Las

Detalhes para cozinha

19/09/2019

Para fugir no convencional em qualquer decoração aposte nos detalhes! Separamos dicas de detalhes de acabamentos para cozinha que vão deixar a sua cozinha ainda mais linda.

Espelho nos armários

Espelhos vão bem em qualquer ambiente para ampliar o espaço, distribuir melhor a luz e deixar o ambiente sofisticado. Na cozinha, um bom lugar para incluir espelhos é na porta dos armários.

Nicho decorativo

Objetos em exposição sempre dão um toque decorativo ao ambiente. Em cozinhas o mais usual é ter armários com portas em todos os espaços para esconder a “bagunça” de louças do dia a dia mas uma ótima opção é escolher estrategicamente um espaço para colocar um nicho decorativo. O nicho decorativo, como o nome diz, não é um espaço funcional e sim destinado para ser usado com objetos de decoração e para dar um toque diferenciado na cozinha. Livros de receita, vasinhos, peças cerâmicas e utensílios de design bacana são ótimas opções para preencher estes nichos.

Frontão iluminado

A iluminação é um detalhe que da um super destaque ao ambiente. O mais comum é usar a fita de LED iluminando a parte de baixo do armário aéreo e é bacana ver como uma simples mudança na localização da iluminação fez bastante diferença no conjunto.

Bancada de quartzo branco

A bancada branca na cozinha esta super em alta e eu entendo porque: o branco é um elemento coringa e fica fácil combiná-la com qualquer tipo e cor de revestimento. Quando usamos bancadas de pedra natural, como o granito, a textura e cor da pedra acaba influenciando na escolha dos demais revestimentos que devem compor com este elemento. Uma bancada branca, além do aspecto de higiene e limpeza, da uma super liberdade estética na hora de escolher os demais acabamentos do ambiente.

Torre de equipamentos cinza

Uma ótima opção para dar destaque a cozinha é escolher um material diferente para a torre de equipamentos. A torre é um elemento de grande destaque visual na cozinha e escolher um material diferente para ela ajudará a destaca-la ainda mais. Se você pensa usar mais de um tipo de acabamento para os armários a torre é uma ótima opção para variar o revestimentos sem correr o risco de deixar a composição carregada.

 

TAGS: ;

Facebook Facebook Facebook
Las

O que são os porcelanatos de grandes formatos?

16/09/2019

Os porcelanatos de grandes formatos são peças com medidas amplas, totalmente capazes de contribuir com a composição estética de um ambiente. As placas desse tipo de porcelanato alcançam tamanhos variados entre 30x180 a 300x100. Essas variantes proporcionam inúmeras possibilidades em aplicações uniformes e elegantes, desde paredes a pisos e bancadas.

Além disso, o aspecto visual proporcionado é totalmente contemporâneo e mostra-se cada vez mais frequente.

Qual a principal diferença para os porcelanatos comuns?

Além de permitir uma visão muito à frente na arquitetura moderna, os porcelanatos de grande formato replicam a beleza das peças de madeira, mármore e pedras, assim como nos modelos tradicionais. No entanto, a principal diferença entre os dois tipos é o aspecto uniforme que os de grande formato apresentam, pois possuem menos junções. Para locais que pedem esse cuidado estético com as emendas, eles são peças ideais.

Onde posso instalar esse tipo de porcelanato?

Os porcelanatos de grandes formatos podem ser instalados em diversos ambientes: salas, terraços, áreas comerciais, dormitórios, etc. No entanto, de acordo com a peça, existem algumas recomendações. Vamos conferir?

  • Porcelanatos polidos: são os porcelanatos de superfície lisa, cuja peça final recebe uma camada de polimento e proteção. Por conta disso, podem ser um pouco escorregadios; logo são indicados para salas, dormitórios, cozinhas, lavabos e áreas secas.
  • Porcelanatos naturais: os porcelanatos naturais são bastante resistentes e pouco escorregadios. Logo, são recomendados para ambientes como banheiros (dentro e fora do box), sacadas, área de serviço e espaços internos ou externos.
  • Porcelanatos externos: são os tipos recomendados especificamente para áreas externas, como o nome sugere. Pátios, decks, garagens, piscinas e demais ambientes que tenham contato constante com a água.

Porceanato Eliane

 

 

TAGS: ;

Facebook Facebook Facebook
Las

Revestimentos para Bancadas de Cozinha

04/09/2019

 

Parte 2

 

Azulejo e Pastilhas

Azulejos e Pastilhas também são boas opções para revestimentos de bancadas, têm um baixo custo e podem ser assentados sobre bases de pedra, concreto ou compensado. Algo que deve ser levado em consideração são os rejuntes, que devem ser feitos de epóxi para evitar manchas. Caso seja feito com o rejunte semelhante ao que usamos para assentar azulejos na parede, podem ficar escurecidos e absorver sujeiras devido a sua porosidade.

Com azulejos ou pastilhas de diversos acabamentos em metal, vidro e várias cores para se colocar na bancada, temos que tomar cuidado com panelas quentes, pois podem trincar os revestimentos e estragar o projeto.

Epóxi

Bancadas revestidas com resina epóxi têm grandes vantagens por não serem porosas, terem maleabilidade em seu material (possibilitando a cuba ser em uma mesma peça, por exemplo) e sua boa durabilidade. O único cuidado a ser tomado está relacionado às temperaturas, que podem amarelar a superfície da bancada.

Porcelanato

Os  revestimentos para bancadas em porcelanato são feitos da mesma forma das bancadas de pastilhas ou azulejos, sendo um pouco mais fácil por ser um material maior. As chapas são cortadas em grandes dimensões e coladas com massa plástica.

Seu acabamento é quase como uma única placa, apenas com as juntas dos encontros entre as peças, mas se o acabamento for bem feito elas ficam quase invisíveis! Tem uma grande diversidade de cores, acabamentos de bordas e também podem ter suas cubas “esculpidas” formando uma única peça.

 

Mármore Composto

Conhecidos como Silestone, quartzo, Techinostone ou Marmoglass, os mármores compostos são chamados assim pois se tratam de pedras industrializadas, misturas de quartzo com resinas sintéticas. É um dos mais indicados na nossa lista de revestimentos para bancadas pois são resistentes, duráveis e extremamente higiênicos por receberem tratamento anti-bactericida.

Nanoglass

Nanoglass também é um material industrializado, porém formado de pó de mármore e vidro, possui fácil higienização e não mancha, pois não tem a menor porosidade. É extremamente branco e brilhoso, sendo de fácil composição no projeto da sua bancada para cozinha. Temos que tomar alguns cuidados com o Nanoglass, pois como é uma superfície muito rígida, ele pode trincar, e diferente do mármore composto não há possibilidade de reparos sem a troca do vidro.

 

 

TAGS: revestimentos; cozinha; decoracao; cozinhagourmet; silestone; quartzo; granito; marmore; pia; bancada;

Facebook Facebook Facebook
Las

Revestimentos para Bancadas de Cozinha

02/09/2019

 

Parte 1

Para finalizar o seu projeto nada mais adequado do que escolher o melhor material para a sua cozinha, mas como sabemos que muitas dúvidas surgem nesta hora elaboramos uma lista com Revestimentos para Bancadas de Cozinha.

