanto que, aquários de vidros, em locais internos.

Passo 02 - Montagem do vaso

A montagem do vaso de cerâmica, plástico ou cimento, deve ser a mesma que o plantio de vaso comum. Deve-se ter uma drenagem, o substrato de crescimento, mudas de cactos e suculentas variadas e a decoração.

 

A montagem do vaso de vidro é mais criteriosa pois este vaso não possui saída de água. O excesso de umidade pode melar as raízes e caules das plantas. O primeiro passo é fazer a drenagem com argila expandida ou brita. Em seguida, deve-se colocar uma camada de carvão vegetal para absorção do excesso de umidade. Acima do carvão pode-se colocar a areia grossa. Somente após estes itens é que deve completar com o substrato de crescimento das suculentas. Em seguida, faz o plantio das mudas e, posteriormente, completa-se com a decoração (seixos, biobric, esfagno, musgo, etc.).

 

Passo 03 - Plantio das mudas

Para fazer o plantio das mudas, deve-se umedecer o substrato de crescimento para que a terra não escorra na hora de fazer os buracos. Faz-se os buracos, coloca as raízes nos buracos, pode usar uma colher para que as raízes fiquem direcionadas para baixo. Deve-se ater apenas para que não fique nenhuma raiz exposta, pois elas não irão vingar. Após o plantio, deve-se apertar ao redor das mudas para que elas fiquem firmes.

Passo 04 - Cuidados especiais

O terrario de suculentas pode ser colocado dentro de casa se o mesmo tiver sido montado em aquários de vidro. Para esse tipo de terrário a umidade é um fator determinante. Suculentas não gostam do excesso de água pois melam. Então, deve-se molhar o vaso apenas quando o substrato estiver seco ou molhar as folhas com um pulverizador.

Terrários de suculentas plantados em vasos de cerâmica, plástico ou cimento devem ficar em locais que recebam sol direto. Algumas suculentas possuem a tendência de mudarem a coloração das suas folhas de forma natural quando expostas ao sol. Locais de sombra são prejudiciais para as suculentas, elas crescem estioladas e feias. Caso ocorra alguma praga, como pulgões e cochonilhas, o combate pode ser feito com inseticidas orgânicos. Se a praga for as lesmas e caracóis, pode-se usar um lesmicida orgânico. Caso o problema seja uma doença, o ideal é substituir a planta doente por uma saudável. Se escolher o tratamento foliar, deve-se diluir 1 colher de chá do fertilizante Sulfato de Cobre em 1 Litro de água e pulverizar nas folhas das plantas 1 vez a cada 20 dias até o controle definitivo da doença.

TAGS: suculentas,; plantasemcasa,; jardimdesuculentas,; paisagismo,; floriculturaflores;

Facebook Facebook Facebook
Las

Meu bar em casa!

14/03/2016

  Os amigos íntimos se reúnem para um bate-papo, as visitas ficam à vontade e, mesmo quando se está só, o drinque preferido fica mais saboroso. Para montar o seu bar, não existe apenas a opção clássica com bancada e banquetas, colocada num espaço reservado só para ele.

  Móveis como armários, mesas, aparadores, bancos e até mesmo uma parte da sua velha estante podem ser adaptados e utilizados para organizar copos, bebidas e todos os outros acessórios com charme, ganhando inclusive, uma nova decoração para a casa. 

  • Bar com porta basculante

  Para quem quer um bar na sala, mas não quer ter as bebidas expostas ou guardá-las dentro de um armário, uma boa opção é um estante multiuso. O bar pode ser camuflado por portas de vidro e os outros nichos podem expor objetos decorativos, livros e o que mais combinar. Outra opção é um armário com porta basculante. As bebidas e acessórios ficam escondidos, e quando a porta se abre serve de apoio para a preparação dos drinques.

  • Bar com aparadores

  Se expor as bebidas não for um problema há várias localizações possíveis para seu bar dentro de casa. Os aparadores, que antes só existiam na sala se jantar, hoje podem ser encontrados em vários outros cômodos. Para transformá-lo num bar, coloque de um lado a bandeja com o balde de gelo e os copos, e do outro lado arrume as garrafas. Lembre-se de colocar os volumes maiores atrás dos menores.

  • Bar de prateleiras de vidro

  O bar na entrada pode ter prateleiras de vidros para expor as bebidas e espaço para guardar copos, coqueteleiras, e outros utensílios. Desta forma, os convidados podem acompanhar o preparo dos drinques sentados na sala de estar.

