Las

Tendência europeia que conquistou os brasileiros

02/08/2019

Ônix translúcido é uma tendência europeia que conquistou os brasileiros nas decorações de luxo. Os ambientes que a usam como peça chave exalam sofisticação. Linda e iluminante transforma cada espaço em único como uma obra de arte.

A rocha tem a vantagem de ser translúcida e, por isso, quem a observa consegue notar desenhos formados pelos ‘veios’ da pedra. O Ônix era uma das mais importantes pedras de adorno e de uso terapêutico na Antiguidade.

Aplicação:

Compõe cenários como halls, cubas de lavatórios, painéis decorativos, e lareiras. Mas há várias maneiras de ter o ônix presente em casa ou em um estabelecimento comercial. Ele pode estar em um piso, parede em forma de mosaico decorativo, quadro de parede ou objetos como bandejas e apoiadores.

O material é nobre e frágil e requer muito cuidado para manusear a pedra no corte e na instalação e a iluminação pode ser feita com fitas de LED ou refletores dependendo do tamanho da peça e quantidade de iluminação desejada. não deve ser aplicada em ambientes externos, ou com lâmpadas de emissão de raio UV.

No estar íntimo do lavabo abaixo, a ônix virou uma exuberante cuba de lavatório iluminada, irradiando luz em todo o ambiente. A beleza do ônix não se comparada a nenhuma outra rocha, considerada uma verdadeira joia.

Cores e Manutenção:

A pedra pode ser encontrada nas cores branca, bege e verde, com variações de tons fortes e mais claros.

Para a limpeza, há uma lista de cuidados que devem ser tomados, desde o uso de detergentes neutros e principalmente evitar contato de materiais que possam riscar sua superfície.

Não utilizar seladores para realçar o brilho.

Não utilizar produtos com base de cloro.

Não utilizar desengordurantes.

Com uma superfície lisa e sem poros, a limpeza e manutenção é fácil, basta utilizar produtos específicos à base de PH Neutro, ou detergentes específicos para Pedras, dessa forma você mantém o ambiente em Ônix sempre conservado.

TAGS: tendencia; onix; pedras; porcelanato; marmores; marmoraria; tendenciaempedras; lareiras; lavabos; cozinhas; luxo;

Facebook Facebook Facebook
Las

Descubra as lindas bancadas de Porcelanato

01/05/2019

Hoje eu trago para vocês uma alternativa super bacana de material para bancadas! Vocês conhecem a bancada feita de porcelanato? O porcelanato é uma pedra sintética feita com alta tecnologia e é possível utilizá-lo para a produção de bancadas com resultados excelentes.

Onde usar uma bancada de porcelanato

O porcelanato é indicado para todo o tipo de bancada: cozinha, banheiro, balcões etc. Ele é um material super resistente e pouco poroso (ao contrário das pedras naturais) por isso é higiênico, não mancha e evita a proliferação de bactérias.

Quando se pensa em porcelanato a gente pensa logo no piso certo? Mas é isso mesmo, as bancadas são montadas com a mesma placa que é utilizada para piso, a diferença é que uma empresa especializada escolhe cuidadosamente as placas, de marcas de qualidade e com tamanho correto, e executa o projeto para que não haja risco de manchas e evitando emendas aparentes.

Durabilidade e manutenção

A bancada de porcelanato porcelanato tem uma durabilidade incrível. Por ser um material pouco absorvente, quase impermeável as manchas são incomuns.
As bancadas deste  material não necessitam de cuidado em especial, uma lavagem simples com detergente já é o suficiente para limpeza. Para realçar o brilho costuma-se usar saponáceo cremoso ou álcool quando necessário.

Vale ressaltar que a bancada de porcelanato é resistente a peso e a variação de temperatura o que permite a instalação de cooktop sem problemas.

 

TAGS: decor; decoracao; decoracaodeinteriores; ; designdeinteriores; porcelanato; bancada; cozinha; decorbanheiro; lavabo;

Facebook Facebook Facebook
Las

Cozinha Gourmet: O que é? Dicas, Ideias

24/04/2019

Vem com a gente saber mais sobre esse estilo de cozinha que vem dominando as casas mais modernas, além de dicas, projetos e ideias para você se inspirar.

O que é cozinha gourmet?

Assim como o seu nome diz, uma cozinha gourmet é um espaço para praticar e apreciar uma culinária de alto padrão.

Dentre as principais características desse ambiente está a multifuncionalidade entre espaços, ou seja, existem ambientes integrados, sem a necessidade de separar cozinha da área dos convidados.

Por isso é tão comum encontrarmos esses modelos de cozinhas junto a salas de jantar, varandas, dentre outros tipos de áreas externas onde a ideia seja socializar a partir da culinária.

Sendo assim, acaba sendo uma ideia perfeita também para espaços mais limitados, sem a necessidade de divisórias e trazendo a amplitude que a conexão entre ambientes faz.

Por que fazer uma cozinha gourmet planejada?

Móveis planejados têm o objetivo de preencher o espaço com mobília sob medida, de um jeito funcional e prático.

Também são móveis feitos adaptados para não atrapalhar a circulação das pessoas no ambiente, portanto é a solução perfeita para a criação de uma cozinha gourmet de acordo com seu espaço disponível.

E como a cozinha gourmet é um conceito moderno, planejar o espaço para receber equipamentos e eletrodomésticos modernos é o melhor a ser feito para encaixar cooktops, fornos embutidos, coifas, além de dividir área molhada da área seca, e também planejar a presença de uma ilha, bancada ou mesa no espaço.

Sem um projeto por detrás, tudo se torna mais arriscado e trabalhoso. Comprar mobílias separadas não cria a harmonia praticamente obrigatória que deve existir numa cozinha gourmet.

Um balcão extenso por toda parede, o material da ilha que combina com seus armários, gavetas funcionais, materiais e utensílios de fácil alcance, dentre outras características que somente o mundo dos móveis planejados podem oferecer.

Ideias de projetos para sua cozinha gourmet

Cozinha gourmet simples

O básico para você ter uma cozinha gourmet em casa é unir com outro cômodo, criando o espaço amplo e integrado. A ideia mais simples é a sala de jantar.

Além dos móveis básicos de uma cozinha, dê preferência para ter uma bancada no meio do ambiente, cercada de bancos ou cadeiras.

Pronto, esta é a sua versão mais simples de uma cozinha gourmet. Se puder investir um pouco mais, instale um fogão cooktop na bancada para cozinhar ainda mais próximo dos seus convidados.

Cozinha gourmet pequena

Se a sua cozinha for de um tamanho bem pequeno, a ideia é aumentá-la unindo com o espaço a ser integrado, seja uma área externa ou sala de jantar.

É fácil adaptar uma cozinha com balcão americano a uma cozinha gourmet, pois basta conectar o balcão com a mesa de jantar se houver espaço disponível.

A harmonia entre as decorações dos ambientes se conectam e a partir dessa junção um novo e maior cômodo surge! Outro ponto que liga bem as áreas é a iluminação.

Cozinha gourmet na área externa

Sua cozinha gourmet também pode ser planejada para se conectar com um espaço aberto, como o jardim ou área da piscina, por exemplo. A ideia é dar um ar maior de liberdade para os convidados.

A única limitação é que a área da cozinha em si, com mobílias, eletrodomésticos e outros equipamentos deve ser coberta, podendo as mesas ficar na área externa, dependendo do material, é claro.

Esse visual aberto traz um ar de área de lazer, de ambiente despojado, alegre e tranquilo. Já pensou

Cozinha gourmet rústica

Como o mundo da decoração sempre ousa e é desafiado, a moda das cozinhas gourmets no estilo rústico também pegou, mesmo sendo um destaque no estilo moderno. Legal, né?

Nesse estilo, a cozinha ganha revestimentos que exalam naturalidade, como madeira de demolição, pedras naturais, fibras, dentre outros, ao contrário do frio e moderno aço inox ou madeira mdf que o estilo moderno pede.

