Las

PRINCIPAIS TENDÊNCIA EM DESIGN DE ILUMINAÇÃO INTERIOR (PARTE 1)

05/08/2019

A iluminação interior é um aspecto central do design da sua casa ou escritório. Você pode modificar a atmosfera do ambiente apenas pela forma como posiciona a iluminação e o tipo de acessórios que você usa. O design de iluminação também muda de ambiente para ambiente. O que funciona na sala de estar não funcionará necessariamente na cozinha ou no quarto. A iluminação deve refletir as sensações e funções de cada espaço. O design de iluminação continua mudando e a tecnologia é uma das razões para essas mudanças. Os fabricantes vêm com luminárias avançadas e opções de lâmpadas, e as pessoas as incorporam em suas casas. Gostos e preferências também mudam com as gerações. Assim temos iluminação vintage, art decó, moderno, e assim por diante.

O ouro suave é o novo acabamento popular  

Ultimamente tem havido um aumento na popularidade das cores suaves. As pessoas se apaixonaram por cores como cinza e bege. O ouro suave, ou dourado fosco, cai muito bem dentro deste aspecto de cores suaves que funcionam tão bem para decorações contemporâneas quanto para escolher numa reforma. Ele tem um acabamento fosco suave e traz o calor e suavidade do dourado. Isso também significa que ele pode se misturar com quase qualquer tipo de decoração, do urbano moderno para a fazenda.

Como usar: luminárias de ouro suave vem em uma variedade de estilos e designs. Para iluminação indireta, procure acessórios que acentuem o ouro. Use peças de iluminação dourada suave para atrair a atenção para cantos ou áreas específicas da sua sala de estar. Uma ótima ideia é usar as arandelas em dourado fosco que iluminam e criam um ponto de interesse no ambiente. O ouro suave estará por aí por um bom tempo.

Estilos retrô e industrial estão voltando, mas em formas mais refinadas

Estamos vendo o retrô fazendo um retorno, mas de uma maneira diferente. Se você olhar para a iluminação industrial moderna, existem algumas diferenças gritantes no que você conhece como industrial tradicional. Ao contrário dos estilos de armazéns comuns ao estilo industrial, estamos vendo tons mais ricos e mais variados e designs alternativos. Se você estava hesitando em introduzir algum aspecto industrial na sua casa, o novo visual moderno vai ajudar.

Como usar: use iluminação industrial para criar um toque único em uma área. Estes projetos de iluminação são populares para lugares como a área de trabalho da cozinha, acima da mesa de jantar ou arandelas. Perca o medo de industrial! Não é mais o estilo brutal, “inacabado”, que pertence a um nicho de fãs do punk retrô. Com a sua aparência atualizada, encaixa-se perfeitamente em qualquer decoração atual.

Lâmpadas vintage estilo Edson, um estilo retrô mais quente

Lâmpadas vintage estilo Edson adicionam à tendência de iluminação retrô de 2020 com as pessoas que amam o design nostálgico desses equipamentos. A forma arredondada do cone torna as lâmpadas especialmente aconchegantes e perfeitas para áreas como área de estar e cozinha. Ainda melhor, opte por iluminação retrô em iluminação LED moderna. Escolha as lâmpadas LED se quiser um acessório que durará mais e consuma menos energia.

Como usar: As lâmpadas vintagê estilo Edson, são usadas para melhorar o estilo retrô e industrial. Elas adicionam um pouco mais de calor e beleza suave aos elementos industriais. Pra um efeito máximo, obtenha um sistema de luzes em vez de lâmpadas individuais. Por exemplo, um lustre com várias lâmpadas estilo Edson ou uma fileira de pendentes com lâmpadas retrô acima da área de trabalho da cozinha.

 

O moderno e o art decó da metade do século estão de volta

Durante anos, os estilos Art Déco e Moderno do meio do século foram os preferidos de design de interiores. Com mais e mais projetos de meados do século e Art Déco preenchendo o mercado a iluminação passa a seguir essa tendência. Os estilos Art Déco e o Mid-century Modern formam uma linha contínua entre os anos 1920 e 1970. A iluminação Art Déco se concentra em linhas nítidas e desenhos geométricos atraentes. Com a iluminação moderna do meio do século, você notará um amor pelas formas naturais que combinam forma funcional e estética.