Antes de começar a nossa lista temos que considerar na escolha dos materiais os seguintes aspectos: A higiene da bancada para evitar a proliferação de fungos e bactérias, a durabilidade para o custo-benefício ser vantajoso, a baixa porosidade para evitar infiltrações e manchas, a praticidade na nossa rotina e a beleza que com certeza vai agregar valor e elogios ao seu ambiente. Agora, vamos conhecer os revestimentos para bancadas!

Aço Inox

Com aparência moderno e tecnológico, o aço inox traz ao ambiente um clima high tech, muito usado em cozinhas industriais e muitas cozinhas residenciais também estão aderindo a esta tendência,

O aço Inox é um material que possui grande resistência a altas temperaturas e oxidação, um dos melhores revestimentos para bancadas de cozinha. Por serem compostos por uma peça única, oferecem extrema higiene (pois impedem o acúmulo de sujeira) e ainda podem receber acessórios como lixos embutidos, escorredores e cubas.

Mas deve-se tomar cuidado com riscos e batidas, pois facilmente se marcam e podem perder o brilho com alguns produtos químicos. A limpeza sempre deve ser feita no sentido do escovamento do aço. O preço varia de acordo com a espessura e acabamento do material, ficando mais caro quanto mais resistente e bem acabada for a peça.

Concreto

Dispondo de um visual contemporâneo, o concreto tem sido uma grande aposta nos projetos de interiores por ser prático e econômico. Seu visual é homogêneo, pode ter efeito rústico e poroso (podendo não dar a possibilidade de perfeita higiene por ser facilmente manchado) ou brilhante com a aplicação de produtos resinados como o tecno cimento que contém resina hidro fugante.

No caso dos revestimentos para bancadas de cozinha em concreto, o material deve ser bem tratado para manter o contato com a água evitando que sua porosidade se torne um transtorno, pois rachaduras, manchas e infiltrações são possíveis problemas com este tipo de acabamento.

Granito

Sendo uma pedra natural e de baixo custo, o granito é um material de extrema importância na nossa lista de Revestimentos para bancadas de cozinha. Resistente a impactos, riscos e altas temperaturas, tem uma grande durabilidade e facilidade em sua manutenção e limpeza, mas tome cuidado com ácidos, o granito é frágil a eles e pode perder o brilho e provocar ferrugens.

O Granito é um material muito abundante no Brasil e de fácil acesso ao material. Tem como característica estética um desenho granulado com diversas variações de cores, caso prefira cores mais sólidas existem granitos mais escuros que podem parecer mais lisos, como o preto absoluto e o marrom absoluto.

 

Madeira

Trazendo aconchego e esquentando o ambiente, a madeira é muito usada em bancadas de cozinhas europeias e escandinavas, possui fácil instalação por dispensar cimento e água mas não é uma das alternativas mais econômicas e aconselháveis para os revestimento de bancadas molhadas, pois haverá necessidade de uma cuba com prancha de alumínio ou aço nas laterais que geralmente são importadas, o que irá aumentar seu custo.

A madeira por ser porosa e permeável não suporta objetos pontiagudos ou panelas muito quentes, elas podem deixar marcas impossíveis de serem tiradas depois. Se mesmo assim seu projeto pedir uma bancada de madeira, você pode cobrir a bancada com um vidro temperado resistente.

TAGS: revestimentos; cozinha; decoracao; cozinhagourmet; silestone; quartzo; granito; marmore; pia; bancada;

Facebook Facebook Facebook
Las

Porcelanato. Confira as principais tendências

03/07/2019

Pensando em revestir sua casa? Antes de colocar as mãos à obra, conheça as principais tendências de porcelanato e qual a melhor indicação para você.

  

Eles são lindos e dão um ar de charme e sofisticação a qualquer ambiente. Não é à toa que os porcelanatos conquistam cada vez mais adeptos quando se fala em revestimento e decoração. Suas principais características são a uniformidade de cores, alta resistência a produtos de limpeza e atritos físicos e baixíssima absorção de água. Por isso, são ótimas opções de revestimento para ambientes internos e externos, assim como para bancadas de cozinha ou pias de banheiro.

Com acabamento opaco ou esmaltado, são inúmeras as variações de porcelanato e sua utilização na decoração de ambientes. Confira as principais tendências do material no décor:

Porcelanato em grandes formatos 

Como o nome sugere, porcelanatos em grandes formatos são indicados para o revestimento de áreas maiores. O material adiciona cor e leveza ao ambiente de maneira sutil, além de exigir menos reparos e menos rejunte para juntar as peças. Por fim, a unidade de tons oferecida pelo porcelanato em grandes formatos reforça a sensação de amplitude de grandes ambientes, deixando-os mais bonitos. Para revestir com elegância, invista em peças com cores e texturas que imitam o mármore, tanto em cores mais escuras quanto em cores mais claras. Apesar de se encaixar perfeitamente em grandes ambientes, essa textura de porcelanato também combina com corredores, banheiros, halls de entrada e até mesmo escritórios.

Porcelanato cimentado

As vibe mais rústicas na decoração continuam em alta! Por isso, se você está a fim de deixar seu quarto ou sala de estar com um aspecto mais moderninho, investir nesse tipo de porcelanato pode ser uma ótima escolha! Além de te poupar de toda a trabalheira de ter que criar uma parede de cimento queimado do zero, esse tipo de revestimento não faz muita sujeira ou bagunça em seu processo de instalação, e pode ser aplicado tanto nas paredes quanto no chão de ambientes internos, assim como em bancadas de pia em lavabos e banheiros.

Porcelanato amadeirado

 Essa variação de porcelanato é para quem busca um revestimento com o aspecto rústico e artesanal da madeira, mas com um pouco mais de resistência e durabilidade. O porcelanato amadeirado funciona bem para qualquer tipo de ambiente, seja interno ou externo, e pode ser aplicado em paredes, bancadas ou no chão. Cozinhas, churrasqueiras, decks, jardins, quartos,
banheiros… sua versatilidade é imensa! Além disso, tem um valor mais baixo que os demais tipos de porcelanato.

 

TAGS: ;

Facebook Facebook Facebook
Las

Você já conhece o Silestone? Veja tudo sobre esse material super prático para cozinhas e banheiros!

24/06/2019

Muitos não sabem, mas o Silestone é na verdade uma marca, e não o material em si. Ela foi criada pela Consentino, empresa espanhola global que produz e distribui superfícies inovadoras para o mundo do design . Mas devido à sua utilização em larga escala, o nome Silestone acabou sendo usado informalmente para descrever um material produzido por meio de alta tecnologia, formado por quartzo natural e outros compostos, como vidro e elementos metálicos.

As peças são uniformes, em sua maioria, com uma superfície lisa, sem irregularidades ou texturas e que reflete bastante brilho. Sua composição proporciona altíssima resistência e durabiliadde. Hoje, existem outras empresas que produzem esse material, no entanto a sua composição pode variar de um fabricante para outro.

Como identificar o silestone?

O silestone é um material fabricado com alta tecnologia, o que resulta numa pedra industrializada. Sua aparência parece até bem natural. As peças costumam ser uniformes, de superfície lisa, sem rugosidade e com um brilho cintilante

Como é feito o silestone?

Composto de cerca de 94% de quartzo natural. Somado a isso, deve-se ter uma combinação de corantes e resina de poliéster – que faz o envelopamento das chapas através de um processo chamado Sistema de Vibrocompressão a Vácuo.

 

Tipos de silestone 

Ao comparar as placas da pedra pode-se notar que há as opções mais lisas, com mais veios ou com algum tipo de granulagem. Pois bem, é que existem tipos diferentes de silestone.