Esse estilo rústico traz mais ainda sensação de acolhimento ao espaço, remetendo a ambientes antigos. Dê prioridade a móveis grandes, pesados, que preencham bem a área e tragam esse ar de conforto e fartura.

Nada lhe impede de misturar o rústico com outros, como o próprio moderno ou ainda algumas mobílias vintages.

Cozinha gourmet com ilha

A principal ideia da cozinha com ilha é aproximar o cozinheiro dos amigos ou familiares convidados. A ilha serve como uma bancada para receber os pratos e deixar os convidados à vontade se servindo e se deliciando.

Esse contato direto do fogão direto para a bancada é uma característica de alto padrão na cozinha. Se a ideia ainda for cozinhar na bancada, do lado dos convidados, a melhor opção é um fogão cook top! Quanto ao forno, instale em outro local do ambiente.

TAGS: ;

Facebook Facebook Facebook
Las

Piso vinílico: Vantagens, desvantagens

22/04/2019

O piso vinílico vem fazendo muito sucesso nas reformas de casas e apês hoje em dia, isso porque reúne inúmeras vantagens, além de ser um investimento bem econômico! Mas será que ele é o revestimento certo para o tipo de piso que você procura?

O que é piso vinílico?

O piso vinílico é um tipo de revestimento feito de resina de PVC, cargas minerais e outras substâncias plastificantes, podendo ser encontrado nas versões placa, manta ou régua. É um dos materiais mais bonitos, resistentes e que traz muito conforto ao espaço onde será instalado.

Outra qualidade é a facilidade de simular outros materiais, como a madeira, por exemplo, que é o modelo mais buscado do material.

Em quais ambientes pode aplicar piso vinílico?

Esse tipo de piso pode ser instalado em qualquer ambiente desde que seja interno e coberto, desde salas e quartos, a ambientes mais úmidos como banheiros e cozinhas.

Para cada tipo de ambiente existem linhas específicas, que atendem quesitos de baixa absorção de umidade e facilidade de limpeza.

Vantagens e desvantagens do piso vinílico

Como muitos outros materiais, o piso vinílico também deve ser colocado na balança com relação às suas qualidades e defeitos, e a partir disso você decide se é o melhor para o que você busca ou não:

 

Vantagens

  • Alto desempenho termoacústico, ou seja, auxilia no controle da temperatura interna do ambiente e ainda abafa sons, sejam vindos de fora ou evitando ecoar barulhos internos.
  • Não acumula poeira e é extremamente fácil de limpar, portanto é um material indicado para casas com alérgicos, crianças e animais.
  • Variedade de cores e modelos no mercado, desde temas mais infantis a diferentes tons de madeiras para combinar com variadas decorações. Inclusive existem modelos que imitam pedras naturais, como mármore.
  • Instalação muito rápida e prática com relação a pisos tradicionais. Dentre as técnicas de instalação estão clique, adesivo ou uso de cola, depende do modelo. Sendo assim, não é necessária nenhuma quebradeira para instalar.

Desvantagens

  • Não se dá com qualquer superfície, como um piso de madeira tradicional, por exemplo, pois pode deixar o piso vinílico com aspecto rugoso. Sendo assim, o piso deve ser liso, nivelado e revestido antes de aplicar o vinílico.
  • Pisos vinílicos não duram tanto tempo quanto os pisos de peças frias, portanto exigem troca com o tempo. Duram no máximo 15 anos.
  • Proibido para áreas externas, já que não têm resistência a umidade e exposição solar.

 

Principais diferenças entre piso vinílico e piso laminado

  • O piso vinílico é feito de PVC, já o laminado possui camadas de materiais derivados da madeira, em que somente a externa ganha a estampa decorativa e é colada nas demais abaixo.
  • Com relação ao nivelamento necessário do piso, o laminado sai ganhando pois é considerado piso flutuante, ou seja, o piso abaixo não precisa estar em perfeitas condições, pois não afeta no piso laminado.
  • Quanto ao abafamento de sons, o piso vinílico abafa muito melhor do que o laminado, o qual propaga sons facilmente.
  • O piso vinílico tem texturas mais antiderrapantes, enquanto que o piso laminado é mais liso e pode causar acidentes mais facilmente com crianças, idosos ou animais.
  • Quanto à absorção de umidade, o piso vinílico resiste mais a contato com água, pois no piso laminado existem camadas de madeira de verdade, e se não limpar logo a água que cair, pode absorver rapidamente. Mas lembrando que nenhum deles é indicado para áreas úmidas ou externas.
  • Quanto à limpeza, é mais difícil limpar piso laminado, exigindo materiais de cerdas suaves, sem causar ranhuras, e manutenção para um piso sempre limpo e bonito pode precisar de verniz.

Tipos de piso vinílico:

Piso vinílico em manta

O mais simples e barato dos modelos é o piso vinílico em forma de manta. Exige que o piso abaixo esteja bem liso e uniforme para evitar rugosidades e outros defeitos superficiais.

Funciona como um adesivo extenso aplicado por toda a superfície, se aderindo aos poucos pelo viso. Como tem um acabamento bem macio, pode riscar fácil por conta de coisas pontiagudas ou móveis por cima.

 

Piso vinílico em régua (autocolante ou encaixe)

Também tem o modelo de piso em forma de réguas flexíveis, que podem ser coladas diretamente no piso ou encaixadas entre si, fazendo um “click”. Tem um bom acabamento quanto a evitar furos e amassos no piso.

Dentre os dois, o de maior resistência e rigidez são as réguas de encaixe, além de quem essas dispensam processos de secagem nem corre risco de o piso descolar da base; a única necessidade é ser exatamente sob medida para não ficar “bambo” no piso.

Quanto a custos, as réguas de encaixe são mais caras do que as réguas adesivas.

 

Piso vinílico em placas

Este já é um modelo mais rígido do piso vinílico, mais resistente a furos e mantém o acabamento macio do material. São como peças soltas que se encaixam entre si.

Dependendo da estampa das peças, pode criar efeitos únicos de padrão decorativo. Se acontecer algo com o piso em determinada área, apenas a placa prejudicada pode ser trocada sem afetar as outras.

TAGS: decoracao; decor; revestimentos; pisos; decoracoes; pisosvinilicos; vilinico;

Facebook Facebook Facebook
Las

Tampos e Bancadas em porcelanato

27/11/2018

As bancadas em porcelanato estão com tudo na decoração. Já pensou poder usar peças de porcelanato para personalizar a sua bancada?

O uso dos porcelanatos de grande formato é uma tendência que veio para ficar, pois além de utilizar as peças como revestimentos para pisos e paredes a novidade é utilizá-lo em móveis. Os formatos grandes possibilitam o uso em tampos de cozinhas, banheiros, churrasqueiras, lavanderias sem a necessidade de muitas juntas, proporcionando um visual bem clean ao tampo e diminuindo o acúmulo de sujeira nos rejuntes.

Além de serem perfeitos para uso em áreas molhadas, pois a absorção de água é quase nula.

 

Com a tecnologia da impressão digital há uma enorme variedade de acabamentos muito fiel à realidade como mármores, pedras naturais, madeiras, concreto, etc…

Assim a criatividade pode rolar solta para que o ambiente tenha o estilo que você deseja.

Para todos os estilos:

-Se você deseja um ambiente rústico, opte pelos porcelanatos amadeirados.

-Se a ideia é um ambiente minimalista, opte por aqueles mais neutros como Mármore Calacata, Carrara…

-Para um ambiente clássico e elegante, sem dúvida os revestimentos marmorizados em tons escuros contrastando com metais dourados são uma tendência!

-Para um estilo industrial você pode compor um porcelanato cimentício.

E possivel ousar ainda mais e utilizar o porcelanato como tampo de mesa ou revestindo moveis.