Como usar: As luminárias Art Déco suspensas são especialmente boas para adicionar designs geométricos fortes a um espaço. A tendência de iluminação para 2020 cai mais para diversão e descontração. Use os pendentes para adicionar uma sensação informal artística a um espaço.

TAGS: decor; decoraçao; decoracaodeinteriores; iluminacao; lustre; luminarias; pendentes; plafons;

Facebook Facebook Facebook
Las

Novidades da Euroluce, feira de Milão

13/06/2019

A Euroluce é a Exposição Internacional de Iluminação, funciona ao mesmo tempo do Salone del Mobile Milano. A feira ocorre na cidade italiana a cada 2 anos. O evento nasceu em 1961 com o fim de promover a exportação italiana de móveis e complementos, compromisso que foi alcançado mediante a divulgação da qualidade dos móveis italianos pelo mundo, e hoje, reúne grandes nomes internacionais do setor e uma enorme variedade de produtos e profissionais do mundo inteiro.

Cerca de 2500 expositores, em uma área de exposição de mais de 270 mil metros quadrados apresentaram suas novidades a mais de 370 mil visitantes de 165 países que estiveram lá em busca das principais tendências.

Confira com a gente um pouco do que rolou para você ficar antenado e conhecer as principais tendências e o que há de mais atual no segmento para você se inspirar e entender os diferentes itens de iluminação e seus desempenhos, além de te ajudar a descobrir o seu estilo para você arrasar na decoração! Assim como nós, você vai se apaixonar!

Novidades

Lustres: clássicos ou contemporâneos, os lustres são peças que valorizam o ambiente. Apesar de iluminar, sua função fundamental é decorar, devido ao efeito visual de sofisticação que ele proporciona.

Contando um pouquinho de sua história, os lustres surgiram no final do século XVII, um item majestoso e símbolo de luxo e riqueza, onde só os reis e nobres os possuíam. Fabricados artesanalmente a pedidos especiais, os objetos tinham a função de iluminar as enormes mesas de refeições e jantares dados pelos mais afortunados e sua iluminação era composta por diversas velas. Ainda hoje continua sendo um símbolo de status e bom gosto. São indicados para salas de jantar e estar, locais com pé direito duplo, além de quartos, hall, etc.

Considerados um dos elementos de iluminação mais impactantes, a feira apresentou uma mistura de conceitos contemporâneo, onde a tendência é certamente a ousadia e leveza do aço. Compondo diferentes formas, orgânicas e curvilíneas, os aços dourados e acobreados predominaram, além de muitos cristais e pontos de luz.

Pendentes

As luminárias pendentes também são decorativas, mas, diferentes dos lustres, são peças sem ramificações (braços), descem do teto por fios elétricos e, em certos casos, através de cabos de aço pendurados no teto, o que torna a iluminação mais funcional e focada, sendo ideais para iluminação de bancadas, mesas de refeições e de trabalho, mezaninos e pé-direito-duplo, laterais de cama, podendo inclusive substituir os lustres, criando um conceito mais jovial e contemporâneo. Elas também podem ser bem impactantes e protagonistas do ambiente. Esses modelos foram alvo de muitas fotos e contemplações devido a sua criatividade poética e originalidade na composição dos materiais e em suas formas orgânicas, criando movimento e leveza.

Divertidas

 Além de charmosas, esses modelos apresentam um estilo minimalista e descontraído. Por serem compostas de vidro e cabos de aço, o resultado é leve e criativo, além de ter com um valor mais acessível. Como já dizia o arquiteto alemão Ludwig Mies van der Rohe: “Menos é mais”.