Quanto aos padrões, há as peças lisas, com veios e com granulagem fina ou grossa.

Quanto às cores, são mais de cinquenta tons, como branco, creme, cinza escuro, rosa, vermelho, preto e castanho. Em relação aos acabamentos, são três os tipos mais comuns , polido, suede e volcano.

O acabamento polido é o mais tradicional. Ele tem uma superfície brilhante, os detalhes do material são mais nítidos e a peça é mais bem protegida.

No suede a superfície é mais fosca, chegando a ser opaca. E no vulcanizado a superfície tem pequenos buracos, tornando o material poroso e texturizado.

 

Aplicações do silestone

O silestone é indicado pelos especialistas para ser usado em propostas de decorações de interiores. Essa pedra é excelente para revestimento de bancadas, chãos e paredes de cozinhas e banheiros, por exemplo.

 

 

TAGS: silestone; bancada; bancadadesilestone;

Facebook Facebook Facebook
Las

Novidades da Euroluce, feira de Milão

13/06/2019

A Euroluce é a Exposição Internacional de Iluminação, funciona ao mesmo tempo do Salone del Mobile Milano. A feira ocorre na cidade italiana a cada 2 anos. O evento nasceu em 1961 com o fim de promover a exportação italiana de móveis e complementos, compromisso que foi alcançado mediante a divulgação da qualidade dos móveis italianos pelo mundo, e hoje, reúne grandes nomes internacionais do setor e uma enorme variedade de produtos e profissionais do mundo inteiro.

Cerca de 2500 expositores, em uma área de exposição de mais de 270 mil metros quadrados apresentaram suas novidades a mais de 370 mil visitantes de 165 países que estiveram lá em busca das principais tendências.

Confira com a gente um pouco do que rolou para você ficar antenado e conhecer as principais tendências e o que há de mais atual no segmento para você se inspirar e entender os diferentes itens de iluminação e seus desempenhos, além de te ajudar a descobrir o seu estilo para você arrasar na decoração! Assim como nós, você vai se apaixonar!

Novidades

Lustres: clássicos ou contemporâneos, os lustres são peças que valorizam o ambiente. Apesar de iluminar, sua função fundamental é decorar, devido ao efeito visual de sofisticação que ele proporciona.

Contando um pouquinho de sua história, os lustres surgiram no final do século XVII, um item majestoso e símbolo de luxo e riqueza, onde só os reis e nobres os possuíam. Fabricados artesanalmente a pedidos especiais, os objetos tinham a função de iluminar as enormes mesas de refeições e jantares dados pelos mais afortunados e sua iluminação era composta por diversas velas. Ainda hoje continua sendo um símbolo de status e bom gosto. São indicados para salas de jantar e estar, locais com pé direito duplo, além de quartos, hall, etc.

Considerados um dos elementos de iluminação mais impactantes, a feira apresentou uma mistura de conceitos contemporâneo, onde a tendência é certamente a ousadia e leveza do aço. Compondo diferentes formas, orgânicas e curvilíneas, os aços dourados e acobreados predominaram, além de muitos cristais e pontos de luz.

Pendentes

As luminárias pendentes também são decorativas, mas, diferentes dos lustres, são peças sem ramificações (braços), descem do teto por fios elétricos e, em certos casos, através de cabos de aço pendurados no teto, o que torna a iluminação mais funcional e focada, sendo ideais para iluminação de bancadas, mesas de refeições e de trabalho, mezaninos e pé-direito-duplo, laterais de cama, podendo inclusive substituir os lustres, criando um conceito mais jovial e contemporâneo. Elas também podem ser bem impactantes e protagonistas do ambiente. Esses modelos foram alvo de muitas fotos e contemplações devido a sua criatividade poética e originalidade na composição dos materiais e em suas formas orgânicas, criando movimento e leveza.

Divertidas

 Além de charmosas, esses modelos apresentam um estilo minimalista e descontraído. Por serem compostas de vidro e cabos de aço, o resultado é leve e criativo, além de ter com um valor mais acessível. Como já dizia o arquiteto alemão Ludwig Mies van der Rohe: “Menos é mais”.

Arandelas

 Luminárias do tipo arandela são aquelas fixadas à parede, além de muito funcionais do ponto de vista luminotécnico, também podem ser peças decorativas e que oferecem uma luz difusa, sem agredir os olhos. São indicadas em locais onde a luz não é a protagonista, portanto, funcionam em ambientes que precisam ser iluminados de forma leve e despretensiosa, como fachadas, corredores, banheiros, varandas e dormitórios. Para a maioria dos casos, a altura ideal de uma arandela é entre 2,00 e 2,20 m para casas com pé-direito normal (entre 2,50 e 2,70 m). Essa regra também vale para banheiros e lavabos, onde existem espelhos. Já em dormitórios, arandelas são usadas como luz de cabeceira e devem ser fixadas a 1,00 ou 1,10 m de altura, sobre criados-mudos. Lembrando que cada caso exige um projeto diferente, variando de acordo com a altura dos moradores e seus objetos. Existem diferentes formas para você se divertir e ousar, apresentando modelos retráteis, onde através de braços, podem alcançar certas distâncias. Há também as coloridas, para ambientes e clientes mais descontraídos. Com cúpulas, imitando abajures ou de metais. Formatos que lembram flautas , tubes e espirais, tem para todos os gostos!

 

 

TAGS: decor; decoraçao; decoracaodeinteriores; iluminacao; lustre; luminarias; pendentes; plafons;

Facebook Facebook Facebook
Las

Descubra as lindas bancadas de Porcelanato

01/05/2019

Hoje eu trago para vocês uma alternativa super bacana de material para bancadas! Vocês conhecem a bancada feita de porcelanato? O porcelanato é uma pedra sintética feita com alta tecnologia e é possível utilizá-lo para a produção de bancadas com resultados excelentes.

Onde usar uma bancada de porcelanato

O porcelanato é indicado para todo o tipo de bancada: cozinha, banheiro, balcões etc. Ele é um material super resistente e pouco poroso (ao contrário das pedras naturais) por isso é higiênico, não mancha e evita a proliferação de bactérias.

Quando se pensa em porcelanato a gente pensa logo no piso certo? Mas é isso mesmo, as bancadas são montadas com a mesma placa que é utilizada para piso, a diferença é que uma empresa especializada escolhe cuidadosamente as placas, de marcas de qualidade e com tamanho correto, e executa o projeto para que não haja risco de manchas e evitando emendas aparentes.

Durabilidade e manutenção

A bancada de porcelanato porcelanato tem uma durabilidade incrível. Por ser um material pouco absorvente, quase impermeável as manchas são incomuns.
As bancadas deste  material não necessitam de cuidado em especial, uma lavagem simples com detergente já é o suficiente para limpeza. Para realçar o brilho costuma-se usar saponáceo cremoso ou álcool quando necessário.

Vale ressaltar que a bancada de porcelanato é resistente a peso e a variação de temperatura o que permite a instalação de cooktop sem problemas.

 

TAGS: decor; decoracao; decoracaodeinteriores; ; designdeinteriores; porcelanato; bancada; cozinha; decorbanheiro; lavabo;

Facebook Facebook Facebook
Las

Tampos e Bancadas em porcelanato

27/11/2018

As bancadas em porcelanato estão com tudo na decoração. Já pensou poder usar peças de porcelanato para personalizar a sua bancada?