  • Bar atrás do sofá

  Se quiser que o seu bar fique ainda mais convidativo, você pode levá-lo para o centro da sala, instalando-o atrás do sofá, em um aparador ou mesinha.

  • Bar entre móveis

  Se você tem um espaço vazio entre seus móveis, esse pode ser o cantinho do seu bar. Instale prateleiras e uma caixa com puxadores para guardar os copos mais delicados. As garrafas podem se alojadas em um mini-adega com rodízios na base.

  Que tal ter um mini bar cheio de estilo!

  Pensando em auxiliar as pessoas que desejam criar um mini bar para compor a decoração da sua sala ou varanda gourmet, resolvi reunir 3 dicas importantes com os itens indispensáveis para você ter um móvel desses em casa.

  • Onde criar o meu mini bar?

  O mini bar fica lindo em carrinhos de dois andares (existem vários modelos, inclusive alguns desenvolvidos exclusivamente para uso de mini bar). Mas, se você não encontrar o carrinho, procure um móvel fixo que tenha dois andares.

  Esse tipo de móvel vai ajudar a acomodar melhor todos os itens do seu bar, balde de gelo, taças, garrafas, bandejas...

  • Quantos tipos de bebidas devo dispor?

  O ideal é criarmos um bar diversificado e recheado de opções para servir aos convidados. Eu sugiro pelo menos uns 6 tipos de  bebidas em garrafas. Que podem ser opções alcoólicas: Whisky, vodka, Espumante, licor, conhaque e vinhos, e também opções não alcoólicas como água e  refrigerante.

  • Além de bebidas, o que devo usar? 

  Taças, balde de gelo, jarra de água, licoreiras, coqueteleiras, decanter de vinhos, cesto com frutas, entre outros. Agora, se você quiser incrementar com outros itens de decoração, recorra aos livros, revistas, flores artificiais e adornos.

  Para finalizar, separamos algumas imagens para inspirar vocês!

Mini Bar2

 

TAGS: Decor; MiniBar; ;

Facebook Facebook Facebook
Las

Tem a cozinha do dia a dia - e tem a cozinha gourmet!

10/08/2015

O novo ambiente surgiu há alguns anos e virou sonho de consumo de muita gente. Afinal, é muito gostoso bancar o chef e convidar os amigos para um jantar descontraído em volta do fogão ou churrasqueira. Ali, o céu é o limite: vale investir em equipamentos de última geração, móveis e acessórios de design e revestimentos sofisticados.

Como planejar o meu espaço Gourmet?

Uma churrasqueira, um forno de pizza, uma mesa generosa e com vários assentos são, sem dúvida alguma, pontos que não descartamos quando idealizamos um espaço de lazer e gastronomia dentro de nossos lares.

Vamos para algumas dicas então:

  • Escolha bem os materiais

Materiais fáceis de limpar e que não acumulem muita gordura são as pedidas para estas áreas. Pedras sintéticas são boas alternativas e estão em alta pois resistem a riscos e manchas, além de ter muita opção de cores.

  • Atenção na circulação

  Como é um espaço com maior fluxo de pessoas, fique atento às medidas mínimas confortáveis para a circulação. O ideal são espaços maiores que   80cm.

  • Evite quinas 

 Mesinhas de vidro e outros móveis com quinas podem machucar, principalmente se tiver crianças por perto.  Deixe aquela linda mesa de centro em vidro para a sala de estar.

  • Paisagismo

Uma vegetação sempre agrega beleza aos espaços. Invista em cachepós e plantas suspensas na falta de espaço.

 

Decida o tema

 Por ser uma área informal de lazer, você pode optar pelo rústico, com cadeiras de madeira, tons fortes na parede como terra, coral ou vermelho e churrasqueira de tijolos. Se a área for pequena, privilegie cores claras, que ajudam a ampliar o ambiente e deixar tudo mais clean.

Afaste a geladeira

Um dos erros mais comuns é deixar a geladeira próxima à churrasqueira e isso afeta o desempenho de ambos. De preferência deixe a pia entre a churrasqueira e a geladeira.

 

Seja prático

Neste espaço, que muitas vezes é pequeno, a decoração precisa facilitar. Não há o espaço grande da cozinha, onde todos os utensílios estão guardados, então deixe apenas o que for essencial. Aplique imãs nas paredes para segurar facas, tenha tábuas à mão e não se esqueça de deixar tudo no alto, longe das crianças!