-Outra dica também é utilizar o mesmo padrão de revestimento usado no piso e parede para combinar com tampos e móveis, proporcionando um visual bem clean e minimalista.

TAGS: ;

Facebook Facebook Facebook
Las

Truques para decorar como um profissional

29/01/2018

Quer decorar a sua casa mas fica em dúvida sobre vários assuntos básicos e na hora de tomar decisão fica sempre em cima do muro?! Separamos alguns truques bem simples e práticos que você pode começar a usar hoje e que vão te ajudar a decorar sua casa e seus espaços com as habilidades de um profissional, dá só uma olhadinha:

 

-Pintar quadradinhos em diferentes paredes antes de escolher uma tinta é a melhor forma de você se decidir a respeito de uma cor em específico. Pinte quadrados de 1 m² com dez cm de espaço entre eles em diferentes paredes (a luz bate em cada uma de forma diferente e isso altera a tonalidade das cores). Grandes lojas de tintas oferecem amostras das cores para que você possa fazer isso e se decidir dessa forma a chance de arrependimento é bem menor.

-Pegar amostras de tecido antes de revestir as poltronas da sua casa é a decisão mais acertada a ser tomada. Desse jeito você pode fazer diversos testes neles, até mesmo com diferentes sujeiras, para ver o que é mais resistente ou menos resistente, na hora de escolher tecidos para sofás isso é bem importante.

-Na dúvida use moveis de cores claras, pois eles combinam com a maior parte das cores de acessórios e estilos de decorar, o que significa que eles serão bem reaproveitados caso você precise se mudar ou enjoar da decoração novamente.

-Tenha plantas em casa, pois elas ajudam a adicionar alegria e cor para os espaços, além de dar aquela sensação de casa aconchegante que nós tanto amamos.

-Nem sempre paredes brancas clareiam um local, isso só acontece se o seu espaço possui uma grande incidência de luz natural. Caso ele não tenha tantas janelas, o mais certo é pintar as paredes com um nude que tenha tons mais calorosos como beges quentes. Eles irão deixar o espaço mais claro do que o branco.

-Combine cores ou estampas para espaços harmoniosos. O truque é cores iguais podem ser usadas em estampas diferentes e estampas iguais podem ser usadas em cores diferentes (existem exceções as regras, mas essa regrinha é quase sempre infalível)

-Monte o layout dos quadros no chão antes de colocar na parede, desse jeito você não vai acabar com uma parede cheia de quadros tortos, ou correr o risco de fazer furos desnecessários nas paredes.

-Puxadores novos e uma demão de verniz ou tinta mudam a cara de qualquer móvel!

-Meça todos os cantos da sua casa e todos os móveis nas lojas antes de fazer a compra. Além disso, lembre-se de medir seu elevador e o ângulo da sua escada. Muitas vezes esquecemos esses detalhes. Na dúvida, móveis que desmontam ou são modulados nunca dão problema!

-Antes de planejar os locais onde irão todos os objetos escolhidos fique atento a coisas como tomadas, entradas de cabos de telefonia, tv a cabo e internet. Querendo ou não esses detalhes afetam muito o posicionamento das suas peças.

-Mantas e almofadas fofinhas nunca são demais! Troque de acordo com o seu humor ou estação do ano e tenha o prazer de ser sempre surpreendido.

-Escolha um piso e revestimentos de parede que se encaixem na sua rotina, por exemplo: se você gosta de usar produtos químicos para desinfetar o chão, não vai poder escolher pedras muito porosas ou porcelanatos, pois esses componentes estragam as pedras. Na dúvida sempre leve um questionário de tudo o que você precisa saber para fazer um verdadeiro interrogatório com o vendedor, dessa forma você não deixa nenhuma informação passar em branco e tem a certeza de estar tomando a melhor decisão possível!

-Pense muito antes de sair comprando todos os móveis que você gostar! Lojas de móveis são muito tentadoras para nós amantes de decoração, mas móveis (ao contrário de acessórios que podem ser guardados facilmente) são difíceis de serem guardados ou escondidos, e caso você compre todos sem haver uma “história” por trás das escolhas ou algum tipo de harmonia entre eles, vai haver um choque de estilos e o resultado final não vai ficar bacana. Canalize essas compras impulsivas e por amor em acessórios como almofadas, mantas, itens de mesa, vasos e bandejas. Eles podem ser utilizados em diferentes épocas do ano e são bem mais fáceis de guardar quando você enjoar ou de serem combinados uns com os outros.

 

 

 

TAGS: ;

Facebook Facebook Facebook
Las

Peças de cristal que elevam qualquer composição, com elegância e beleza.

19/01/2018

Os cristais, independente do estilo, continuam em alta e cada vez mais ousados. Usar uma peça de cristal é uma maneira perfeita de criar uma atmosfera elegante e delicada em algum ambiente da sua casa.

Engana-se quem pensa que só casa de “pompa” merece um lustre, ou então que para realizar aquele sonho de colocar o lustre de cristal na sala é preciso remodelar todos os móveis para combinar com o clássico do modelo.

Nada impede que uma mesa moderna, de acrílico, por exemplo, faça parte do mesmo ambiente que uma peça com as clássicas pedras reluzentes. Aliás, as próprias peças estão mesclando materiais e formas.

Os cristais voltaram com tudo, mas estão com uma nova releitura, podendo ser não somente lustre, mas também um pendente ou até mesmo um plafon.

Algumas opções de pendentes, plafons em Cristal, da Inatec:

Plafon Cristal- Inatec

Pendente, Metal e Cristal- Inatec

 

Pendente, moderno em Cristal- Inatec

 

Pendente retangular todo em Cristal- Inatec

 

Plafon Cristal- Inatec

 

E esse lustre MARAVILHOSO -Inatec

 

 

TAGS: iluminacao; luminarias; pendente; lustre; cristal; inatec; decorcomiluminacao;

Facebook Facebook Facebook
Las

Granito marrom absoluto na decoração é sucesso garantido

18/10/2017

O granito marrom absoluto tem sido uma das opções de pedras mais cotadas para novos projetos de arquitetura, pois além de charmoso e elegante, ele garante um clima acolhedor ao ambiente, fugindo do tradicional preto e branco, e é bastante versátil, já que pode ser utilizado nas mais diversas finalidades, tanto em decoração interna quanto externa, como no piso, em escadas, em bancadas de cozinha ou banheiros, ou até mesmo na fachada de casa.

Além disso, uma das maiores vantagens do material é que ele é altamente resistente, durável e conta com fácil aplicação. Porém, da mesma forma que os outros tipos e cores de granitos, o modelo marrom também está suscetível a manchas, apesar delas ficarem menos aparentes. Para não ter nenhum tipo de problema, basta ter cuidados diários como evitar o acúmulo de água sobre a pedra, não esfregá-la com esponja de aço e limpar imediatamente qualquer tipo de bebida, como café, por exemplo.

Se a sua ideia é trazer um pouco mais de destaque com uma pegada mais clássica e moderna para algum ambiente da sua casa, com certeza o granito marrom absoluto pode ser a sua escolha certa! Confira algumas fotos abaixo e inspire-se!

TAGS: pedra; granito; granitonacozinha; decocomgranito; marmore; cozinhas; ; bellapietra;

Facebook Facebook Facebook
Las

Lavabos com madeira: inspire-se a inovar o seu espaço!

11/10/2017

Considerada um dos materiais mais versáteis para o design de interiores, a madeira está presente em móveis, revestimentos e acessórios decorativos de um modo muito elegante e de qualidade. Já no lavabo, é possível encontrar este elemento em uma composição muito acolhedora e charmosa! Para te ajudar a levar um pouquinho deste toque para a sua casa, selecionamos algumas inspirações especiais de lavabos com madeira! Acompanhe!