Arandelas

 Luminárias do tipo arandela são aquelas fixadas à parede, além de muito funcionais do ponto de vista luminotécnico, também podem ser peças decorativas e que oferecem uma luz difusa, sem agredir os olhos. São indicadas em locais onde a luz não é a protagonista, portanto, funcionam em ambientes que precisam ser iluminados de forma leve e despretensiosa, como fachadas, corredores, banheiros, varandas e dormitórios. Para a maioria dos casos, a altura ideal de uma arandela é entre 2,00 e 2,20 m para casas com pé-direito normal (entre 2,50 e 2,70 m). Essa regra também vale para banheiros e lavabos, onde existem espelhos. Já em dormitórios, arandelas são usadas como luz de cabeceira e devem ser fixadas a 1,00 ou 1,10 m de altura, sobre criados-mudos. Lembrando que cada caso exige um projeto diferente, variando de acordo com a altura dos moradores e seus objetos. Existem diferentes formas para você se divertir e ousar, apresentando modelos retráteis, onde através de braços, podem alcançar certas distâncias. Há também as coloridas, para ambientes e clientes mais descontraídos. Com cúpulas, imitando abajures ou de metais. Formatos que lembram flautas , tubes e espirais, tem para todos os gostos!

 

 

TAGS: decor; decoraçao; decoracaodeinteriores; iluminacao; lustre; luminarias; pendentes; plafons;

Facebook Facebook Facebook
Las

Iluminação é tudo

23/05/2018

A iluminação do ambiente é tão importante quanto os móveis e os objetos de decoração, uma vez que valoriza o projeto de interiores. Por isso, antes de iniciar o projeto, é importante definir qual será a finalidade de cada espaço, seja para trabalhar, ler, relaxar ou dormir. Além disso, é necessário posicionar corretamente as luminárias, que podem refletir a luz indevidamente na tela da televisão, por exemplo. 

A luz central do ambiente deve ser a mais forte, pois cria um cenário harmônico. Já as lâmpadas embutidas, como spots, arandelas, colunas e abajures são indicadas para um encontro social, pois criam um jogo de luzes indiretas. 

As iluminações direta ou indireta são as mais tradicionais e possuem como função principal a dispersão da luz por todo o ambiente de forma homogênea. O diferencial é que na iluminação direta, a luz é voltada para baixo, enquanto na iluminação indireta, a luminosidade é voltada para o teto, refletindo sobre o ambiente. Já a iluminação de tarefa é utilizada para determinada atividade, uma vez que possui foco, indicada para ler ou para fazer as refeições.
No quarto e na sala, é possível utilizar uma iluminação mais amarela e quente, que deixa o ambiente mais aconchegante, embora menos claro e com as cores mais distorcidas. 



Atualmente, a lâmpada branca tem sido muito procurada pelos consumidores para uso em vários espaços da casa. Como os ambientes estão muito integrados, como a cozinha com a sala, e também com múltiplas funções, como quarto e escritório, a luz branca é a ideal, pois padroniza o ambiente. 

Do ponto de vista de eficiência energética, as lâmpadas de LED também são destaques no setor de iluminação. Além do baixo consumo de energia, a vida útil é superior em comparação com as lâmpadas tradicionais. Outro fator relevante é a multiplicidade de usos do modelo LED, que pode compor o ambiente de diversas formas, seja ao redor de acessórios decorativos, como tetos rebaixados de gesso, na forma de painel, por exemplo.

TAGS: ;

Facebook Facebook Facebook
Las

Iluminação de efeito decorativo torna o ambiente mais aconchegante

09/11/2017

 

A iluminação interfere diretamente na maneira como vemos e sentimos o espaço. Cores e texturas devem ser pensadas junto com a luz e seus efeitos.

Através da iluminação é possível ampliar ou reduzir a sensação de tamanho de um cômodo, valorizar produtos em uma loja, gerar a sensação de conforto ou até mesmo direcionar circulações.

Consideradas como elementos para iluminação complementar, as arandelas são uma ótima opção para valorizar qualquer ambiente. Fixadas nas paredes, ajudam a criar um ambiente mais intimista e aconchegante. Seu uso e efeito é muito próximo ao dos abajures, com a diferença da praticidade por serem fixadas na parede.

A arandela dificilmente será utilizada como iluminação principal, mas sim como iluminação complementar decorativa.