O uso dos porcelanatos de grande formato é uma tendência que veio para ficar, pois além de utilizar as peças como revestimentos para pisos e paredes a novidade é utilizá-lo em móveis. Os formatos grandes possibilitam o uso em tampos de cozinhas, banheiros, churrasqueiras, lavanderias sem a necessidade de muitas juntas, proporcionando um visual bem clean ao tampo e diminuindo o acúmulo de sujeira nos rejuntes.

Além de serem perfeitos para uso em áreas molhadas, pois a absorção de água é quase nula.

 

Com a tecnologia da impressão digital há uma enorme variedade de acabamentos muito fiel à realidade como mármores, pedras naturais, madeiras, concreto, etc…

Assim a criatividade pode rolar solta para que o ambiente tenha o estilo que você deseja.

Para todos os estilos:

-Se você deseja um ambiente rústico, opte pelos porcelanatos amadeirados.

-Se a ideia é um ambiente minimalista, opte por aqueles mais neutros como Mármore Calacata, Carrara…

-Para um ambiente clássico e elegante, sem dúvida os revestimentos marmorizados em tons escuros contrastando com metais dourados são uma tendência!

-Para um estilo industrial você pode compor um porcelanato cimentício.

E possivel ousar ainda mais e utilizar o porcelanato como tampo de mesa ou revestindo moveis.

-Outra dica também é utilizar o mesmo padrão de revestimento usado no piso e parede para combinar com tampos e móveis, proporcionando um visual bem clean e minimalista.

TAGS: ;

Facebook Facebook Facebook
Las

BANCADAS DE GRANITO VS QUARTZO

18/07/2018

Na hora de decidir qual material usar para sua bancada de cozinha, não tem erro se você escolher quartzo ou granito. Esses materiais não apenas vão proporcionar dinamismo ao seu lar, como também cada um deles conta com as próprias vantagens. Quanto à manutenção, as bancadas de quartzo trazem vantagens que a própria natureza não é capaz de trazer, enquanto o granito exige mais manutenção. Nem o quartzo nem o granito vão decepcionar em termos de estilo e aparência geral.

Bancadas de quartzo

As bancadas de quartzo são fabricadas a partir de quartzo natural, um dos minerais mais duros encontrados na Terra, e pequenas quantidades de vidro ou partículas metálicas são acrescentadas para gerar variedade, resultando em lindas bancadas. Outra vantagem do quartzo é que é um material não poroso, sua textura não permite o crescimento de bactérias e é resistente a manchas, protegendo sua família e facilitando a limpeza da cozinha. Por esta razão, as bancadas de quartzo nunca precisam ser impermeabilizadas.

Além da durabilidade que o quartzo propicia, este material é bonito e a grande variedade de opções de cores sem dúvida vão chamar sua atenção. Há quase uma infinidade de opções, pois o quartzo varia desde tons naturais, como brancos, pretos e marrons, até outros tons, como dourados ou azuis. O desenho de uma bancada de quartzo não só traz personalidade para sua cozinha, como também oferece vantagens de desempenho que superam às de outros materiais tradicionais.

Bancadas de granito

Outro dos materiais mais rotineiramente utilizados em bancadas é o granito. Assim como o quartzo, este material também é muito resistente. O granito é uma rocha natural que é cortada em seu estado natural e depois é polida para ser utilizada nas residências. É recomendável realizar manutenção após cada uso para impedir a formação de manchas no granito. Para limpá-lo e manter o brilho da peça, use água morna e sabão.

Um material tão forte é difícil de riscar e é capaz de resistir a mudanças de temperatura. Por ser uma pedra natural, o granito não fornece uma gama de opções de cores tão vasta, e cada peça é diferente; portanto, muitas vezes, é necessário planejar a cozinha em torno da peça escolhida. Dito isso, nem sempre é simples planejar uma cozinha em torno de uma bancada de granito.

 

TAGS: ;

Facebook Facebook Facebook
Las

Com qual cuba eu vou?

24/05/2018

Quem está construindo ou reformando, na fase de escolher as louças dos banheiros sempre bate aquela dúvida: qual tipo escolher? Qual é melhor? Qual é mais fácil de limpar?

Então vamos às diferenças que existem entre os principais modelos de cubas existentes no mercado.

As cubas de embutir são os tipos mais conhecidos e mais econômicos. São coladas por baixo da bancada e esta precisa ter um recorte na medida exata da cuba.

As cubas de apoio são peças colocadas inteiramente sobre a bancada e precisam apenas do furo para o escoamento da água.
Fiquem atentos às torneiras para este tipo de cuba, pois elas devem ser de parede ou então deve-se adquirir uma torneira mais alta do que a cuba utilizada. E tenha uma atenção especial também à altura da bancada que deve ser mais baixa do que o comum.

As cubas de semi-encaixe são ideais para quem não pode fazer uma bancada com grande profundidade. Elas são encaixadas apenas pela parte de trás, e a parte da frente fica para fora da bancada.

Para banheiros pequenos não esqueça de verificar a abertura da porta, pois caso for perto da cuba, talvez tenha que fazer a troca por uma porta-camarão ou porta de correr em trilho.

Este tipo de cuba também tem a opção de vir com toalheiro já embutido na parte frontal.

 

As cubas de parede, como o nome já diz são fixadas diretamente na parede sem precisar de bancada. Mas também podem ter o apoio de bancadas, e neste caso não precisam de materiais que suportem muito peso já que o peso estará distribuído na parede. Elas ficam lindas em bancadas de vidro por exemplo!

E pra finalizar, as cubas esculpidas são feitas no mesmo material da bancada. Podem ser de granito, mármore, silestone, nanoglass, porcelanato, entre outros. Não necessitam de adquirir uma cuba separada e ainda fazem o ralo ficar escondido com um rasgo no fundo abaixo da rampa.

TAGS: ;

Facebook Facebook Facebook
Las

O Quartzo Stone é um Silestone

22/11/2017

O Silestone, como esse material é mais conhecido, é uma marca registrada e, assim como outras marcas pioneiras, o nome é usado para descrever o material ao qual ele se refere, tipo Omo, Cotonete, Bombril… Mas existem vários similares com as mesmas propriedades e pequenas diferenças na composição e nas cores. O Quartzo Stone é um deles.

O Quartzo Stone é um material sintético (composto de 94% de quartzo natural), que tem como grande vantagem a alta resistência + as cores uniformes. É ideal para ambientes internos, como bancadas de cozinhas/churrasqueiras, banheiros/lavabos, revestimentos de pisos, paredes e escadas.

 

VANTAGENS

·         Resistente.

·         Não risca e não mancha, é resistente a manchas de vinho, extrato de tomate, açaí, produtos que contém corantes em geral.

·         Diversas cores e aparência uniforme.

·         Preço inferior ao Silestone ,cerca de 50% mais barato.

DESVANTAGENS

·         Não é aconselhável colocar panelas quentes recém tiradas do fogo (ou a temperaturas superiores a 250º graus) sobre o material, deve-se utilizar uma base para esta finalidade.

·         É contra indicado para uso em áreas externas devido aos raios Ultra Violeta.

 

ACABAMENTOS

O Quartzo Stone é polido (com brilho). Prefira o acabamento reto ou meia-esquadria para as bordas. Quanto maior o tamanho da placa, mais bonito fica.