Versátil, a madeira pode ser aplicada a diversos espaços pela casa e, principalmente, facilmente combinada com outras peças, como as metálicas, ou outras cores. Além de todas essas qualidades, ela é conhecida como uma matéria-prima super ecológica e capaz de criar um ambiente ainda mais aconchegante. E quando falamos de lavabos com madeira, estes detalhes não ficam para trás!

Para o seu projeto, você pode escolher entre os diversos tipos de madeira, desde aqueles utilizados para móveis mais simples e delicados, aos mais ornamentados e luxosos. Aqui, a dica é se atentar ao tipo de material recomendado para o que você deseja criar. Algumas opções, como a Perobinha ou a itaúba , são indicadas para acabamentos gerais. Já outras, como o Louro, Imbuia ou a Jatobá, são perfeitas para a produção de mobília.

Madeira para bancadas

Como um lavabo é um espaço adaptado para receber os seus convidados, todos os detalhes devem ser pensados na hora da decoração. Neste caso, as bancadas podem ser produzidas a partir de madeira, criando um estilo sofisticado e muito atual. Caso você goste de uma decoração mais clássica ou vintage, os revestimentos em mármore são a opção perfeita para caprichar ainda mais!

Madeira no revestimento

Intensificando a sensação de acolhimento, a madeira se encaixa muito bem quando utilizada no revestimento de um ambiente. Aqui, você pode apostar tanto em aplicações no piso, quanto nas paredes e, até mesmo, no teto, resultando em um estilo com toque ainda mais rústico e com muita personalidade!

Madeira com espelhos

Uma outra opção para lavabos com madeira, é a aplicação de espelhos pelo ambiente. Seja em formas geométricas ou em painéis, eles são capazes de levar maior profundidade e dar um toque muito sofisticado e contemporâneo para a sua decoração. Sem dúvidas, um charme!

Os lavabos com madeira podem ser utilizados em qualquer estilo e, sem dúvidas, vão encantar e acolher os seus convidados! Para que a sua composição tenha um resultado ainda melhor, combine com cores mais neutras ou terrosas, além de outros elementos naturais, como as pedras ou o bambu. O que vale, é que a sua decoração seja única e reflita bem-estar.

Para você que prefere algo durador e sem nenhuma manuteção, a idéia é usar porcelanato amadeirado.

Referencia 8658 Deck -Natural da Ceusa - Sulpiso-

Porcelanato wood Carvalho da Elizabeth- Sulpiso

 

 

TAGS: lavabos; decordolavabo; banheiros; decoracaodebanheiros; decor; acabamentos; lavaboscommadeira; decorcomadeira; madeira;

Facebook Facebook Facebook
Las

Mármore travertino traz beleza e sofisticação para os ambientes

05/10/2017

Ele é o resultado de reações físico-químicas sofridas por outras rochas e também pela ação de águas termais, e é uma das pedras mais utilizadas em construção e revestimento no Brasil.

O mármore é uma pedra natural muito utilizada nos projetos residenciais para revestimento de paredes, pisos, lavatórios, bancadas e outros objetos decorativos. Existem vários tipos de mármore, porém o mais usado é o Travertino, uma rocha calcária natural de cor bege que é reconhecida pelos pequenos buracos presentes na pedra que lembram pequenos ramos e folhas.

O travertino reveste monumentos importantes da história, como a Basílica de São Pedro, o Coliseu e as pirâmides do Egito, por exemplo.

Principais tipos de mármore travertino

O mármore travertino possui variações devido à região em que se formaram e das diferenças de formação que possuem. Existem diversos tipos de mármore travertino e os italianos, geralmente, são os mais conhecidos, como: Romano ou Clássico, Navona, Turco, Toscano, Itamarati, Tivoli, Gold, Silver e Negro.

Mármore travertino nacional

 O Bege Bahia, também conhecido como travertino Nacional, tem os veios mais escuros, mais arredondados e mais manchados. Esse modelo, como o nome já diz, vem direto das pedreiras.

 

Antes de definir onde vai colocar a rocha e qual modelo será escolhido, é preciso considerar as características do acabamento. Existem quatro tipos de acabamento principais, confira as vantagens e desvantagens de cada um:

 Bruto ou natural

O tipo Bruto, como o nome já diz, é a pedra direto da natureza, com acabamento opaco e veios aparentes.

 

Resignado ou estucado

O acabamento resignado ou estucado é feito com a aplicação de uma resina na pedra. A resina tem a mesma cor do mármore e cobre os poros e buracos existentes na superfície. Após a aplicação da resina, a superfície fica lisa. Assim, essa é uma das formas mais utilizadas do mármore travertino e pode revestir diversos ambientes.

Levigado

O levigado tem um aspecto opaco e é lixado até que a superfície do mármore fique lisa, facilitando a limpeza e a manutenção, ao mesmo tempo em que mantém a cor natural. Esse acabamento é liso e opaco e pode ser usado em todos os tipos de ambientes internos ou externos.

Polido

O acabamento polido tem um aspecto liso e com brilho. Pode ser usado em pisos e paredes, mas não é recomendado para pisos externos devido à baixa aderência.

TAGS: decor; rebaixoitaliano; pedras; silestone; granito; marmore; bellapietra; travertino;

Facebook Facebook Facebook
Las

Confira dicas para usar pedras como revestimento

26/07/2017

As pedras agregam beleza e praticidade aos projetos
 

Duradouras e bonitas, as pedras são admiradas e utilizadas pelo homem de diversas formas. Além de valorizar a construção, as pedras contribuem com a função estética e a praticidade, mas requerem profissionais especializados para sua aplicação.

Dentro e fora
Embora tenham um alto custo de instalação, as pedras trazem a praticidade da pouca manutenção e podem ser usadas tanto em ambientes internos quanto nos externos, sendo que para fora de casa é aconselhável aplicar um produto impermeabilizante para garantir a beleza e a qualidade do material.

Em ambientes internos elas trazem como vantagens o fato de serem resistentes e não escorregarem, quando usadas em pisos.

Variedade
Diversas pedras podem ser usadas na decoração, como mármore, granito, ardósia, seixos, pedra madeira, pedra portuguesa, caxambu, miracema, etc, Sendo que podem ser utilizadas com acabamentos polido, fosco, entre outras e em diferentes formatos, de acordo com a necessidade e a característica do projeto.

Manutenção

O mármore é um tipo de pedra mais delicada, por isso, apenas um pano úmido resolve sua higienização e os produtos de limpeza, em especial os mais abrasivos, devem ser descartados, pois podem manchar e corroer a superfície da pedra.

TAGS: pedras; porcelanato; silestone; revestimentos; bellapietra;

Facebook Facebook Facebook
Las

Ônix translúcido é natureza preciosa dentro de casa

02/06/2017

De beleza incontestável, a pedra ônix translúcido tem chamado atenção pela sofisticação que agrega aos projetos de decoração. A rocha é utilizada em sua forma pura como obra de arte e compõe cenários como halls, lareiras, cubas de lavatórios e até mesmo painéis decorativos.

A pedra é quase um mineral puro e a sua beleza não é comparada a nenhuma outra rocha. Por isso, sempre deve ser inserida em locais de destaque para ser contemplada. A rocha tem a vantagem de ser translúcida e, por isso, quem a observa de perto consegue notar desenhos formados pelos ‘veios’ da pedra.

Quem estuda a aplicação da ônix em projetos deve saber que a pedra pode ser encontrada em diversas cores no mercado, como branca, bege e verde, com variações de tons fortes e mais claros.

Efeito de transparência tem segredo

Nem sempre a pedra ônix possui efeito translúcido, assim como nem toda pedra translúcida é ônix. Existem formas de deixar pedras mais comuns com aspecto parecido. O mármore branco, quando refinado de forma a ficar com cerca de meio centímetro de espessura, acaba com um efeito transparente e translúcido.

Esse tipo de rocha só é encontrada em países como Índia, Indonésia e Paquistão. A pedra não é intitulada rara, mas ela não é comum. A abundância não é como o granito ou o mármore. 