Uma forte tendência são luminárias mais discretas, que não atraiam a atenção para ela, mas sim para seu efeito luminoso. Podem ser utilizadas em praticamente todos os ambientes: dormitórios (inclusive substituindo abajures), salas de jantar, home offices, salas de estar, banheiros e lavabos, além de áreas externas como varandas e locais de passagem, para conduzir o trajeto.

Arandela com fio de seda- INATEC

 

Arandela cobre linda!!!- INATEC

Arandela em cristal, com dois braços, maravilhosa!- INATEC

 

TAGS: iluminacao; iluminacaodeambientes; ; decor; arandelas; led; iluminacaocomled; inatec;

Facebook Facebook Facebook
Las

Tendências para a decoração de jardim

28/07/2016

 Você pode até pensar que as tendências são passageiras e é só o ano virar que outras modas aparecem. Em certa medida, isto acontece de fato, algumas cores e até novos materiais aparecem para conquistar o consumidor, mas digamos que existem segredinhos que não mudam, e entra e sai ano, eles estão lá em algum cômodo da casa. A exemplo, está a decoração de jardim, muito do que está se usando este ano, na verdade é uma espécie de remake do que já passou. Isto quer dizer que o ambiente vai ficar ultrapassado? Claro que não! Isto é ótimo, porque conseguimos repaginar o espaço com muitos itens que já temos em casa, necessitando, apenas, de um item ou outro que faltou. Você pode até pensar que as tendências são passageiras e é só o ano virar que outras modas aparecem. Em certa medida, isto acontece de fato, algumas cores e até novos materiais aparecem para conquistar o consumidor, mas digamos que existem segredinhos que não mudam, e entra e sai ano, eles estão lá em algum cômodo da casa. A exemplo, está a decoração de jardim, muito do que está se usando este ano, na verdade é uma espécie de remake do que já passou. Isto quer dizer que o ambiente vai ficar ultrapassado? Claro que não! Isto é ótimo, porque conseguimos repaginar o espaço com muitos itens que já temos em casa, necessitando, apenas, de um item ou outro que faltou. 

 As estampas estão com tudo

 Pois é, até pouco tempo atrás elas eram consideradas as ovelhas negras do cenário fashionista, mas, pelo menos na decoração de jardim, elas estão longe do over. Empregadas em almofadas, mantas e revestimentos mobiliários, as estampas estão repaginadas, sobretudo a animal print e a étnica, que dão o ar da graça no espaço, usando e abusando das referências africanas, inclusive com elementos desta nação, como as esculturas rústicas.

 Os materiais para o décor

 Elementos naturais e artesanais sempre tiveram espaço na decoração de jardim e este ano não será diferente. Poltronas, cestos, pufes e chaises feitos de fibras tramadas ou madeira são charmosos, além, claro, de serem muito resistentes às mudanças climáticas, como sol e chuva intensa. As texturas também marcam presença por meio do efeito handmade da renda e do tricô.

 Plantas não podem faltar!

 Decoração de jardim sem plantas, não é decoração de jardim. Então, busque o contato com a natureza e frescor neste espaço, elencando arranjos, pequenos ou grandes vasos (depende do local) e outros acessórios paisagísticos. Só use o bom senso para não sobrecarregar o ambiente com muito verde (lembre-se que tudo precisa se harmonizar!). Dê preferência às plantas naturais, mas, se não for possível, as plantas artificiais também ajudam a criar o décor. A única desvantagem desta última ideia é a ausência de cheiros e texturas que só a natureza real proporciona.

 Decks de madeira

 Já citamos um pouco antes que a madeira é um material em alta para a decoração de jardim, na verdade, de uma forma ou de outra, ela sempre está presente sobretudo, nos decks, aqueles revestimentos que suportam bem a umidade e calor característicos de qualquer área externa. Não é difícil encontrar inspirações que se utilizam deste material, mas, de maneira geral, os decks combinam bastante com almofadas, chaises e poltronas, além de uma iluminação intimista e relaxante, como velas e arandelas, por exemplo.