TAGS: quartzo; pedras; bancadas; areamolhada; decor; decoracao; interiores;

Facebook Facebook Facebook
Las

Granito marrom absoluto na decoração é sucesso garantido

18/10/2017

O granito marrom absoluto tem sido uma das opções de pedras mais cotadas para novos projetos de arquitetura, pois além de charmoso e elegante, ele garante um clima acolhedor ao ambiente, fugindo do tradicional preto e branco, e é bastante versátil, já que pode ser utilizado nas mais diversas finalidades, tanto em decoração interna quanto externa, como no piso, em escadas, em bancadas de cozinha ou banheiros, ou até mesmo na fachada de casa.

Além disso, uma das maiores vantagens do material é que ele é altamente resistente, durável e conta com fácil aplicação. Porém, da mesma forma que os outros tipos e cores de granitos, o modelo marrom também está suscetível a manchas, apesar delas ficarem menos aparentes. Para não ter nenhum tipo de problema, basta ter cuidados diários como evitar o acúmulo de água sobre a pedra, não esfregá-la com esponja de aço e limpar imediatamente qualquer tipo de bebida, como café, por exemplo.

Se a sua ideia é trazer um pouco mais de destaque com uma pegada mais clássica e moderna para algum ambiente da sua casa, com certeza o granito marrom absoluto pode ser a sua escolha certa! Confira algumas fotos abaixo e inspire-se!

TAGS: pedra; granito; granitonacozinha; decocomgranito; marmore; cozinhas; ; bellapietra;

Facebook Facebook Facebook
Las

Lavabos com madeira: inspire-se a inovar o seu espaço!

11/10/2017

Considerada um dos materiais mais versáteis para o design de interiores, a madeira está presente em móveis, revestimentos e acessórios decorativos de um modo muito elegante e de qualidade. Já no lavabo, é possível encontrar este elemento em uma composição muito acolhedora e charmosa! Para te ajudar a levar um pouquinho deste toque para a sua casa, selecionamos algumas inspirações especiais de lavabos com madeira! Acompanhe!

Versátil, a madeira pode ser aplicada a diversos espaços pela casa e, principalmente, facilmente combinada com outras peças, como as metálicas, ou outras cores. Além de todas essas qualidades, ela é conhecida como uma matéria-prima super ecológica e capaz de criar um ambiente ainda mais aconchegante. E quando falamos de lavabos com madeira, estes detalhes não ficam para trás!

Para o seu projeto, você pode escolher entre os diversos tipos de madeira, desde aqueles utilizados para móveis mais simples e delicados, aos mais ornamentados e luxosos. Aqui, a dica é se atentar ao tipo de material recomendado para o que você deseja criar. Algumas opções, como a Perobinha ou a itaúba , são indicadas para acabamentos gerais. Já outras, como o Louro, Imbuia ou a Jatobá, são perfeitas para a produção de mobília.

Madeira para bancadas

Como um lavabo é um espaço adaptado para receber os seus convidados, todos os detalhes devem ser pensados na hora da decoração. Neste caso, as bancadas podem ser produzidas a partir de madeira, criando um estilo sofisticado e muito atual. Caso você goste de uma decoração mais clássica ou vintage, os revestimentos em mármore são a opção perfeita para caprichar ainda mais!

Madeira no revestimento

Intensificando a sensação de acolhimento, a madeira se encaixa muito bem quando utilizada no revestimento de um ambiente. Aqui, você pode apostar tanto em aplicações no piso, quanto nas paredes e, até mesmo, no teto, resultando em um estilo com toque ainda mais rústico e com muita personalidade!

Madeira com espelhos

Uma outra opção para lavabos com madeira, é a aplicação de espelhos pelo ambiente. Seja em formas geométricas ou em painéis, eles são capazes de levar maior profundidade e dar um toque muito sofisticado e contemporâneo para a sua decoração. Sem dúvidas, um charme!

Os lavabos com madeira podem ser utilizados em qualquer estilo e, sem dúvidas, vão encantar e acolher os seus convidados! Para que a sua composição tenha um resultado ainda melhor, combine com cores mais neutras ou terrosas, além de outros elementos naturais, como as pedras ou o bambu. O que vale, é que a sua decoração seja única e reflita bem-estar.

Para você que prefere algo durador e sem nenhuma manuteção, a idéia é usar porcelanato amadeirado.

Referencia 8658 Deck -Natural da Ceusa - Sulpiso-

Porcelanato wood Carvalho da Elizabeth- Sulpiso

 

 

TAGS: lavabos; decordolavabo; banheiros; decoracaodebanheiros; decor; acabamentos; lavaboscommadeira; decorcomadeira; madeira;

Facebook Facebook Facebook
Las

Mármore travertino traz beleza e sofisticação para os ambientes

05/10/2017

Ele é o resultado de reações físico-químicas sofridas por outras rochas e também pela ação de águas termais, e é uma das pedras mais utilizadas em construção e revestimento no Brasil.

O mármore é uma pedra natural muito utilizada nos projetos residenciais para revestimento de paredes, pisos, lavatórios, bancadas e outros objetos decorativos. Existem vários tipos de mármore, porém o mais usado é o Travertino, uma rocha calcária natural de cor bege que é reconhecida pelos pequenos buracos presentes na pedra que lembram pequenos ramos e folhas.

O travertino reveste monumentos importantes da história, como a Basílica de São Pedro, o Coliseu e as pirâmides do Egito, por exemplo.

Principais tipos de mármore travertino

O mármore travertino possui variações devido à região em que se formaram e das diferenças de formação que possuem. Existem diversos tipos de mármore travertino e os italianos, geralmente, são os mais conhecidos, como: Romano ou Clássico, Navona, Turco, Toscano, Itamarati, Tivoli, Gold, Silver e Negro.

Mármore travertino nacional

 O Bege Bahia, também conhecido como travertino Nacional, tem os veios mais escuros, mais arredondados e mais manchados. Esse modelo, como o nome já diz, vem direto das pedreiras.

 

Antes de definir onde vai colocar a rocha e qual modelo será escolhido, é preciso considerar as características do acabamento. Existem quatro tipos de acabamento principais, confira as vantagens e desvantagens de cada um:

 Bruto ou natural

O tipo Bruto, como o nome já diz, é a pedra direto da natureza, com acabamento opaco e veios aparentes.

 

Resignado ou estucado

O acabamento resignado ou estucado é feito com a aplicação de uma resina na pedra. A resina tem a mesma cor do mármore e cobre os poros e buracos existentes na superfície. Após a aplicação da resina, a superfície fica lisa. Assim, essa é uma das formas mais utilizadas do mármore travertino e pode revestir diversos ambientes.

Levigado

O levigado tem um aspecto opaco e é lixado até que a superfície do mármore fique lisa, facilitando a limpeza e a manutenção, ao mesmo tempo em que mantém a cor natural. Esse acabamento é liso e opaco e pode ser usado em todos os tipos de ambientes internos ou externos.

Polido

O acabamento polido tem um aspecto liso e com brilho. Pode ser usado em pisos e paredes, mas não é recomendado para pisos externos devido à baixa aderência.

TAGS: decor; rebaixoitaliano; pedras; silestone; granito; marmore; bellapietra; travertino;

Facebook Facebook Facebook
Las

Transforme sua sacada gastando pouco

09/06/2017

Ter uma sacada ou varanda em casa é ter seu próprio local de relaxamento e conexão com o mundo exterior. Com a chegada da primavera e as temperaturas subindo, essa é a época ideal para retomar o uso deste cantinho tão especial, espaço pequeno não é desculpa para ficar sem decoração. Transforme e dê vida nova ao ambiente com as dicas e produtos que separamos pra você!