TAGS: onix; translucido; pedra; marmore; bancadas; lavabos; bellapietra;

Facebook Facebook Facebook
Las

REVESTIMENTOS PARA COZINHA e BANHEIROS: TENDÊNCIAS E NOVIDADES.

15/05/2017

 

A cada dia cresce no mercado o número de opções de revestimentos para ambientes, principalmente para áreas como a cozinha e banheiros. Às vezes são tantas opções que acabamos ficando na dúvida de qual escolher. A seguir vamos ver algumas dicas para entender quais são as novidades do mercado, e qual melhor opção para a sua cozinha:

 

Metais: Uma tendência forte que vem conquistando espaço nas cozinhas, são as pastilhas metalizadas, as cores podem ser no inox, bronze ou dourado. As mesmas são uma ótima opção para quem deseja tornar o ambiente sofisticado e moderno, pois passam uma ideia mais futurista. Além das vantagens estéticas, como o design e brilho, são de fácil manutenção.

 

Revestimento em mármore ou granito: O granito na cozinha, em tampos e bancadas não é novidade pra ninguém, a originalidade agora é a aplicação do mármore e granito como revestimento para as paredes. Deixam o ambiente muito sofisticado e requintado, além de haver várias opções de pedras para adequar o espaço ao seu estilo, o tornando único e personalizado.

             

Ladrilhos Atemporais: Os ladrilhos estão se tornando preferência nacional quando o assunto é revestimentos para cozinha, mas a tendência agora são ladrilhos monocromáticos ou de cores mais discretas, bem geométricos, fazendo uma releitura mais moderna dos ladrilhos portugueses de cores vibrantes e formas mais orgânicas.

 

Revestimento 3D: A maior tendência hoje para revestimentos são os tridimensionais. Além de deixar o ambiente cheio de estilo e muito atual, possuem uma variedade muito grande de padrões e cores. Muitas vezes as placas são de gesso, o que permite que o cliente escolha a cor, bastando apenas aplicar uma tinta em cima. A ideia de movimento desse material pode ser intensificado aliado a um bom projeto de iluminação, em que luz e sombra ajudam a valorizar o ambiente e o revestimento.

   

1 Pastilha Porto Design - Sulpiso

Blue Memory Eliane- Sulpiso

Dalia Ceusa- Sulpiso

Pastilha de Mármore e vidro -Sulpiso

Twenty Deluxe Concreto Decortiles- Sulpiso

TAGS: revestimentos; pisos; porcelanatos; novidades; sulpiso;

Facebook Facebook Facebook
Las

Cubas Esculpidas

08/05/2017

Também conhecidas como escavadas, encrustradas, moldadas ou ocultas, as cubas esculpidas são conhecidas por sua estética diferenciada e por serem mais discretas quanto ao escoamento da água e exposição do ralo.

Normalmente, as cubas são esculpidas em duas versões: com rampa ou com fundo reto.

O modelo com rampa é o mais tradicional e permite uma queda na direção em que a água escorrerá pela pequena fresta.  O ralo fica oculto.

Apesar do design super moderno, este modelo é mais complexo para se executar a limpeza da fresta de escoamento e da própria válvula. A torneira

As cubas devem ser esculpidas em materiais que não sejam tão porosos, para que a absorção de água seja controlada e não danifique a peça. Por seus veios naturais, o mármore é a opção mais utilizada, mas também é comum ver cubas esculpidas em granito, Silestone, pedras industrializadas como Marmoglass e Nanoglass, porcelanato.

TAGS: cubasesculpidas; cubasocultas; porcelanatos; pedras; bellapietra; banheiros; lavabos;

Facebook Facebook Facebook
Las

Opções de revestimento para parede externa da sua casa

26/04/2017

Na hora de decorar ou reformar sua casa, lembre-se do lado de fora também. Afinal, a fachada é o primeiro lugar que seus visitantes vão olhar. Pensando nisso, vamos mostrar opções para você investir na parede externa do seu lar, deixando-a mais bonita e atraente.

Uma boa ideia é utilizar um dos inúmeros revestimentos disponíveis no mercado. Existem desde os básicos, até coloridos e estampados. Vale a pena soltar a criatividade e escolher o que tem mais a ver com seu gosto e com a decoração da sua casa.

-Pedras naturais

As pedras dão um toque rústico e atual.

Fachada com Pedra Cachambu- Pietre Colorate

 

-Madeiras

Proporciona elegância e limpeza simples.

 

-Tijolos

Tijolinhos a vista viraram tendência. Dão um charme e modernidade.

 

-Porcelanato

Resistente e agradável.

 

 

-Tinta texturizada (grafiato)

Combina com qualquer ambiente.

É importante lembrar que ao escolher o tipo de revestimento para a sua parede externa, alguns pontos como: durabilidade e manutenção do produto devem ser levados em conta. Pois a área externa está mais propensa a sofrer riscos, como a exposição à água da chuva, por exemplo.

 

Dica extra!

 Aposte também nos cobogós.

TAGS: fachada; revestimentos; porcelanato; fachadascomrevestimentos; decoracao; gabrielconstrucoes;

Facebook Facebook Facebook
Las

BANCADAS DE PORCELANATO

18/04/2017

Quando se pensa em bancada, é comum que se pense na resistência do granito ou então na beleza das bancadas de silestone ou corian, que são lisas e homogêneas. As bancadas de porcelanato agregam as melhores características desses dois materiais, e sem o custo tão alto das pedras industrializadas.

Normalmente usado como revestimento de pisos, o porcelanato é um tipo de cerâmica mais resistente, pois é fabricado com tecnologia avançada que lhe garante maior impermeabilidade e durabilidade. Sua versatilidade de cores é ainda mais uma vantagem. Outro recurso criativo que pode ser utilizado nas bancadas de porcelanato é algo que se costuma fazer nas bancadas de pedra, que é moldar a cuba no mesmo material.

Os porcelanatos diferem entre si quanto ao acabamento, com o sem brilho; quanto ao tipo de borda, acabamento reto ou curvo; e quanto aos tratamentos que recebem. Existem processos que protegem o material contra riscos ou contra manchas, por exemplo. Para serem usados em bancadas de cozinha, é importante que o porcelanato seja de boa qualidade, para resistirem a impactos constantes e altas temperaturas. Isso faz com que seu custo não seja dos menores, porém ainda assim a relação custo-benefício continua satisfatória.

A execução das bancadas em porcelanato é feita do mesmo jeito que se faz com as bancadas de pedra, porém é um pouco mais fácil por ser um material mais leve. São feitas chapas de grandes dimensões, que são cortadas e coladas com massa plástica. A bancada fica como uma peça praticamente única, com juntas apenas nos encontros entre as peças. Se o acabamento for bem feito, com polimento, até essas juntas ficam imperceptíveis.

TAGS: bancadasemporcelanato; porcelanato; banheiros; cozinhas; decor; bellapietra;

Facebook Facebook Facebook
Las

Porcelanato onde usar, como escolher e quais os principais erros

11/01/2017

O porcelanato é um acabamento usado em cozinhas,banheiros, salas, quintais, jardins. O produto, um dos preferidos pelos consumidores, está invadindo os diversos cômodos da casa. Suas estampas são cada vez mais modernas e ousadas. E os fabricantes sugerem: é preciso aguardar, porque isso é apenas o começo!

Tendências:

Estamos passando por uma evolução de design em todos os revestimentos (porcelanato e cerâmica) e isso pode trazer produtos bem diferenciados. Também temos algumas opções que representam placas metalizadas e a reprodução cada vez mais fiel de pedras, mármores e madeiras.

Porcelanato X ambientes:

O porcelanato, hoje em dia, pode ser utilizado em várias áreas da casa e não somente nas áreas frias (cozinha e banheiro). Eles estão cada vez mais bonitos e resistentes e podemos utilizar em salas, quartos, corredores, ou seja, na área da casa toda.