 

TAGS: tendencias; jardim; decorjardim; lindo; verdelindo; floriculturaflores;

Facebook Facebook Facebook
Las

Cenário de boas vindas! Parte 01

23/10/2015

A iluminação do ambiente também deve ser bem pensada

  A iluminação de um ambiente, ainda que na maioria das vezes as pessoas não se preocupem muito, ela é muito importante na decoração e composição de um cômodo, ainda mais se tratando de cômodos pequenos como uma sala de estar pequena.

Lindo ambiante com projeto de iluminação da INATEC

 

  O cômodo deve estar bem iluminado para ganhar amplitude, para isso use sempre iluminação difusa (iluminação principal), aquela que ilumina o ambiente por inteiro, mas use também iluminação dirigida como arandelas, abajur, luminária de chão, iluminação embutida na parede, móveis ou forro para criar cenas, destacar uma obra de arte, um objeto ou um canto da sala.

Sala de Estar com iluminação INATEC

 

  -Dica Rápida: Usar iluminação dirigida em algum ponto da sala é um truque de decoração muito bonito, mas tome cuidado com exagero, se não deixará o ambiente com sensação que é menor. Use em apenas um ou dois pontos diferentes do cômodo.

Plafon Duplo Aço Cromado com Leds de cristal - INATEC

 

  -Prefira um modelo de lustre mais moderno, simples e pequeno para ser a iluminação principal do ambiente, assim deixará o ambiente com aspecto que é maior e com mais beleza.

Pendente Fantasia em tecido e cristal - INATEC

 

Sala integrada com um lindo lustre de cristal bronze!!

TAGS: #iluminação; #inatec; #amplitude; #interiores; #love; #decoração; #amplitude; ;

Facebook Facebook Facebook
Las

Arandelas são elegantes na decoração do seu lar

14/09/2015

  A arandela é um tipo de luminária que é fixa na parede e tem o objetivo de proporcionar aconchego e sofisticação em diversos ambientes. Na maioria das vezes as arandelas emitem luz indireta num cômodo ou espaço. Existe uma infinidade de modelos de arandelas, nos quais possuem tamanho, design, cor e estilos diferentes. Analise bem o tipo de estilo da sua casa para não ficar destoante do restante do mobiliário. 

  Há tipos de arandelas que seus cones projetam uma iluminação vertical ou de forma circular, em volta do seu entorno. Esse tipo de iluminação é capaz de criar um ambiente confortável e acolhedor, pois a iluminação se dá de forma leve e agradável.

  Confira algumas dicas de utilização para arandelas

  Se você deseja iluminar todo um ambiente, as arandelas não são indicadas. A intensidade desse tipo de iluminação não é suficiente para um cômodo inteiro. As arandelas são artifícios para uma iluminação romântica, para assistir filmes ou para uma luz de fundo, por exemplo. Dar destaque às peças da decoração com esse objeto também é uma boa pedida. 

  O uso das arandelas no corredor transmite um efeito super especial e inovador, além de não incomodar outros cômodos com a iluminação. Você pode dispor as arandelas ao longo do corredor, espaçadas com as mesmas medidas, umas das outras. Caso utilize várias arandelas num mesmo corredor, a intensidade pode ser baixa.

  O modelo certo

  Não existe uma única peça correta para um determinado ambiente. Há uma infinidade de modelos no mercado, de diferentes gostos e estilos. Pessoalmente, gosto de ir pelo caminho mais simples. Uma caixinha branca, básica, não oferece riscos a nenhuma decoração. Ou seja, é difícil errar.

  Arandela de acrílico- Inatec

  Arandela Cristal- Inatec

 

  

  Arandela metal e cristal- Inatec

TAGS: #decor; #arandelas; #inatec; #decoraçao#decoraçaodeinteriores;

Facebook Facebook Facebook
Las

juliane cardoso

Juliane Cardoso - Suelen Serafim

Projetos criativos ambientes planejados para refletir a alma de seus moradores. 

...

SulpisoKasar

Facebook

Bella PietraInatec
Gabriel ConstruçõesEleganzaVitrolAmbience DecorAmbience DecorAmor e CarinhoPonto das TintasPonto das tintasVidraçaria Decor GlassFibra SulMorro Estevão Plantas OrnamentaisMarquesa Home
Juliane Cardoso 2014 © Todos os direitos reservados