 

Invista em móveis vazados ou dobráveis

O uso de móveis vazados em espaços pequenos traz leveza e permite otimizar a decoração: encaixar um banquinho fora de uso embaixo da mesa ou inserir vasinhos em estantes e espaços que não tenham circulação de pessoas. Fazer uso da multifuncionalidade também é importante: bancadas dobráveis e banquinhos que atuam como pequenas mesas não “entulham” e são capazes de trazer charme a sua sacada.

Aproveite a grade

As grades da sacada não precisam ser apenas decorativas. Utilizar móveis que tenham ganchos ou peças decorativas que fiquem suspensas otimizam o espaço sem poluir visualmente, além de serem facilmente removíveis. Quer dar um toque europeu à casa? Compre floreiras com ganchos para deixar as plantas suspensas. Ninguém resiste a uma varanda florida!

Abuse da iluminação

A iluminação complementar é um item poderoso na decoração. Dá charme, enaltece a beleza dos móveis e não é só estética: traz conforto e aconchego. Crie um clima perfeito com luzinhas no teto, envoltos na grade ou com lanternas à vela. Mas segurança em primeiro lugar: procure por produtos à prova d’água, se a sacada não tiver cobertura, e dê preferência para lâmpadas LED, que são de longa duração e com baixo risco de choques elétricos.

Menos é mais

Investir em apenas um detalhe também tem seu charme. Uma série de almofadas no chão, uma única cadeira, um vaso maior, os elementos separados trazem dramaticidade. Aplique a filosofia minimalista que preza que você só precisa do essencial para viver e desapegue nessa decoração. Que tal só ter uma poltrona ou uma almofada no chão?

Além destas ideias, você pode criar uma decoração com pallets ou seu próprio jardim vertical na sacada. Qual é seu tipo de sacada preferido?

 

TAGS: sacada; decoracaodavaranda; palantasnavaranda; decor; jardim; jardimvertical; decorcompallets;

Facebook Facebook Facebook
Las

BANCADAS DE PORCELANATO

18/04/2017

Quando se pensa em bancada, é comum que se pense na resistência do granito ou então na beleza das bancadas de silestone ou corian, que são lisas e homogêneas. As bancadas de porcelanato agregam as melhores características desses dois materiais, e sem o custo tão alto das pedras industrializadas.

Normalmente usado como revestimento de pisos, o porcelanato é um tipo de cerâmica mais resistente, pois é fabricado com tecnologia avançada que lhe garante maior impermeabilidade e durabilidade. Sua versatilidade de cores é ainda mais uma vantagem. Outro recurso criativo que pode ser utilizado nas bancadas de porcelanato é algo que se costuma fazer nas bancadas de pedra, que é moldar a cuba no mesmo material.

Os porcelanatos diferem entre si quanto ao acabamento, com o sem brilho; quanto ao tipo de borda, acabamento reto ou curvo; e quanto aos tratamentos que recebem. Existem processos que protegem o material contra riscos ou contra manchas, por exemplo. Para serem usados em bancadas de cozinha, é importante que o porcelanato seja de boa qualidade, para resistirem a impactos constantes e altas temperaturas. Isso faz com que seu custo não seja dos menores, porém ainda assim a relação custo-benefício continua satisfatória.

A execução das bancadas em porcelanato é feita do mesmo jeito que se faz com as bancadas de pedra, porém é um pouco mais fácil por ser um material mais leve. São feitas chapas de grandes dimensões, que são cortadas e coladas com massa plástica. A bancada fica como uma peça praticamente única, com juntas apenas nos encontros entre as peças. Se o acabamento for bem feito, com polimento, até essas juntas ficam imperceptíveis.

TAGS: bancadasemporcelanato; porcelanato; banheiros; cozinhas; decor; bellapietra;

Facebook Facebook Facebook
Las

Bancada Branca: Qual usar?

02/02/2017

Reformando seu banheiro? A dúvida mais comum que escutamos: “Queremos bancada branca mas qual usar ?”

É complicado mesmo escolher a bancada branca afinal preço, durabilidade, beleza entre outras características influenciam sua decisão. Vamos tentar te ajudar explicando as diferenças entre as bancadas brancas que mais usamos em banheiros.

MARMOGLASS:

O marmoglass é composto de pó de mármore e vidro. Bem branquinho, brilhante, não é poroso, não risca e não absorve líquidos e é bastante resistente mas cuidado pois ele tem pequenas bolhinhas de ar que se formam na hora da fabricação que dificultam o acabamento e diminuem a resistência do material. O colocador tem que ser muito bom.

NANOGLASS:

É bem branco e muito parecido com o marmoglass, porém uma versão melhorada, pois a tecnologia da fabricação elimina as bolinhas de ar que atrapalhavam a colocação e o acabamento do marmoglass.  Ele fica bem acabado, brilhante, resistente e de fácil manutenção. Gostamos muito de trabalhar com ele.

SILESTONE:

É industrializado, não é uma pedra natural, composto por um aglomerado de quartzo e cristais, tem grande resistência e durabilidade. O silestone pode vir em várias cores. 

MÁRMORE BRANCO:

O mármore e o granito eram as únicas opções para bancadas de banheiros até pouco tempo atrás! Hoje, mesmo com vários materiais revolucionários, o mármore ainda tem muitos adeptos para bancadas de banheiros. A maioria das marmorarias tem 2 tipos de mármores bem brancos, um é mais barato chamado branco comum ou branco clássico e o outro mais caro tem menos manchas e se chama branco especial ou extra. Atenção: O mármore branco absorve líquidos e mancha com facilidade, limpeza somente com pano úmido e detergente neutro, nada de água sanitária ou qualquer material de limpeza abrasivo. Outro cuidado que se deve ter com bancadas de mármore é o óleo ou coisas gordurosas, atenção com remédios das crianças ou maquiagem das adolescentes, mancha MESMO.

CORIAN:

Material sólido composto de 1/3 de resina acrílica e 2/3 e minerais naturais. O grande diferencial do Corian é o fato de não ter emendas. Como ele é moldado com o calor, assume formas inusitadas e tem um acabamento perfeito. Nada poroso, higiênico, não descasca e é resistente. Em caso de dano, como uma queimadura, pode ser recuperado com um polimento no local. Outra vantagem do Corian é ter a cuba moldada na bancada fica bem limpo e bonito. Mas cuidado, todas essas vantagens tem um custo, e bem alto!

Pegue amostras, orçamentos e principalmente uma ótima mão de obra, não adianta o material ser lindo se a mão de obra não ajudar !

 

 

 

TAGS: marmoglass; nanoglass; silestone; marmore; corian; bancadas; bellapietra;

Facebook Facebook Facebook
Las

O quartzo pode ser uma alternativa higiênica ao mármore e até à madeira.

18/10/2016

As superfícies de quartzo não são porosas como o mármore e o granito, por exemplo. Portanto, não absorvem sujeira e são uma alternativa higiênica.

Na cozinha, por exemplo, a higiene também precisa determinar a decisão. O mármore e o granito são utilizadas em pias e bancadas, mas não são os materiais mais indicados para tais aplicações. Por serem superfícies porosas, absorvem substâncias, e sujeira. A alternativa, nesse caso, pode ser as superfícies de quartzo. Basta limpá-las com um pano úmido, com uma espátula, no caso de manchas difíceis, ou produtos específicos.

E no que diz respeito à decoração, o resultado é o mesmo.