Quais os principais erros:

O grande erro é escolher o piso pela beleza e desconsiderar outros fatores. Exemplo são os riscos de um material escorregadio ou optar pelos tamanhos errados (quanto maior a peça, maior parecerá o ambiente). Atente-se para as características de cada ambiente e o uso do acabamento.

Porcelanato London AC 60x120cm Da Eliane- Na Sulpiso

Porcelanato PO 60x120cm  Da Eliane-  Na Sulpiso

TAGS: porcelanato; revestimento; porcelanatoeliane; porcelanatoceusa; sulpiso;

Facebook Facebook Facebook
Las

Terrários de suculentas, como fazer?!

26/10/2016

Terrários são jardins plantados em vasos. Estes vasos podem ser de vidro ou cerâmica e conter, pedras, carvão, terra, plantas, etc. É um lugar onde se pode acompanhar o desenvolvimento e comportamento vegetal, com pouca manutenção, água e cuidados para as plantas. Estes vasos podem ser colocados em qualquer lugar e irão adornar mesas e outros locais onde o espaço for limitado. Um terrário irá adicionar um pouco de beleza natural e paz a qualquer espaço.

 

-Materiais necessários

-Vaso de cerâmica ou vidro (aquário, garrafa, copo, etc.;

-Drenagem: seixos, brita, cacos de telha;

-Carvão vegetal;

-Areia grossa;

-Substrato de crescimento de suculentas;

-Mudas de cactos e/ou suculentas;

-Decoração: seixos, perlita, biobric, esfagno, musgos, etc.;

-Pazinha, colher ou pinça para manusear as plantas.

Substrato de crescimento de Suculentas

As suculentas são plantas que não toleram o excesso de umidade nas suas folhas e raízes. Há um risco muito grande da planta melar caso isso ocorra. É imprescindível que o substrato seja poroso na sua composição. Para isso, é importante que ele seja formulado com areia de construção. A areia não permitirá que haja acúmulo de água no substrato e a sua porosidade permitirá um melhor desenvolvimento do sistema radicular das mudas. A areia a ser utilizada deve ser 10% do total da Formulação a ser preparada.

Formulação do Substrato para 5 Kg: 4 Kg de Condicionador de Solo "Classe A" + 500 gramas de Areia + 500 gramas de Nutrientes (Casca de ovo seca e moída no liquidificador + Cinzas de churrasqueira peneirada).

Preparação do Terrário:

Passo 01 - Escolha do vaso

Para a escolha dos vasos não há um criterio específico. Fica de acordo com o gosto de cada um e o local que o terrário deverá ficar. Geralmente, vasos furados (cimento, cerâmica ou plástico) ficam em locais externos, enquanto que, aquários de vidros, em locais internos.

Passo 02 - Montagem do vaso

A montagem do vaso de cerâmica, plástico ou cimento, deve ser a mesma que o plantio de vaso comum. Deve-se ter uma drenagem, o substrato de crescimento, mudas de cactos e suculentas variadas e a decoração.

 

A montagem do vaso de vidro é mais criteriosa pois este vaso não possui saída de água. O excesso de umidade pode melar as raízes e caules das plantas. O primeiro passo é fazer a drenagem com argila expandida ou brita. Em seguida, deve-se colocar uma camada de carvão vegetal para absorção do excesso de umidade. Acima do carvão pode-se colocar a areia grossa. Somente após estes itens é que deve completar com o substrato de crescimento das suculentas. Em seguida, faz o plantio das mudas e, posteriormente, completa-se com a decoração (seixos, biobric, esfagno, musgo, etc.).

 

Passo 03 - Plantio das mudas

Para fazer o plantio das mudas, deve-se umedecer o substrato de crescimento para que a terra não escorra na hora de fazer os buracos. Faz-se os buracos, coloca as raízes nos buracos, pode usar uma colher para que as raízes fiquem direcionadas para baixo. Deve-se ater apenas para que não fique nenhuma raiz exposta, pois elas não irão vingar. Após o plantio, deve-se apertar ao redor das mudas para que elas fiquem firmes.

Passo 04 - Cuidados especiais

O terrario de suculentas pode ser colocado dentro de casa se o mesmo tiver sido montado em aquários de vidro. Para esse tipo de terrário a umidade é um fator determinante. Suculentas não gostam do excesso de água pois melam. Então, deve-se molhar o vaso apenas quando o substrato estiver seco ou molhar as folhas com um pulverizador.

Terrários de suculentas plantados em vasos de cerâmica, plástico ou cimento devem ficar em locais que recebam sol direto. Algumas suculentas possuem a tendência de mudarem a coloração das suas folhas de forma natural quando expostas ao sol. Locais de sombra são prejudiciais para as suculentas, elas crescem estioladas e feias. Caso ocorra alguma praga, como pulgões e cochonilhas, o combate pode ser feito com inseticidas orgânicos. Se a praga for as lesmas e caracóis, pode-se usar um lesmicida orgânico. Caso o problema seja uma doença, o ideal é substituir a planta doente por uma saudável. Se escolher o tratamento foliar, deve-se diluir 1 colher de chá do fertilizante Sulfato de Cobre em 1 Litro de água e pulverizar nas folhas das plantas 1 vez a cada 20 dias até o controle definitivo da doença.

TAGS: suculentas,; plantasemcasa,; jardimdesuculentas,; paisagismo,; floriculturaflores;

Facebook Facebook Facebook
Las

Silestone, quartzo, tirando duvidas!

18/07/2016

 Você já ouviu falar em Silestone ou Quartzo? Mesmo que nunca tenha ouvido esses termos, talvez já tenha visto a aplicação em casas, afinal a pedra é nova queridinha.

   A pedra é uma opção industrializada, que é composta por mais de 90% de quartzo e o restante de resina. Essa composição garante uma dureza enorme ao material, e, além disso, o fato de ser industrializada ainda resulta na ampla gama de tons. 

 

  -Diferença entre Silestone e Quartzo

   Ao contrário do que se imagina os dois não tem diferenças. A verdade é que Silestone é uma marca registrada, e por isso outros fabricantes não podem usar o mesmo termo, então a definição para a composição de quartzo e resina é chamada de quartzo stone.  

 

  -Características e usos

   Resistência como já disse, a pedra tem sua composição predominantemente de quartzo, material muito duro, e isso caracteriza a grande resistência do silestone. Sendo uma pedra indicada para bancadas por conta da sua altíssima durabilidade, que resiste até mesmo aos usos da cozinha ou do banheiro. 

  - Não absorção

 

  Uma característica importantíssima desse material é sua baixíssima capacidade de absorção, visto que algumas pedras como o mármore podem manchar ao longo do tempo por conta da absorção da água. E claro que na bancada, tanto da cozinha, como do banheiro é possível que tenha água, então, não daria para arriscar uma bancada absorvente.  

 

 

  - Não mancha

  Outra característica importante dessa mistura de quarto e resina é a baixa capacidade de manchar; uma vez que a pedra não absorve e isso também a caracteriza como uma opção para quem não quer ter problemas com manchas que não saem.

 

  -Cuidado com peças de 2ª linha

   Sabe aquele ditado “comprar gato por lebre”? É nisso que você deve manter a atenção. Alguns locais vendem uma peça bem similar ao quartzo stone, mas com qualidade  inferior. E o resultado é que a pedra não é tão resistente e pode implicar em manchas. Para não cair nesse erro, procure por uma loja confiável e que emita certificado de garantia, assim você garante que está comprando lebre silestone.   

 

 

  -Tipos e Cores de Silestone Stellar

  O modelo stellar é caracterizado por pequenos cristais que fazem parte de sua composição e ficam em evidência no ambiente.

 

  Liso

  A opção lisa não tem na sua composição os pequenos cristais, e por conta disso a peça é mais uniforme e homogênea, de modo a valorizar ainda mais o colorido. Neste tipo de acabamento também há uma ampla gama de tons, que variam do básico ao colorido.