Lembre-se da limpeza

O piso não deve ser escorregadio e precisa ajudar na limpeza. Escolha materiais como azulejos e pastilhas que não acumulam gordura e são fáceis de limpar.

  • Revestimentos

Revestir a churrasqueira com pastilhas, filetes de pedra e outros materiais levando em conta a funcionalidade e durabilidade.

  • Cores

Almofadas, painéis, objetos coloridos, a mistura de cores é bem-vinda neste espaço que remete ao lazer!

  • Iluminação

Abuse de pendentes coloridos, divertidos.

 Os principais erros cometidos em espaços gourmet são:

Colocar a geladeira próxima à churrasqueira/forno a lenha, o que prejudica seu desempenho.

Bancada/balcão longe da pia e churrasqueira/forno, o que dificulta o acesso ao preparo dos alimentos.

Falta de colocação de vidros (no caso de varandas) ou coberturas (quintal), sendo que no caso de uma chuva o espaço se torna inutilizável.

Em espaços pequenos, ao invés de cadeiras, prefira o uso de banquetas pequenas ou até bancos maiores, para acomodar mais amigos.

Quantos mais utensílios melhor, para evitar o entra e sai da casa para o espaço.

 

Algumas ideias para dar uma repaginada no seu espaço gourmet:

  • Revestir a churrasqueira com pastilhas, filetes de pedra e outros materiais levando em conta a funcionalidade e durabilidade;
  • Uso de ladrilhos hidráulicos ou até adesivos que imitam estes na bancada;
  • Trazer o verde ao espaço: plantas e flores são muito bem-vindas, lembrando que não podem estar muito próximas da churrasqueira/forno, uma boa pedida são jardins verticais;
  • Cores: Almofadas, painéis, objetos coloridos, a mistura de cores é bem-vinda neste espaço que remete ao lazer!

 

TAGS: #decor; #decoração; #cozinha; #cozinhagourmet; #amodecor;

Facebook Facebook Facebook
Las

Dicas para harmonizar molduras, quadros e paredes em casa

08/12/2014

  Para valorizar ainda mais um ambiente, dar um toque divertido nas fotos da parede, a moldura tem um papel fundamental.

  Seguem algumas dicas para melhor aproveitar este recurso e deixar as paredes da sua casa ou escritório com a sua cara.

-Evite exceder na quantidade e no tamanho dos quadros quando o local tiver dimensões pequenas ou que já conte com muitos móveis.

-Procure adequar o estilo do quadro ao estilo da moldura. E ambos devem não podem conflitar com o clima do cômodo. Uma sala clássica com móveis de mogno fica destoante com um quadro com uma moldura moderna. Ambientes modernos pedem quadros com texturas ou gravuras.

-Vidros para trabalhos em papel podem ser o modelo anti-reflexo.

-As molduras até são dispensáveis em alguns quadros, mas caso a tela seja uma pintura a óleo, o mais indicado é usar sempre a proteção lateral.

-Uma moldura côncava deixa a impressão mais aumentada da obra. Muito útil para quadros pequenos. Já uma pintura sem perspectiva pede uma moldura convexa, dando a impressão de que ela está saindo da parede.

-Se o desenho for mais dramático, mais denso, vale usar molduras de linhas fortes para conter a imagem. Para coisas mais delicadas, a moldura simples e leve não atrapalha.

-Procure usar cores marcantes no passepartout (aquela tela que separa a obra com a moldura). Com isso, a imagem fica mais separada da moldura e cria uma sensação de perspectiva. Tonalidades mais claras como o bege podem ser usados para acentuar as cores mais fortes.

-Pintura com cores mais vibrantes e quentes como o vermelho, o uso de molduras igualmente quentes ajuda na valorização. Já as cores frias como o verde pede cores similares.

TAGS: Molduras; Quadros; Paredes; ;

Facebook Facebook Facebook
Las

juliane cardoso

Juliane Cardoso - Suelen Serafim

Projetos criativos ambientes planejados para refletir a alma de seus moradores. 

...

SulpisoKasar

Facebook

RefrilarBella Pietra
InatecGabriel ConstruçõesTramontinEleganzaVitrolAmbience DecorAmbience DecorPiccolo e LessaLOKANDAMatiolaLuxury StoreGaleria R.AAmor e Carinho
Juliane Cardoso 2014 © Todos os direitos reservados