O material é ideal para diferentes aplicações em interiores: bancadas de cozinha e banheiros, balcões, pisos e revestimentos de paredes. As superfícies de quartzo (composto por cerca de 93% de quartzo), por exemplo, estão aptas a substituir madeira,mármore e granito. Elas podem ser colocadas em pisos, paredes, bancadas e cubas.

Projeto executado por Bella Pietra

Para dar forma à superfície, o quartzo é recolhido e submetido a um processo no qual é transformado em pó. Depois, esse pó é misturado a pigmentos e polímeros para adquirir consistência. Em seguida, a massa uniforme é disposta no formato de uma placa que passa por um processo de aquecimento e resfriamento. E após passar por testes de qualidade, está apta a ser vendida.

 Projeto executado por Bella Pietra

A durabilidade do quartzo também é uma vantagem com relação aos demais materiais.

Em contrapartida, o quartzo pode limitar a aplicação. O produto não pode ser usado em áreas externas porque não tem proteção UV (radiação ultravioleta. E não apenas por esse motivo, já que o material  é mais caro que o mármore, a madeira ou o granito.

Na hora de avaliar qual produto usar em casa, faça uma lista de prós e contras e faça a escolha mais adequada.

 Projeto executado por Bella Pietra

 

TAGS: quartzo,; revestimentos,; bellapietra,; decor,; ;

Facebook Facebook Facebook
Las

Um lugar para o churrasco, pizza e amigos

09/10/2016

 

Nada mais gostoso do que receber os amigos para um churrasco ou uma pizza, não acham ?

Mas onde colocar a churrasqueira e o forno ? Como fazer um espaço multi-uso ? A churrasqueira e o forno de pizza, hoje fazem parte dos chamados espaços gourmet, onde se cozinha e recebe ao mesmo tempo. Esses espaços agregam várias funções, por isso costumam contar também com o apoio de grandes bancadas, geladeiras, mesas, área de estar, TV e som. O importante é definir onde será instalada essa área gourmet e que cara ela vai ter ….

  

Churrasqueira, forno de pizza e fogão a lenha, integrados! A festa está pronta!!!  Ferreira Telhas

 

Podem ser áreas enormes, separadas com mesas para festas, ou apenas pequenas varandas gourmets, super charmosas, mas com tudo necessário para o bom funcionamento. Até mesmo grandes cozinhas podem incorporar uma área para o churrasco.

Existem vários tipos de churrasqueira e forno à lenha. Um dos modelos mais usados é o kit pré- moldado em concreto, que pode ser encontrado em vários tamanhos. O kit é a opção mais rápida e eficiente, e ainda vem com grelha e espetos rotativos. Outra grande vantagem é permitir usar diversos revestimentos no seu acabamento externo. Pedra, madeira ou tijolo de demolição, são algumas das lindas opções de acabamento. Até mesmo simplesmente pintado com uma cor diferente, ou com uma textura, pode trazer um resultado bastante interessante para o projeto.

 

Algumas inspirações para você criar um lugar especial para o seu churrasco e a pizza …

 

TAGS: #espaçogourmet; #churrasqueiras; #ferreiratelhas;

Facebook Facebook Facebook
Las

Silestone, quartzo, tirando duvidas!

18/07/2016

 Você já ouviu falar em Silestone ou Quartzo? Mesmo que nunca tenha ouvido esses termos, talvez já tenha visto a aplicação em casas, afinal a pedra é nova queridinha.

   A pedra é uma opção industrializada, que é composta por mais de 90% de quartzo e o restante de resina. Essa composição garante uma dureza enorme ao material, e, além disso, o fato de ser industrializada ainda resulta na ampla gama de tons. 

 

  -Diferença entre Silestone e Quartzo

   Ao contrário do que se imagina os dois não tem diferenças. A verdade é que Silestone é uma marca registrada, e por isso outros fabricantes não podem usar o mesmo termo, então a definição para a composição de quartzo e resina é chamada de quartzo stone.  

 

  -Características e usos

   Resistência como já disse, a pedra tem sua composição predominantemente de quartzo, material muito duro, e isso caracteriza a grande resistência do silestone. Sendo uma pedra indicada para bancadas por conta da sua altíssima durabilidade, que resiste até mesmo aos usos da cozinha ou do banheiro. 

  - Não absorção

 

  Uma característica importantíssima desse material é sua baixíssima capacidade de absorção, visto que algumas pedras como o mármore podem manchar ao longo do tempo por conta da absorção da água. E claro que na bancada, tanto da cozinha, como do banheiro é possível que tenha água, então, não daria para arriscar uma bancada absorvente.  

 

 

  - Não mancha

  Outra característica importante dessa mistura de quarto e resina é a baixa capacidade de manchar; uma vez que a pedra não absorve e isso também a caracteriza como uma opção para quem não quer ter problemas com manchas que não saem.

 

  -Cuidado com peças de 2ª linha

   Sabe aquele ditado “comprar gato por lebre”? É nisso que você deve manter a atenção. Alguns locais vendem uma peça bem similar ao quartzo stone, mas com qualidade  inferior. E o resultado é que a pedra não é tão resistente e pode implicar em manchas. Para não cair nesse erro, procure por uma loja confiável e que emita certificado de garantia, assim você garante que está comprando lebre silestone.   

 

 

  -Tipos e Cores de Silestone Stellar

  O modelo stellar é caracterizado por pequenos cristais que fazem parte de sua composição e ficam em evidência no ambiente.

 

  Liso

  A opção lisa não tem na sua composição os pequenos cristais, e por conta disso a peça é mais uniforme e homogênea, de modo a valorizar ainda mais o colorido. Neste tipo de acabamento também há uma ampla gama de tons, que variam do básico ao colorido.

 

 

TAGS: decor; silestone; quartzo; bellapietra; bancada; ;

Facebook Facebook Facebook
Las

Acende e adorna

26/01/2016

  Saber como escolher o pendente ideal pode fazer uma grande diferença no ambiente. Apesar de ser um artifício basicamente decorativo, deixando o cômodo ainda mais bonito, não esqueça de que sua função é iluminar. Conforme o modelo poderá emitir luz difusa, radiante ou focada para cima ou para baixo, cada projeto irá demandar a necessidade e a intenção de uma iluminação específica.

  Mas onde instalar?

  Embora muito aconselhado e usado sobre a mesa central ou lateral de salas de jantar, o pendente ou o conjunto deles pode ser instalado em qualquer ambiente: salas de estar, quartos, lavabos, varandas, escritórios e halls.