 

 

TAGS: decor; silestone; quartzo; bellapietra; bancada; ;

Facebook Facebook Facebook
Las

DICAS PARA INCREMENTAR SEU JARDIM

07/12/2015

  -Pérgola, vasos na parede, horta... Há mil maneiras de deixar o jardim mais convidativo. Elegemos algumas delas para você se animar e começar o projeto de sua área externa ou varanda, agora mesmo!

 

Jardim interno lindo! A Floricultura Flores em Içara possui as mais variedades em plantas para você!

 

   -Teto ventilado

   Pérgola pode ser uma bela solução para varandas. Ferro e bambu são outros materiais comuns para a criação de pérgolas. O ferro dá um visual mais sofisticado. A madeira permite acabamentos variados. Ecológico e leve, o bambu é mais indicado para modelos suspensos. Independentemente do material, vale aplicar um verniz que proteja a peça de intempéries e chumbar a estrutura no piso ou na parede.

 

Vasos de parede para dar mais vida a sua cada. Você encontra na Floricultura Flores

 

   -Parede de escalada


   Quer ter um efeito parecido com o dos jardins verticais sem gastar tanto? Coloque vasos na parede! Para ficar ainda melhor, acrescente uma textura diferente ao espaço. Ao escolher os vasos, verifique se têm mesmo furos no fundo, para que a água excedente da rega não fique acumulada e apodreça as raízes. Forre a base com uma pequena camada de pedras ou argila expandida e, sobre ela, posicione uma manta de poliéster. Só então coloque o substrato e a muda: 2/3 de terra comum e 1/3 de adubo orgânico é uma boa mistura. Para que a terra fique mais drenada, acrescente também um pouco de areia. Atente a este detalhe: a superfície da planta deve ficar no mesmo nível da boca do vaso.

 

Vasos com cor e textuta diferente, lindos!!! Floricultura Flores

 

   -Orgânicos em casa


   Ter folhas verdes frescas ervas para um chá da tarde e temperos sempre à mão é uma delícia. E o melhor de tudo: sem agrotóxicos. Se você ainda não possui uma horta em casa, saiba que não há empecilhos, nem mesmo de tamanho, para planejar a sua. Vale plantar as mudas em cachepôs de aço galvanizado, em canteiros de terra, no quintal ou  em vasos. Analise com cuidado o local que receberá os temperos, pois o sol é um fator importantíssimo. As hortaliças devem receber luz natural durante a manhã ou à tarde por pelo menos quatro horas diárias. Importante: adube mensalmente com composto orgânico para renovar os suprimentos das plantas.

 

Lindas!! As suculentas são plantas fáceis de cuidar! Você encontra na Floricultura Flores

 

   -Rejeição zero


   Gordinhas e fáceis de cuidar, as suculentas são ótimas opções para jardineiros de primeira viagem. Em geral, essa família de espécies pede regas semanais, mas preste atenção nos sinais. Se perceber que a planta está murchando, aumente a quantidade de água; se as folhas da base começarem a apodrecer, diminua. Importante: a água deve ser direcionada para a terra, nunca para as folhas. Caso a suculenta fique pálida e fina, é porque não está recebendo a quantidade necessária de luz. Para proporcionar o crescimento por igual, gire o vaso de tempos em tempos.

 

TAGS: #jardim; #paisagismo; #decor; #loveit; #FloriculturaFlores; #trabalhoimpecavel; ;

Facebook Facebook Facebook
Las

ESCOLHENDO O REVESTIMENTO DA COZINHA

12/11/2015

  A cozinha vem ganhando destaque entre os ambientes, pois é um local para receber familiares e amigos. Sua decoração deve ser funcional, prática e bonita. Para deixar este cantinho com a sua cara e cheia de personalidade, há disponível no mercado os mais variados tipos de revestimentos para cozinha.

 

  Os revestimentos para cozinha são ideais para proteger as áreas molhadas (atrás do fogão e da pia) que estão constantemente expostas à gordura e umidade. Ao escolher um revestimento para sua cozinha, leve em consideração que a área poderá precisar de uma limpeza mais abrasiva e, caso o revestimento escolhido seja inadequado para locais úmidos (que absorvem muita água, por exemplo), poderá manchar ao acumular gordura e umidade.

Coleção Form Glass pastilhas de vidro no formato hexagonal  - Portinari -Tem na SULPISO

 

CERÂMICAS E PORCELANATOS COMO REVESTIMENTOS PARA COZINHA 

 

  Existe uma gama de materiais que podem ser utilizados como revestimentos para cozinha. Os revestimentos clássicos são os cerâmicos, pastilhas de vidro e pedras.

  Um detalhe que deve ser observado é não combinar cores claras com rejunte escuro, pois o resultado fica visualmente destoante.

 

Revestimento kingdon jade - Ceusa - Você encontra na SULPISO

 

REVESTIMENTOS COM PASTILHAS 

  As pastilhas de vidro são muito usadas em cozinhas modernas. São utilizadas em todas as paredes, ou apenas sobre a área molhada. São ideais para decorar com criatividade, sem necessidade de incrementar o ambiente com materiais diferentes. 

  Os tons mais neutros como o preto, branco, bege são o mais utilizados como revestimento de cozinha devido a facilidade de composição com as texturas dos armários. 

Cozinha com revestimento em pastilhas azul! Da SULPISO

 

REVESTINDO A COZINHA COM PORCELANATO IMITANDO MADEIRA

 

  Outra opção é porcelanato imitando madeira que proporciona um efeito sofisticado quando utilizado como revestimento para cozinha. Pode ser utilizado tanto no piso quanto nas paredes. É ideal para quem não quer revestir todas as paredes, usando apenas em algumas.

 

 

Cozinha com revestimento amadeirado - SULPISO

 

 

REVESTINDO A COZINHA PORCELANATOS IMITANDO PEDRA

 

   O revestimento de cozinha em pedra, por sua vez, costuma ser mais caro. Entretanto, há alternativas similares como o porcelanato, que tem um visual muito parecido por um custo mais acessível.

 

 

Revestimento imitando pedra, lindo e sofisticado - SULPISO!!

 

Revestimento imitando pedra - Mont Blanc - Eliane - SULPISO

TAGS: #cozinha; #revestimentos; #decor; #sulpiso; #interior; #detalhes; #loveit;

Facebook Facebook Facebook
Las

Tem a cozinha do dia a dia - e tem a cozinha gourmet!

10/08/2015

O novo ambiente surgiu há alguns anos e virou sonho de consumo de muita gente. Afinal, é muito gostoso bancar o chef e convidar os amigos para um jantar descontraído em volta do fogão ou churrasqueira. Ali, o céu é o limite: vale investir em equipamentos de última geração, móveis e acessórios de design e revestimentos sofisticados.

Como planejar o meu espaço Gourmet?

Uma churrasqueira, um forno de pizza, uma mesa generosa e com vários assentos são, sem dúvida alguma, pontos que não descartamos quando idealizamos um espaço de lazer e gastronomia dentro de nossos lares.

Vamos para algumas dicas então:

  • Escolha bem os materiais

Materiais fáceis de limpar e que não acumulem muita gordura são as pedidas para estas áreas. Pedras sintéticas são boas alternativas e estão em alta pois resistem a riscos e manchas, além de ter muita opção de cores.

  • Atenção na circulação

  Como é um espaço com maior fluxo de pessoas, fique atento às medidas mínimas confortáveis para a circulação. O ideal são espaços maiores que   80cm.

  • Evite quinas 

 Mesinhas de vidro e outros móveis com quinas podem machucar, principalmente se tiver crianças por perto.  Deixe aquela linda mesa de centro em vidro para a sala de estar.

  • Paisagismo

Uma vegetação sempre agrega beleza aos espaços. Invista em cachepós e plantas suspensas na falta de espaço.

 

Decida o tema

 Por ser uma área informal de lazer, você pode optar pelo rústico, com cadeiras de madeira, tons fortes na parede como terra, coral ou vermelho e churrasqueira de tijolos. Se a área for pequena, privilegie cores claras, que ajudam a ampliar o ambiente e deixar tudo mais clean.

Afaste a geladeira

Um dos erros mais comuns é deixar a geladeira próxima à churrasqueira e isso afeta o desempenho de ambos. De preferência deixe a pia entre a churrasqueira e a geladeira.

 

Seja prático

Neste espaço, que muitas vezes é pequeno, a decoração precisa facilitar. Não há o espaço grande da cozinha, onde todos os utensílios estão guardados, então deixe apenas o que for essencial. Aplique imãs nas paredes para segurar facas, tenha tábuas à mão e não se esqueça de deixar tudo no alto, longe das crianças!

Lembre-se da limpeza

O piso não deve ser escorregadio e precisa ajudar na limpeza. Escolha materiais como azulejos e pastilhas que não acumulam gordura e são fáceis de limpar.

  • Revestimentos

Revestir a churrasqueira com pastilhas, filetes de pedra e outros materiais levando em conta a funcionalidade e durabilidade.

  • Cores

Almofadas, painéis, objetos coloridos, a mistura de cores é bem-vinda neste espaço que remete ao lazer!

  • Iluminação

Abuse de pendentes coloridos, divertidos.

 Os principais erros cometidos em espaços gourmet são:

Colocar a geladeira próxima à churrasqueira/forno a lenha, o que prejudica seu desempenho.

Bancada/balcão longe da pia e churrasqueira/forno, o que dificulta o acesso ao preparo dos alimentos.

Falta de colocação de vidros (no caso de varandas) ou coberturas (quintal), sendo que no caso de uma chuva o espaço se torna inutilizável.

Em espaços pequenos, ao invés de cadeiras, prefira o uso de banquetas pequenas ou até bancos maiores, para acomodar mais amigos.

Quantos mais utensílios melhor, para evitar o entra e sai da casa para o espaço.

 

Algumas ideias para dar uma repaginada no seu espaço gourmet:

  • Revestir a churrasqueira com pastilhas, filetes de pedra e outros materiais levando em conta a funcionalidade e durabilidade;
  • Uso de ladrilhos hidráulicos ou até adesivos que imitam estes na bancada;
  • Trazer o verde ao espaço: plantas e flores são muito bem-vindas, lembrando que não podem estar muito próximas da churrasqueira/forno, uma boa pedida são jardins verticais;
  • Cores: Almofadas, painéis, objetos coloridos, a mistura de cores é bem-vinda neste espaço que remete ao lazer!

 

TAGS: #decor; #decoração; #cozinha; #cozinhagourmet; #amodecor;

Facebook Facebook Facebook
Las

A madeira continua em alta, assim como o cimento.

13/05/2015

  Os revestimentos que trazem a rusticidade da madeira para dentro de casa e as pedras naturais então em alta esse ano. As grandes cerâmicas recriam com muita tecnologia esses matérias em seus porcelanatos de alta qualidade e resistência.

  Vale ressaltar que o cimento no piso e nas paredes, continua em alta, mas já aparece comum leve polimento, renovando o material. Do mesmo modo, as superfícies porosas que remetem ao tijolo surgem com variações de tons acinzentados em rústico natural. Sem falar nos relevos, que vieram para ficar!

  De uma passadinha na Sulpiso e veja todas as novidades em revestimentos, de todas as maiores marcas.

 

TAGS: Madeira; Cimento; Decor;

Facebook Facebook Facebook
Las

Quando o revestimento das paredes faz a diferença

13/04/2015

  A escolha do revestimento das paredes da sua casa vão fazer uma total diferença no visual do seu décor.Os mosaicos feitos a mão, da Pietre Colorate são a prova disso, eles tem o poder de transformar ambientes, são inúmeras as opções, vários tipos de pedras e infinitos cortes.

Para ficar perfeito, abuse na iluminação, para acentuar o efeito do relevo!

Mosaico em Pedra Caxambu Branca

Mosaico em Pedra Caxambu Branca

TAGS: Revestimento; Pietre; Colorate; ;

Facebook Facebook Facebook
Las

Os maiores erros ao decorar

07/04/2015

Aprenda a evitar os erros mais comuns que cometemos na hora de reformar ou redecorar os ambientes!

Nem sempre podemos contar com ajuda especializada para uma pequena reforma ou apenas uma leve alteração no nosso décor não é mesmo? As vezes preferimos reservar os conselhos especializados para aqueles momentos em que realmente precisamos de ajuda especializada como projetos maiores em que trocamos tubulações, fiação elétrica ou quando é inevitável derrubar uma parede, e abusamos das nossas pesquisas em referências e inspirações na hora de colocar a mão na massa!

Saiba quando parar

 Procure não exagerar na quantidade dos móveis, garantindo que haverá um espaço suficiente e confortável para a sua circulação e a de visitas e prevenindo seu ambiente de parecer apenas um acumulado de peças sem sentido. Procure organizar a mobília de forma a criar movimento e harmonia

Não tente fazer algo caber

Procure saber as medidas do seu espaço, e verificar na loja antes de adquirir sua mobília qual o tamanho e profundidade de cada peça. Dessa forma você evita que a sua decoração fique entulhada ou comprar móveis demais ou de menos para a sua decoração.

Menos é mais

Procure não usar acessórios em excesso, para evitar que o espaço fique com uma sensação de entulhado. Opte por objetos que além de bonitos, são práticos para o seu dia a dia e possuem alguma função. Almofadas fofinhas, mantas e bandejas são ótimos exemplos de objetos que além de ajudarem na parte visual da decoração, também são super práticos para a sua rotina.

 Foco na iluminação

 A iluminação faz toda a diferença na decoração. Procure evitar apenas uma iluminação central no espaço e invista em várias fontes de iluminação indireta como por exemplo abajures de mesa ou de chão.

Na dúvida escolha mobília neutra

Caso você goste de mudar o décor dos seus espaços com maior frequência, ou não queira se comprometer com apenas uma decoração recomendamos escolher revestimentos em cores neutras para a sua mobília, que funcionem tanto com tons claros e alegres quanto com tons mais escuros e sóbrios. São elas: materiais naturais (madeiras e pedras em geral), branco, bege, marfim, caramelo e cinza claro.

Não esconda suas janelas

Um dos maiores erros cometidos é pendurar o varão da cortina em uma altura muito baixo. Isso faz com que o ambiente pareça menor e mais apertado e desvaloriza a beleza e luz que são tão características de janelas. Procure pendurar suas cortinas próximas ao teto para deixar o espaço mais amplo, e valorizar suas janelas.

Não empurre toda a sua mobília contra a parede

Empurrar toda a sua mobília contra a parede é o mais fácil a se fazer, porém isso cria um distanciamento no espaço e aquela sensação de vazio no meio do ambiente. Aproxime sua mobília uma da outra e crie pequenos espaços mais intimistas, propícios para relaxamento e boas conversas. Use uma das paredes como base e o restante da mobília ao seu redor como suporte.

 

Acima de tudo o melhor conselho que podemos dar é: confie no seu gosto

TAGS: Erros; Decorar; ;

Facebook Facebook Facebook
Las

juliane cardoso

Juliane Cardoso - Suelen Serafim

Projetos criativos ambientes planejados para refletir a alma de seus moradores. 

...

SulpisoKasar

Facebook

Bella PietraInatec
Gabriel ConstruçõesEleganzaVitrolAmbience DecorAmbience DecorAmor e CarinhoPonto das TintasPonto das tintasVidraçaria Decor GlassFibra SulMorro Estevão Plantas OrnamentaisMarquesa Home
Juliane Cardoso 2014 © Todos os direitos reservados