  • Antes de eleger o estilo da luminária, defina qual a necessidade de iluminação no ambiente onde a peça será colocada. Pense no efeito geral que se quer criar com a luz emitida
  • Preste atenção na proporção e interferência do elemento em relação aos móveis e objetos do ambiente. Sempre o instale a uma altura que não obstrua o campo de visão das pessoas.
  • Saiba que o material de que a cúpula é feita (tecido, metal, fibra natural, por exemplo) também influencia na luminosidade do local, por isso, seja cuidadoso ao optar por determinado modelo.
  •  A instalação deste tipo de luminária de modo geral é simples. Basta prender a base para afixação da luminária no ponto elétrico central, fazer a conexão dos fios e regular o cabo que suspende a peça. Entretanto, use sempre equipamentos de segurança, não faça substituições e siga as instruções do fabricante para a montagem e aplicação da peça. Não se esqueça de levar em consideração a especificação das lâmpadas, em especial o limite de potência a ser obedecido.
  •  Quando o pendente for colocado sobre uma mesa com tampo de vidro, cuide para que o modelo de luminária tenha difusor para evitar o reflexo direto e intenso.
  •  Mais alternativas de uso: como substituto de um abajur, use um pendente sobre a mesa de canto em uma altura mais baixa, bem próxima ao móvel. A luminária também pode ser aplicada logo acima de bancadas em lavabos, nos cantos de varandas como lanternas ou no centro do ambiente para uma iluminação geral.
  •  E no quarto, cabe este tipo de peça? Uma ótima indicação é usar nas laterais da cama, próxima à cabeceira, proporcionando um foco pontual, ideal para aquela leitura agradável, antes de dormir

 

  Cada estilo, um pendente

  A escolha do modelo de pendente depende diretamente do estilo da decoração. Para aqueles que gostam de uma paginação mais clássica, mas não desejam optar por um lustre, o pendente é boa alternativa. Para ambientes clássicos, a sugestão são os com cúpulas fabricadas em cristal, vidro, cobre ou ainda  tecidos mais nobres como a seda ou o linho.

  Por sua vez, para aqueles perfis contemporâneos, existe uma gama enorme de opções de luminárias nacionais e importadas, feitas de materiais variados como alumínio, aço inoxidável, tecido e acrílico. Arranjo bastante adotado em projetos de decoração, os jogos de pendentes que agrupam luminárias em um mesmo ponto está em alta.

  Tais arranjos podem ser criados com cúpulas diferentes, brincando com a altura e volume ou peças idênticas na forma e na disposição.

  Para ambientes com um ar rústico, há no mercado as luminárias estruturadas em diferentes fibras naturais como a taboa, além de outras em madeira, tecidos com tramas mais abertas e de fios mais grossos, rendas típicas, entre outros materiais. Neste caso, vale dar preferência aos produtos artesanais.

  Para espaços descontraídos, porém, invista em peças de cores marcantes e design inusitado, podendo até dispor a luminária como uma escultura.

 

Pendente Metal com Dourado- Inatec

Pendente metal cromado dourado- Inatec

Pendente em metal cromado e cristal. Inatec

TAGS: Iluminação; Decoração; Pendentes; Lustres; Decor; Inatec; Estilo; Iluminar;

Facebook Facebook Facebook
Las

Aprenda como decorar ambientes com móveis rústicos

11/11/2015

 

Os móveis rústicos trazem ares de nobreza e qualidade na decoração.

  Quando pensamos em móveis rústicos de madeira, logo nos vêm à cabeça móveis antigos, móveis usados em casas de campo, ou em antigas fazendas. Isso acontece porque esse são tradicionais e lembram a era colonial, pois são construídos à mão, com muitos detalhes, esses móveis trazem junto histórias, carregando características próprias de robustez, elegância aconchego, sofisticação e beleza, possuindo assim o poder de transformar a decoração de qualquer ambiente, agregando também muito bom gosto. Além disso, esses móveis respeitam o meio ambiente, pois são feitos a partir da reutilização de madeira e ainda carregam muitas histórias revelando detalhes e estilos de outras épocas, alinhando o antigo com o moderno sem perder a elegância.

Ambiente moderno, com painel em madeira de demolição sob medida.

 

Móveis rústicos quebram a monotonia da decoração

  Os móveis rústicos de madeira combinam com diversos tipos de ambientes, sendo que quartos podem ser decorados com camas e armários em acabamento de madeira, as salas podem receber estantes, cristaleiras, mesas, sofás rústicos com almofadas modernas, aparadores, etc. Assim como cozinhas podem possuir armários, bancadas, estantes entre outras peças rústicas que podem ser combinadas com peças modernas de decoração e aparelhos diversos da cozinha. Até mesmo banheiros abrigam muito bem este estilo de decoração que quebra a monotonia da decoração.


Cristaleira em Madeira Rústica - Decor House

 

  Com tantas possibilidades de uso e mescla de estilos, os móveis rústicos trazem ares de nobreza e qualidade na decoração. Além disso, esses móveis são bem confortáveis.

Lindos!! Bancos Heineken rústico da Decor House!!

 

  Existem muitas fábricas, antiquários e lojas especializadas no desenvolvimento de móveis rústicos, que podem ser encomendados sob medida os móveis ou encontrados prontos para enfeitar com muito estilo sua casa. Muitas vezes os móveis rústicos recebem tratamentos especiais que fazem com que tenham uma vida útil longa e com a revelação de contornos e traços clássicos e com um toque de ousadia e personalidade, demonstrando grande valor artístico ou sentimental.

Aparador da Decor House em Madeira de Demolição

 


A Decor House é referência em móveis rústicos, trabalhando com todas as peças soltas e também sob medida!

 

TAGS: #decorHouse; #móveisrusticos; #madeirademolição; #loveit; #decor; #interiores; #projeto; #house; #decoração; ;

Facebook Facebook Facebook
Las

Luminárias, Pendentes, Lustres, como usar

03/09/2015

Lustres e pendentes têm um poder especial de transformar o clima e a decoração de um ambiente, adicionando elegância e requinte. Em dúvida sobre qual escolher para sua casa? Confira dicas e faça uma ótima escolha!

 

Para começar, vamos diferenciar um objeto do outro. Em geral, a principal diferença entre eles é que o lustre tem mais lâmpadas, que ficam postas em suas ramificações, o que resulta em uma iluminação um pouco mais abrangente. Além disso, é comum os lustres serem utilizados em decorações mais clássicas o que não é uma regra.

Em contrapartida, os pendentes apresentam uma pegada contemporânea e são mais utilizados para iluminações pontuais, como em mesas e bancadas, por exemplo. Porém, não vamos tirar o mérito dos lustres em salas de jantar, onde deixam o clima mais aconchegante.

TAGS: #luminarias; ; #pendentes; #lustres; #decor; #inatec; #dicas;

Facebook Facebook Facebook
Las

Sala de Jantar

28/01/2015

  Reunir-se entorno da mesa de jantar é um dos momentos mais agradáveis do dia. Daí ser tão importante investir em uma decoração bonita, confortável e funcional. 


  A sala de jantar já foi um dos espaços mais glamorosos da casa e, ainda hoje, representa um local de sociabilização entre moradores e convidados. O importante é haver boa iluminação no ambiente, principalmente na área da mesa, e uma decoração confortável. Nada de cores frias ou móveis sem ergonomia. O melhor é apostar em tapetes, cortinas e tons quentes na parede. E quem vive em apartamentos pequenos e não tem espaço suficiente a sala de jantar, pode investir em bancadas junto à pia. O recurso facilita o momento das refeições e traz praticidade. Outra dica é usar bancos em um lado da mesa, espelhos na parede e aproveitar os cantos para instalar mesas redondas.

Fotos de sala de jantar Criare

 

TAGS: Sala; Jantar; Apartamentos; confortável;

Facebook Facebook Facebook
Las

juliane cardoso

Juliane Cardoso - Suelen Serafim

Projetos criativos ambientes planejados para refletir a alma de seus moradores. 

...

SulpisoKasar

Facebook

InatecGabriel Construções
EleganzaVitrolAmbience DecorAmbience DecorAmor e CarinhoPonto das TintasPonto das tintasVidraçaria Decor GlassFibra SulMorro Estevão Plantas OrnamentaisMarquesa HomeQuinto ElementoOrnamento
Juliane Cardoso 2014 © Todos os direitos reservados